Visitante quebra escultura de Antonio Canova enquanto tenta tirar uma selfie

A estátua danificada é o molde de gesso original usado para fazer uma estátua de mármore de Paolina Bonaparte (na Galeria Borghese, Roma).

Um visitante do Museu Antonio Canova, em Possagno, Itália, danificou um modelo de gesso de uma escultura do século 19 enquanto tentava tirar uma selfie com a obra de arte. De acordo com um post na página do Facebook da instituição, um turista austríaco estava sentado na obra, causando a quebra de dois dedos da escultura.

O modelo que foi danificado corresponde à escultura de mármore de Canova, Pauline Bonaparte, como Venus Victrix, que faz parte da coleção da Galleria Borghese em Roma e retrata a irmã de Napoleão Bonaparte como a deusa romana do amor. O Museu Antonio Canova disse em seu post no Facebook que o visitante se afastou rapidamente do trabalho danificado e não alertou a equipe sobre o incidente em 31 de julho. Um guarda viu os dedos dos pés quebrados e as imagens de vigilância confirmaram o que havia acontecido.

“Nossa herança deve ser protegida: adotar um comportamento responsável dentro do Museu, respeitando as obras e os bens preservados, não é apenas um dever cívico, mas um sinal de respeito pelo que nossa história e cultura testemunham e que devem ser orgulhosamente transmitidas para o futuro. gerações ”, escreveu o museu no Facebook.

O museu está planejando restaurar a escultura danificada, e o visitante foi identificado como resultado de um requisito de registro de nome relacionado a uma pandemia ao entrar nos museus italianos. O turista ainda não foi encontrado após sua saída da instituição.

Moira Mascotto, diretora do Museu Antonio Canova, disse à Agência de Imprensa da Áustria que o museu está de posse das “partes quebradas do gesso. Isso nos ajudará na restauração. ”

Fonte e tradução: ARTFIXdaily

Atualização 05.08.2020

O visitante do museu que se inclinou e danificou a escultura deitada de Antonio Canova foi localizado pela polícia na Itália. O homem de 50 anos da Áustria foi identificado por vídeo de vigilância e por medidas de registro implementadas durante a crise do COVID-19.

Ao ver a estátua de Paolina Borghese, de Canova, no Museu Gipsoteca, em Possagno, o homem tirou uma selfie com a peça e, posteriormente, quebrou os dedos dos pés do elenco de gesso de 200 anos. Ele parece ter notado o dano e se afastou, relatando várias fontes. Desde então, o homem confessou a “atitude estúpida”, segundo comunicado de Treviso Carabinieri.

O caso será analisado pelos promotores criminais em Treviso.

Vittorio Sgarbi, presidente da Fundação Antonio Canova, escreveu no Facebook que espera que o homem não fique impune, pois “as cicatrizes de um Canova são inaceitáveis”.

Fonte e tradução: ARTnews

Compartilhar:
Notícias - 02/08/2021

Artista transforma boate em um pântano 3D

Parece familiar e estranho ao mesmo tempo. Muitos berlinenses passaram pela Berghain, a casa noturna mais famosa da Alemanha, mas …

Notícias - 30/07/2021

Artefatos indígenas falsos estão sendo vendidos por museus e galerias canadenses

Um negociante canadense admitiu vender arte indígena fraudulenta a várias lojas de museus e outras empresas de arte na Colúmbia …

Notícias - 30/07/2021

Em chamas: Trágedia atinge a história da Cinemateca Brasileira

Na noite de quinta-feira, 29 de julho de 2021, a Cinemateca Brasileira foi engolida pelas chamas na zona oeste de …

Notícias - 29/07/2021

road-movie de Lúcia Murat investiga artistas latinoamericanas

Livremente inspirado na peça “Há mais futuro que passado” o road-movie “Ana. Sem Título”, da diretora Lúcia Murat (“Praça Paris”, …

Notícias - 29/07/2021

Conheça alguns dos artistas já definidos para a Bienal de Veneza

O fluxo de e-mails anunciando quais artistas estão representando seus respectivos países na Bienal de Veneza de 2022 tem sido …

Notícias - 29/07/2021

Galeria Marília Razuk exibe projeto a partir de diálogo entre artistas

Trazer ao público o processo de uma exposição que se desdobra no espaço e no tempo por meio de módulos …

Notícias - 29/07/2021

Prêmio PIPA anuncia Exposição dos Vencedores de 2020

Com uma trajetória de mais de dez anos no cenário da arte contemporânea, o Prêmio PIPA, uma iniciativa do Instituto …

Notícias - 28/07/2021

Sesc São Paulo promove exposição com obras de artistas indígenas

Encontros Ameríndios, exposição que entra em cartaz no Sesc Vila Mariana a partir do dia 31 de julho, traz um …

Notícias - 27/07/2021

Galeria Arte132 abre em São Paulo com exposição de Alex Flemming

Com foco na produção artística brasileira, a Arte132, galeria comandada por Telmo Porto abre suas portas em Moema, zona sul …

Notícias - 27/07/2021

Conheça os artistas e as obras da abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio

Enquanto a estrela do tênis japonesa Naomi Osaka carregava a tocha olímpica escada acima durante a cerimônia de abertura dos …

Notícias - 27/07/2021

Instituto Artium abre as portas em São Paulo

O Instituto Artium, entidade cultural sem fins lucrativos, fundada em 2019, abre as portas para o público com exposição coletiva …

Notícias - 22/07/2021

Instituições anunciam iniciativa colaborativa para o mundo da arte no combate às mudanças climáticas

Os lobistas da indústria das artes Gallery Climate Coalition (GCC), a casa de leilões global Christie’s (membro do GCC) e …