DESCUBRA 9 AUTORRETRATOS PINTADOS À BEIRA DA MORTE

DE VAN GOGH A FRIDA KHALO

Os autorretratos pintados durante os estágios finais de uma carreira podem ser as imagens mais verdadeiras dos artistas.  A seguir conheça algumas dessas famosas e sinistras obras de arte.

Um dos últimos autorretratos de Rembrandt, aos 63 anos, evidencia um artista muito mais experiente tecnicamente. As pinceladas de sua figura são visivelmente mais nítidas. Aqui, ele olha sombriamente para o espectador, parecendo visivelmente desgastado.

Picasso pintou até horas antes de sua morte, aos 91 anos. Segundo seu amigo, Pierre Daix, ele “segurou o desenho ao lado do rosto para mostrar que a expressão de medo era um artifício”. A expressão de olhos arregalados transmite pouca aceitação de uma morte iminente.

Frida Khalo se pinta sozinha em uma paisagem desolada. Embora lágrimas escorram pelo rosto, ela olha corajosamente para o espectador. No lugar de uma espinha, está a coluna fraturada  em um acidente.

Kara Walker em seu estúdio. Fotografia de Ruven Afanador.

A pintora italiana Sofonisba Anguissola pintou autorretratos até a velhice e, nessas últimas pinturas, o espectador pode apreciar o olhar austero da artista, que contrasta com suas representações ricamente coloridas.

Em 1819, o pintor espanhol Francisco de Goya foi atingido por uma doença repentina. Ele sobreviveu e pintou este autorretrato enfraquecido na cama, segurando seus lençóis nos braços de seu médico.

Edvard Munch não era conhecido como um homem feliz. Isolou-se e viveu seus últimos 27 anos sozinho. Em seu último autorretrato  descreve-se um solitário, com olhos cavernosos que contrastam com as cores vivas de uma cama e relógio, símbolos de sua mortalidade.

Pierre Bonnard  idoso é retratado sombriamente. Ele evita o contato visual com o espectador, torcendo o corpo para longe. Seus olhos não têm definição; no lugar das pupilas  existem dois buracos negros. 

Lucian Freud pintou quase até a semana de sua morte em 2011. Nesse autorretrato, o peso psicológico da morte cai sobre ele. O artista puxa, desconfortavelmente, a gravata. Sua expressão cansada é emoldurada por pinceladas  cinzas e frenéticas.

Van Gogh descreveu seu último autorretrato, um ano antes de seu suicídio, como “despenteado e triste… algo como, o rosto da morte”. Ele pintou o trabalho enquanto estava internado em um sanatório para psicose  e depressão.

STORIES

MAIS

QUEM FOI  CARLITO CARVALHOSA?

DESCUBRA 7 CASAIS FAMOSOS DA ARTE

7 FATOS CURIOSOS SOBRE BASQUIAT

VEJA MAIS  NOTÍCIAS E CURIOSIDADES  DASARTES  NO BRASIL  E NO MUNDO CONHEÇA TODOS OS NOSSOS CANAIS: A REVISTA DE ARTE A Z AGENDA DASARTES ESCOLA DASARTES DASARTES KIDS COLUNA DASARTES DASARTES MERCADO

,