Quase 70% dos artistas representados pelas principais galerias de Londres são homens, de acordo com um novo estudo

Dorothea Tanning na Tate Modern, Foto: The London Magazine

Um relatório, encomendado pela Freelands Foundation, descobriu que o mundo da arte britânica é um microcosmo da economia maior, onde o trabalho das mulheres é menos valorizado que o dos homens.

De acordo com o relatório, 68% dos artistas representados nas principais galerias comerciais de Londres são homens, apesar de as mulheres constituírem a maioria dos formados em artes. A situação é ainda pior no mercado secundário, onde 88 por cento das vendas foram de obras de artistas do sexo masculino.

Galerias dirigidas por mulheres diretores são cúmplices em perpetuar essa desigualdade histórica, de acordo com o relatório. Embora 48% dos diretores de galerias de Londres sejam mulheres, apenas 32% dos artistas representados são mulheres.

“Existem algumas mulheres extraordinariamente poderosas no mundo da arte, mas elas não estão necessariamente trabalhando duro para alcançar a paridade [de gênero] nos artistas que representam”, a autora do relatório, Kate McMillan, conta à Artnet News.

McMillan, um acadêmico do King’s College, também descobriu que, nos últimos três anos, houve uma redução de 1% nas artistas femininas representadas pelas galerias de Londres. “As pessoas tendem a superestimar o quão bem eles estão indo”, diz ela.

McMillan diz que é especialmente raro encontrar um galerista que pense sobre a melhor forma de apoiar suas artistas femininas que tenham filhos pequenos. Ela encontrou apenas uma que fez um planejamento significativo com suas artistas e que ajudou a financiar o custo do cuidado infantil (a galerista era ela mesma uma mãe solteira). A atitude predominante é que artistas do sexo feminino na faixa dos 30 anos “têm filhos e correm para o campo e não fazem mais nenhuma arte”, diz McMillan.

A situação também não é muito melhor nas instituições de ensino, onde 63% dos funcionários seniores são homens. Isso ocorre apesar do fato de que “66% dos pedidos de pós-graduação no setor de artes criativas e design foram feitos por mulheres”, segundo o relatório.

“A maioria dos acadêmicos que trabalham em escolas de arte são artistas”, ressalta McMillan. “Há uma correlação entre a porcentagem de artistas masculinos representados comercialmente e a porcentagem de acadêmicos seniores”, diz ela.

Embora as galerias comerciais e as escolas tenham um longo caminho a percorrer, museus e espaços não comerciais fizeram mudanças significativas em seus programas nos últimos três anos. McMillan descobriu que, em 2018, 55% dos mostras individuais organizados por 40 instituições na Grã-Bretanha contavam com trabalhos de artistas femininas. Em 2017, esse número foi de 39%.

Houve mais exposições solo de destaque com trabalhos de artistas do sexo feminino do que nunca, como a colaboração inédita do ano passado entre a National Portrait Gallery, a National Gallery e a Royal Academy na organização de três exposições de Tacita Dean. Mas McMillan adverte contra assumir que a tendência continuará. “Uma das suposições que as pessoas fazem é que o progresso é inevitável”, diz ela.

Ainda assim, a galerista Alison Jacques, que trabalha principalmente com artistas femininas, diz que houve “uma mudança maciça” na representação de artistas femininas. Ela é encorajada pelo fato de que obras de artistas como Dorothea Tanning, cujo patrimônio ela representa, estão sendo vendidas por US $ 1 milhão ou mais. Mas Jacques reconhece que o fechamento da lacuna de gênero levará tempo.

O relatório é o terceiro que McMillan realizou para a Freelands Foundation, que foi lançada pela filantropa Elisabeth Murdoch. A organização também apoia artistas do sexo feminino em meio de carreira por meio de um prêmio anual de £ 100.000, que vai para uma exposição individual em uma instituição fora de Londres. Os vencedores do prêmio desde 2016 são: Jacqueline Donachie (The Fruitmarket Gallery, Edimburgo); Lis Rhodes (Nottingham Contemporary) e Veronica Ryan (Spike Island, Bristol).

Fonte: artnet News

Compartilhar:
Notícias - 11/01/2021

Artista mineira Marina Amaral entra para lista da Forbes

A colorista mineira Marina Amaral entrou para a lista da Forbes dos jovens mais influentes do ano.  A Under 30 …

Notícias - 11/01/2021

Iphan e Polícia Federal resgatam material arqueológico no Acre

Na manhã do dia 5 de janeiro, uma ação conjunta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no …

Notícias - 11/01/2021

Exposição do estilista Tomo Koizumi inicia o Departamento de Moda, Design e Arquitetura da Fundação Iberê

Em 2021, a Japan House São Paulo (JHSP) vai expandir sua presença pelo Brasil, por meio de um projeto de …

Notícias - 11/01/2021

Pinacoteca de São Paulo divulga programação de 2021

 

Em 2021, a Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, …

Notícias - 28/12/2020

Os universos díspares da Rússia contemporânea pelas lentes de Serguei Maksimishin em “O Último Império”

A exposição “O Último Império – Serguei Maksimishin”, que esteve no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, entre dezembro de …

Notícias - 20/12/2020

Consciência diante do perigo: as representações do medo ao longo da História da Arte

Quando Susan Sontag fala que fotografia é sobre dor, ela fala sobre Arte. Quando Susan afirma que “fotos são um …

Notícias - 19/12/2020

São Paulo ganha mural em homenagem às comunidades indígenas afetadas pela pandemia

As Nações Unidas e a ViaQuatro, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela, em São Paulo, se unem …

Notícias - 18/12/2020

Farol Santander abre hoje mostra do artista chileno Iván Navarro

Abre hoje, 18 de dezembro, no Farol Santander São Paulo, a exposição ExFinito, primeira grande mostra individual no país do …

Notícias - 17/12/2020

Conheça os 91 projetos selecionados do Rumos Itaú Cultural 2019/2020

A Dasartes participou na última quarta-feira, 16 de dezembro, na coletiva de imprensa do Itaú Cultural, que anunciou os projetos selecionados …

Notícias - 17/12/2020

REGINA BONI ANUNCIA INAUGURAÇÃO DA GALERIA SÃO PAULO FLUTUANTE EM 2021

Para quem afrontou militares e a extrema direita em plena ditadura nos anos 60, não seria uma pandemia em escala …

Notícias - 17/12/2020

Itaú Cultural lança publicação com trabalhos de artes visuais selecionados em edital

No dia 15 de dezembro entrou no ar, no site do Itaú Cultural, www.itaucultural.org.br, uma publicação virtual que reúne as …

Notícias - 17/12/2020

CASA FIAT DE CULTURA DIVULGA SELECIONADOS PARA EXPOR NA PICCOLA GALLERIA

O 4º Programa de Seleção da Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura já tem os nomes dos artistas selecionados …