Vândalos atacaram 70 obras de arte em museus de Berlim em plena luz do dia

Um líquido oleoso foi derramado sobre muitas obras no que foi considerado o pior ataque à arte e antiguidades na Alemanha do pós-guerra

Autoridades alemãs revelaram que perpetradores desconhecidos atacaram inúmeras obras de arte e antiguidades em vários museus no centro de Berlim no início deste mês, em um feriado anual que comemora a reunificação pacífica da Alemanha.

Os vândalos derramaram um líquido oleoso em mais de 70 obras de arte e antiguidades no Museu Pergamon, na Alte Nationalgalerie, no Museu Neues e no local de exibição Museu Pergamon Panorama durante o horário de funcionamento do museu em 3 de outubro, de acordo com a polícia de Berlim. Embora a motivação para os ataques não tenha sido descoberta, alguns suspeitam do envolvimento de propagandistas de direita.

As obras danificadas incluem sarcófagos egípcios, pinturas, bem como esculturas em pedra e madeira nos quatro museus, todos localizados na Ilha dos Museus, no centro da capital alemã. A Fundação do Patrimônio Cultural da Prússia afirma que uma “pequena” quantidade de líquido foi pulverizada sobre os objetos por perpetradores que “agiram de forma muito velada e aparentemente exploraram momentos em que a equipe de supervisão”. A fundação, que supervisiona os museus, diz que em muitos casos os danos poderiam ser prontamente revertidos, mas as esculturas de pedra e madeira ainda estão sendo restauradas. Algumas obras estão de volta à vista.

Em um comunicado enviado ao Artnet News, a Ministra da Cultura, Monika Grütters, condenou o incidente, chamando-o de um ataque contra “o patrimônio cultural, contra as formas civis de debate e, portanto, contra os princípios da democracia”. Seu escritório também solicitou um relatório dos museus estaduais de Berlim para entender como os danos ocorreram.

O incidente veio à tona semanas depois de ter ocorrido devido a reportagens dos veículos alemães  Deustchlandfunk e Die Zeit, que escreveram que foi o mais “extenso ataque” à arte e antiguidades na Alemanha desde a Segunda Guerra Mundial.

Poucos detalhes foram descobertos sobre as motivações dos vândalos. Ao confirmar os detalhes do incidente, a polícia acrescentou que o público não foi informado sobre o incidente durante a investigação. O departamento pediu a apresentação de testemunhas e não quis dar mais detalhes que possam comprometer a investigação.

Alguns comentaristas especularam que extremistas de extrema direita podem estar ligados ao vandalismo. O repórter Julius Geiler, que se concentra no extremismo de extrema direita, twittou que o autor de um livro de receitas vegano e teórico da conspiração de extrema direita Attila Hildmann poderia ter incitado os ataques.

Geiler apoiou essa teoria apontando para supostas capturas de tela de postagens de mídia social de Hildmann, que já foram excluídas. Em 23 de agosto, Hildmann, que também é um negador vocal do coronavírus, supostamente pediu a destruição do Museu Pergamon nas redes sociais, chamando-o de um site “satanista” e a “fonte de todo o mal”. De acordo com outra captura de tela que está circulando nas redes sociais, Hildmann também chamou o Museu Altes de “altar de Satanás”, aparentemente unindo as duas instituições distintas. The Guardian  também relatou que Hildmann compartilhou uma reportagem de jornal sobre o ataque na noite passada, escrevendo “Fato! É o trono de Baal (Satanás).”

Felix Huesmann, outro jornalista alemão cobrindo teorias de extrema direita e da conspiração, explicou que a ideia de que o Pergamon é um altar satânico circulou online por anos, mas que nos últimos meses a teoria ressurgiu no aplicativo de mensagens Telegram.

Fonte e tradução: Artnet News

Compartilhar:
Notícias - 24/11/2020

Escavação revela restos preservados de homens envoltos em cinzas vulcânicas

Arqueólogos da cidade romana de Pompéia recorreram a uma técnica centenária para conservar os corpos de dois homens recentemente desenterrados …

Notícias - 24/11/2020

Desenho recém-descoberto é um verdadeiro da Vinci, afirma especialista

Um desenho que esteve em uma coleção privada por anos foi atribuído a Leonardo da Vinci. O jornal italiano La …

Notícias - 23/11/2020

Virgínia Di Lauro aborda feminino e ancestralidade na galeria Simone Cadinelli

Simone Cadinelli Arte Contemporânea apresenta “Em Suspensão”, ocupação feita pela artista Virgínia Di Lauro em sua vitrine voltada para a …

Notícias - 23/11/2020

4º Prêmio Aliança Francesa de Arte Contemporânea apresenta mostra com finalistas

Na terça-feira, 24 de novembro, às 19h, acontece a inauguração virtual da Mostra Coletiva do 4º Prêmio Aliança Francesa de …

Notícias - 19/11/2020

Bruno Barbey, Fotógrafo da Magnum Photos, morre aos 79 anos

Bruno Barbey, fotógrafo francês da agência Magnum Photos que produziu trabalhos poderosos e empáticos em zonas de guerra, bem como …

Notícias - 19/11/2020

Arqueólogos egípcios fazem a 'maior descoberta de 2020'

Arqueólogos egípcios anunciaram a descoberta de mais de 100 caixões pintados na antiga necrópole de Saqqara, ao sul do Cairo. …

Notícias - 19/11/2020

Sonia Gomes figura na lista de artistas da Bienal de Gwangju, na Coreia do Sul

A Bienal de Gwangju, na Coreia do Sul, revelou a lista completa de artistas participantes de sua 13ª edição, programada …

Notícias - 18/11/2020

Art Basel Hong Kong adiada dois meses por causa de Covid-19

A edição de 2021 da Art Basel Hong Kong — aguardada como a primeira feira presencial a ser realizada pela …

Notícias - 18/11/2020

Eduardo Kac fala de sua produção em painel do Instituto Cisneros do MoMA

O artista Eduardo Kac apresentará, em painel organizado pelo Instituto Cisneros do MoMA, suas explorações da Bio Arte e seu …

Notícias - 17/11/2020

Festival Novas Frequências comemora 10 anos

A 10ª edição do Festival Novas Frequências, considerado o principal evento sul-americano de música experimental e arte sonora, irá acontecer …

Notícias - 17/11/2020

Arquiteto negro ganha escultura afro-futurista em São Paulo para o Dia da Consciência Negra

A Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo entrega à cidade, em 20 de novembro, Dia da Consciência Negra, uma …

Notícias - 17/11/2020

Uma rixa familiar e a obra-prima de Botticelli que desapareceu

É uma obra-prima do Renascimento Italiano retratando uma das imagens mais célebres da civilização. Supostamente propriedade de Imelda Marcos, Madonna …