Coleção de desenhos “perdidos” de Hokusai são revelados e adquiridos por um museu britânico

O Museu Britânico de Londres adquiriu 103 desenhos do renomado pintor e gravador japonês Hokusai (1760-1849), que permaneceram escondidos em uma coleção privada francesa por mais de 70 anos.

Os desenhos em pequena escala, criados em 1829 para um livro inédito intitulado Great Picture Book of Everything, eram propriedade do joalheiro de Art Nouveau Henri Vever, que morreu em 1943. As obras foram então vendidas em um leilão em Paris em 1948 e “reaparecidas” lá no ano passado, de acordo com o museu, que diz que os desenhos “foram pensados ​​para ter estado em uma coleção particular na França nos anos que se seguiram e desconhecidos para o resto do mundo”.

 Katsushika Hokusai (1829), Cats and hibiscus: um impasse entre dois gatos, com hibiscus (fuyō) atrás

Katsushika Hokusai (1829), Cats and hibiscus: um impasse entre dois gatos, com hibiscus (fuyō) atrás © Os Curadores do Museu Britânico

De acordo com o site do museu, o conjunto de tintas foi vendido na casa de leilões Piasa, em Paris, em junho do ano passado (o conjunto rendeu € 136.500, estimativa de € 15.000 – € 20.000). A instituição de caridade Art Fund ajudou a financiar a aquisição; a compra também foi viabilizada por meio da doação Theresia Gerda Buch. O museu também possui uma impressão da obra-prima de Hokusai, The Great Wave (1831), que foi comprada em 2008 por £ 130.000.

Katsushika Hokusai (1829), Virudhaka (Ruriō) (morto por um raio) © Os Curadores do Museu Britânico

Todos os desenhos descobertos podem ser vistos no site do Museu Britânico , permitindo que os espectadores se aprofundem nos detalhes – desde representações de figuras religiosas, mitológicas, históricas e literárias a animais, pássaros e flores – com tecnologia de zoom. Também está prevista uma exposição das obras (data a confirmar).

As imagens lançam luz sobre os métodos de trabalho de Hokusai, permitindo que os curadores façam conexões com esboços semelhantes armazenados no Museu de Belas Artes de Boston e na Bibliothèque Nationale em Paris. “Será fascinante, conforme o estudo dos desenhos progride, propor agrupamentos de assuntos relacionados e demonstrar como eles se relacionam com a obra mais ampla de Hokusai”, diz um curador na seção de comentários do site dedicado.

A razão pela qual os desenhos nunca foram publicados permanece obscura, mas “demonstra que Hokusai estava de fato entrando em uma nova explosão de criatividade que logo daria origem à sua famosa série impressa Trinta e Seis Vistas do Monte Fuji (por volta de 1831-33)” , de acordo com um comunicado do museu. Ao todo, ele produziu 3.000 impressões coloridas e quase 1.000 pinturas.

Compartilhar:
Notícias - 13/04/2021

Médico e artista plástico expõe obra feita de raio-x na Igreja Presbiteriana do Butantã

Moradores e visitantes da região do Butantã têm se deparado com uma cena inusitada ao circularem a Praça Vicente Rodrigues, …

Notícias - 13/04/2021

Após reclamações, outdoors de Steven Shearer são retirados de festival em Vancouver

Uma série de sete outdoors com fotos de pessoas dormindo foi encoberta depois que os organizadores do Capture Photography Festival …

Notícias - 13/04/2021

Sotheby's e Niftygateway oferecem edição ilimitada de criptoarte

A criptoarte segue sendo assunto quente no mercado. De olho na tendência, a Sotheby’s e o site Niftygateway estão oferecendo …

Notícias - 12/04/2021

FAMA Museu lança edital para exposições no espaço

A fim de incentivar a produção artística contemporânea e valorizar a diversidade cultural por meio da multiplicidade de expressões artísticas …

Notícias - 09/04/2021

Inhotim e Arte1 firmam parceria para exibição da série Diálogos

Duas instituições voltadas para a arte acabam de se unir para disseminar conteúdos de qualidade para o público. O Instituto …

Notícias - 08/04/2021

Conheça Bruna Pessoa de Queiroz, presidente da “Usina da Arte”

Ancorada numa tradição cultural “artistocrática”, a família Pessoa de Queiroz revive desde 2015 uma antiga fábrica de cana-de-açúcar perto do …

Notícias - 08/04/2021

Galeria Nara Roesler representa o Brasil na EXPO CHGO ONLINE

Com o apoio do projeto Latitude – Platform for Brazilian Art Galleries Abroad, uma parceria da ABACT (Associação Brasileira de …

Notícias - 08/04/2021

INSTITUTO TOMIE OHTAKE ABRE AS INSCRIÇÕES PARA O 5º PRÊMIO TERRITÓRIOS

Iniciativa idealizada e coordenada pelo Instituto Tomie Ohtake, com patrocínio da Estácio e do Grupo GPS, em parceria com o …

Notícias - 07/04/2021

Conheça o jovem que saiu da Vila Vintém para defender o acesso à cultura em Boston

Como já vem sendo feito há alguns anos, a Brazil Conference at Harvard & MIT 2021, evento criado por …

Notícias - 07/04/2021

Nova galeria de arte vende obras com o tema "identidade"

Inaugurada no mês de celebração ao Dia Mundial das Mulheres, a Pequena Galeria apresenta cinco artistas mulheres de diferentes regiões …

Notícias - 06/04/2021

Obras de Antony Gormley colocadas na praia dividem opiniões

Esperava-se que incentivassem a apreciação da arte contemporânea. Mas, em vez disso, quatro esculturas de ferro de Antony Gormley parecem …

Notícias - 06/04/2021

National Gallery cria sua primeira mostra projetada para telefones celulares

A National Gallery apresentará sua primeira exposição projetada para telefones celulares, permitindo que as pessoas vivenciem com detalhes incríveis uma …