Turner, o maior prêmio de arte é cancelado e artistas são escolhidos para receber bolsas

Lubaina Himid, vencedora do Turner Prize 2017

Os organizadores do prêmio Turner cancelaram a edição deste ano e, em vez disso, oferecerão 10 bolsas de US$ 10 mil a artistas merecedores.

Em um ano normal, os juízes teriam anunciado este mês uma lista final do prêmio, convidando esses artistas a trabalhar para uma abertura de exposição no outono. O vencedor de £ 25.000 seria revelado em dezembro.

O museu Tate Britain, que organiza o prêmio, disse: “O cronograma apertado para a preparação da exposição anual não seria alcançável sob as restrições atuais”.

Em vez disso, afirmou que queria “ajudar a apoiar uma seleção maior de artistas durante esse período de profunda perturbação e incerteza”.

Alex Farquharson, diretor da Tate Britain, disse que os aspectos práticos da organização da exposição anual tornaram impossível receber o prêmio este ano.

“Decidimos ajudar a apoiar ainda mais artistas durante esse período excepcionalmente difícil”, disse ele. “Acho que JMW Turner, que planejou deixar sua fortuna para apoiar artistas em suas horas de necessidade, aprovaria nossa decisão.

“Imagino que os visitantes ficarão desapontados por não haver prêmio Turner este ano, mas todos podemos esperar que ele volte em 2021.”

O júri deste ano passou os últimos 12 meses visitando centenas de exposições em todo o mundo, em preparação para nomear uma lista restrita.

Esses juízes – Richard Birkett, curador do Instituto de Artes Contemporâneas; Sarah Munro, diretora do centro BALTIC de arte contemporânea em Gateshead; Fatos Üstek, diretor da Bienal de Liverpool; e Duro Olowu, designer e curador – escolherão os 10 artistas para receber as bolsas pontuais. Os critérios serão os mesmos: artistas britânicos e britânicos baseados em “sua contribuição para novos desenvolvimentos na arte contemporânea atualmente”.

O painel realizará uma reunião virtual para selecionar os artistas, anunciando-os no final de junho.

O prêmio Turner é um dos destaques do calendário de arte contemporânea, muitas vezes conseguindo encantar e exasperar as pessoas em números iguais. No ano passado, os juízes concederam o prêmio a todos os quatro artistas selecionados depois que eles se uniram e insistiram que não deveriam ser confrontados.

Vencedores do prêmio Turner conjunto do ano passado 2019: (da esquerda) Helen Cammock, Oscar Murillo, Tai Shani e Lawrence Abu Hamdan.

Vencedores do prêmio Turner conjunto do ano passado 2019: (da esquerda) Helen Cammock, Oscar Murillo, Tai Shani e Lawrence Abu Hamdan. Foto: Sarah Lee / The Guardian

Em vez disso, Lawrence Abu Hamdan, Helen Cammock, Oscar Murillo e Tai Shani foram nomeados vencedores coletivos em nome de “comunalidade, multiplicidade e solidariedade”.

O prêmio Turner foi criado em 1984 e é realizado todos os anos exceto em 1990, quando foi abandonado por falta de patrocínio. Os vencedores passaram a ser alguns dos maiores nomes da arte contemporânea e incluíram Gilbert & George (1986), Anish Kapoor (1991), Rachel Whiteread (1993), Antony Gormley (1994), Damien Hirst (1995), Steve McQueen (1999), Grayson Perry (2003) e Jeremy Deller (2004).

Fonte e tradução: The Guardian

Compartilhar:
Notícias - 20/01/2021

Horrana de Kássia Santoz assume vaga de curadora na Pinacoteca

Pinacoteca do Estado de São Paulo e a Coleção Ivani e Jorge Yunes comemoram a parceria com a chegada de …

Notícias - 20/01/2021

Curso gratuito de Artes Integradas e Acessibilidade abre inscrições

Já estão abertas as inscrições para o curso Artes Integradas + Educação + Acessibilidade, do projeto Um Novo Olhar. A …

Notícias - 11/01/2021

Artista mineira Marina Amaral entra para lista da Forbes

A colorista mineira Marina Amaral entrou para a lista da Forbes dos jovens mais influentes do ano.  A Under 30 …

Notícias - 11/01/2021

Iphan e Polícia Federal resgatam material arqueológico no Acre

Na manhã do dia 5 de janeiro, uma ação conjunta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no …

Notícias - 11/01/2021

Exposição do estilista Tomo Koizumi inicia o Departamento de Moda, Design e Arquitetura da Fundação Iberê

Em 2021, a Japan House São Paulo (JHSP) vai expandir sua presença pelo Brasil, por meio de um projeto de …

Notícias - 11/01/2021

Pinacoteca de São Paulo divulga programação de 2021

 

Em 2021, a Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, …

Notícias - 28/12/2020

Os universos díspares da Rússia contemporânea pelas lentes de Serguei Maksimishin em “O Último Império”

A exposição “O Último Império – Serguei Maksimishin”, que esteve no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, entre dezembro de …

Notícias - 20/12/2020

Consciência diante do perigo: as representações do medo ao longo da História da Arte

Quando Susan Sontag fala que fotografia é sobre dor, ela fala sobre Arte. Quando Susan afirma que “fotos são um …

Notícias - 19/12/2020

São Paulo ganha mural em homenagem às comunidades indígenas afetadas pela pandemia

As Nações Unidas e a ViaQuatro, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela, em São Paulo, se unem …

Notícias - 18/12/2020

Farol Santander abre hoje mostra do artista chileno Iván Navarro

Abre hoje, 18 de dezembro, no Farol Santander São Paulo, a exposição ExFinito, primeira grande mostra individual no país do …

Notícias - 17/12/2020

Conheça os 91 projetos selecionados do Rumos Itaú Cultural 2019/2020

A Dasartes participou na última quarta-feira, 16 de dezembro, na coletiva de imprensa do Itaú Cultural, que anunciou os projetos selecionados …

Notícias - 17/12/2020

REGINA BONI ANUNCIA INAUGURAÇÃO DA GALERIA SÃO PAULO FLUTUANTE EM 2021

Para quem afrontou militares e a extrema direita em plena ditadura nos anos 60, não seria uma pandemia em escala …