Toulouse-Lautrec lidera vendas em leilão da Christie’s

Em novo leilão com obras do século XX, uma mistura de arte impressionista, moderna e contemporânea ocidental e asiática, a Christie’s realizou US$ 119,3 milhões em vendas, valor dentro das estimativas entre US$ 94,9 milhões a US$ 147 milhões, com apenas 5 lotes sem venda. O leilão foi transmitido ao vivo de Hong Kong a partir das 21h30 (horário local), onde a primeira seção da venda havia sido organizada, e depois durante a manhã em Nova York.

Na contagem final, Hong Kong parecia ter tido o resultado mais saudável, com US$ 52,4 milhões para 19 lotes, dos quais 8 estavam garantidos. Embora Nova York tenha levado a maior soma, US$ 66,9 milhões, esta foi para 31 lotes, dos quais 14 já estavam garantidos.

Alex Rotter, presidente do departamento de arte do século XX e XXI da Christie’s, declarou que “a série de vendas desta semana em Hong Kong e Nova York são adequadas para uma temporada inovadora de vendas de outono para a Arte do Século XX e XXI, que começou no início de outubro com uma série de vendas de US$ 387,2 milhões, e continuou em Londres e Paris com US$ 141,3 milhões a mais”.

A localização combinada e o plano de departamento foi projetado para enfatizar a natureza global e intercambiável do mercado — e também para reforçar as vendas. Entre as obras oferecidas, estava Pierreuse, de 1889, um Toulouse Lautrec que atraiu pelo menos cinco licitantes, todos em Nova York, e foi vendido bem acima da estimativa, por US$ 9 milhões.

O principal lote que entrou na venda foi uma pintura de Yoshitomo Nara de 2009, da etapa de Hong Kong do leilão, estimado num valor de US$ 6,5 milhões a US$ 9 milhões, marcando até agora os maiores valores para o artista japonês cujos preços foram elevados na última década. Uma abstração de 1986 de Zao Wou-ki — cujo valor de mercado decolou quando os colecionadores asiáticos começaram a procurar sua arte na década de 1990 — ficou aquém de sua alta estimativa de US$ 7 milhões, e foi vendido por US$ 4,5 milhões.

“Os resultados mostram que lemos bem o mercado e seus interesses atuais, focando nossa venda em obras contemporâneas e raridades da arte impressionista e moderna”, disse Rotter. “Era uma fórmula adequada para esta temporada de dezembro, quando o foco do mercado primário tradicionalmente muda para esse setor do mercado. Dada a tremenda profundidade de licitação e numerosos recordes de leilões alcançados, foi uma estratégia de venda que se mostrou ideal.”

 

FONTE: ARTnews

Compartilhar:
Notícias - 12/04/2021

FAMA Museu lança edital para exposições no espaço

A fim de incentivar a produção artística contemporânea e valorizar a diversidade cultural por meio da multiplicidade de expressões artísticas …

Notícias - 09/04/2021

Inhotim e Arte1 firmam parceria para exibição da série Diálogos

Duas instituições voltadas para a arte acabam de se unir para disseminar conteúdos de qualidade para o público. O Instituto …

Notícias - 08/04/2021

Conheça Bruna Pessoa de Queiroz, presidente da “Usina da Arte”

Ancorada numa tradição cultural “artistocrática”, a família Pessoa de Queiroz revive desde 2015 uma antiga fábrica de cana-de-açúcar perto do …

Notícias - 08/04/2021

Galeria Nara Roesler representa o Brasil na EXPO CHGO ONLINE

Com o apoio do projeto Latitude – Platform for Brazilian Art Galleries Abroad, uma parceria da ABACT (Associação Brasileira de …

Notícias - 08/04/2021

INSTITUTO TOMIE OHTAKE ABRE AS INSCRIÇÕES PARA O 5º PRÊMIO TERRITÓRIOS

Iniciativa idealizada e coordenada pelo Instituto Tomie Ohtake, com patrocínio da Estácio e do Grupo GPS, em parceria com o …

Notícias - 07/04/2021

Conheça o jovem que saiu da Vila Vintém para defender o acesso à cultura em Boston

Como já vem sendo feito há alguns anos, a Brazil Conference at Harvard & MIT 2021, evento criado por …

Notícias - 07/04/2021

Nova galeria de arte vende obras com o tema "identidade"

Inaugurada no mês de celebração ao Dia Mundial das Mulheres, a Pequena Galeria apresenta cinco artistas mulheres de diferentes regiões …

Notícias - 06/04/2021

Obras de Antony Gormley colocadas na praia dividem opiniões

Esperava-se que incentivassem a apreciação da arte contemporânea. Mas, em vez disso, quatro esculturas de ferro de Antony Gormley parecem …

Notícias - 06/04/2021

National Gallery cria sua primeira mostra projetada para telefones celulares

A National Gallery apresentará sua primeira exposição projetada para telefones celulares, permitindo que as pessoas vivenciem com detalhes incríveis uma …

Notícias - 06/04/2021

Visitas aos 100 principais museus e galerias do mundo caem 77% devido a Covid

O número de visitantes nos 100 principais museus e galerias de arte do mundo caiu 77% no ano passado, de …

Notícias - 05/04/2021

Exposição artística mais extensa do mundo é realizada no Caminho de Santiago

“Las Estrellas del Camino” é uma exposição permanente com curadoria de Estrella Galicia e realização da agência AUPA!. A mostra …

Notícias - 05/04/2021

Inscrições para a ArtRio 2021 prorrogadas até 30 de abril

As inscrições para as galerias que desejam participar da 11ª edição da ArtRio foram prorrogadas até o dia 30 de …