6 FATOS CURIOSOS SOBRE  EDVARD MUNCH

,

O pintor e gravador norueguês Edvard Munch é famoso como o autor de uma das pinturas mais conhecidas do mundo, O Grito. É sabido que foi um homem perturbado mentalmente, o que talvez tenha sido uma condição essencial para a criação de suas obras mais poderosas.

Autorretrato, 1882.  Imagens: Domínio Público/Munch Museum, Oslo.

Com suas pinturas de temática psicológica, ele tinha a capacidade única de transferir o seu mal-estar e ansiedade para o observador. 

Autorretrato no  inferno,  1903.

A SEGUIR 6 FATOS  INTERESSANTES SOBRE ELE:

1

Morte na enfermaria, c 1895.

MUNCH E SUA FAMÍLIA FORAM ATORMENTADOS POR DOENÇA, INSANIDADE E MORTE Sua mãe e irmã, Sophie, morreram de tuberculose. Seu único irmão sucumbiu à pneumonia e outra de suas irmãs sofreu de doença mental. Essas tragédias fizeram Munch pensar que sua família fosse amaldiçoada.

SEU ESTILO FOI INSPIRADO PELA “LOUCURA” E SUA PARANÓIA  PELA MORTE Combinou contornos ousados da Art Nouveau e pinceladas do impressionismo para dar forma às suas visões interiores intangíveis. Ele alegou pintar "não o que vê,  mas o que viu".

2

Chorando nua, 1913–14.

Além da fama por sua aparência desleixada, ele também gerou polêmica pelas imagens violentas e sexuais em suas pinturas. As críticas só serviram para espalhar ainda mais  sua reputação.

Madona, 1894.

SEUS TEMAS ERAM PROFUNDAMENTE PESSOAIS, MAS TAMBÉM UNIVERSAIS Retratou seus sentimentos sobre a morte de sua irmã Sophie em A Menina doente e Morte na enfermaria. As pinturas envolvem uma criança moribunda e o retrato da dor privada da família.

3

Menina doente, 1907.

PRODUZIU EM MASSA SUAS OBRAS E AS TORNOU ACESSÍVEIS Fez muitas versões de suas pinturas, especialmente quando foram vendidas. Experimentou litografias e xilogravuras para criar impressões gráficas. Usou o grão da madeira e sobrepôs várias mídias para criar um estilo único.

4

Xilogravura Melancolia da Noite I, 1896.

5

SOFRIA DE DOENÇAS MENTAIS E ALCOOLISMO Munch ouvia vozes e teve um colapso nervoso com paralisia de um lado do corpo. Se internou em um sanatório e saiu mais estável. Após sua alta, seus trabalhos tornaram-se mais mansos e até positivos, pintando paisagens e trabalhadores..

Fumaça de trem, 1900.

EXISTEM QUATRO VERSÕES  DE O GRITO Munch criou duas versões em têmpera e outras duas em pastéis. Ambas as versões pintadas foram roubadas e recuperadas, uma com danos mínimos de umidade.

A Última Ceia, 1493-1498.

6

O Grito, 1910.

Esta versão em tons pasteis foi vendida por US$ 120 milhões em leilão, em 2012. É a única obra em que uma das figuras do fundo da imagem olha para baixo por cima do corrimão.

O Grito, 1895.

Apesar de sua vida conturbada, Edvard Munch canalizou essas experiências em suas pinturas, que lhes deram vida e luz. Suas obras são abertas e honestas e continuam a dar uma visão da experiência humana universal séculos após sua morte.

Autorretrato com a Gripe Espanhola, 1919.