Protestos enquanto Governo da Noruega começa a demolir edifícios adornados com mural de Picasso

O trabalho de demolição do prédio danificado no ataque de Anders Breivik dividiu a opinião

Em meio a protestos, o governo da Noruega começou a demolir um edifício histórico decorado com murais gigantes de Pablo Picasso como parte dos esforços para reconstruir a sede do governo danificada no ataque terrorista de 2011 pelo extremista de direita Anders Breivik.

O prédio do bloco Y em Oslo, com um desenho de Picasso coberto de areia em uma seção de 250 toneladas da fachada, será substituído por um desenvolvimento moderno e mais seguro, afirma o governo.

A demolição dividiu opiniões fortemente: alguns dizem que a estrutura brutalista de 50 anos é feia e merece ser arrasada, enquanto outros pediram sua proteção.

Picasso colaborou com o escultor norueguês Carl Nesjar, que transformou os desenhos do artista espanhol em grandes obras de concreto em Nova York, Barcelona, ​​Oslo e outras cidades.

Usando uma parede externa inteira do edifício do bloco Y, Nesjar deu a The Fishermen, de Picasso, um lugar de destaque na capital norueguesa e também explodiu The Seagull, um desenho do chão ao teto, em uma parede de 60 toneladas no saguão.

A estrutura de baixo crescimento, construída em 1969 e assim chamada por causa de sua forma vista do ar, abrigou o ministério da educação até 22 de julho de 2011, quando Breivik detonou uma grande bomba nas proximidades.

Ambas as obras serão removidas e preservadas para serem instaladas em outros lugares, embora os ativistas digam que o prédio e os murais pertencem um ao outro.

Além de esperar preservar uma obra arquitetônica típica da década de 1960, os oponentes da destruição invocam um argumento simbólico: que os prédios do governo deveriam permanecer em pé precisamente porque o extremista de direita tentou derrubá-los.

Manifestantes vestindo blusas listradas em homenagem a Picasso se manifestam em frente ao mural de Pescadores em 2019. Fotografia: Ole Berg-Rusten / AFP / Getty Images

Uma ativista, a cantora e compositora norueguesa Elvira Nikolaisen, disse à Reuters: “Há um processo de luto por isso estar acontecendo”. Mas ela acrescentou: “Ao mesmo tempo, o espírito que muitos exibiram para fazer campanha para proteger o prédio foi muito positivo. As pessoas acordaram com o valor dessa arte.”

O prédio do bloco H abrigava os escritórios do primeiro-ministro até Breivik explodir uma van carregada com 950 kg de explosivos em sua base, antes de realizar um tiroteio em massa na ilha de Utøya, em 2011.

Os ataques, que mataram 77 pessoas, foram a pior atrocidade da Noruega em tempos de paz.

Vários edifícios próximos foram danificados pela explosão e foram demolidos, enquanto uma torre de escritórios que também contém parte do trabalho de Picasso será restaurada.

O prédio Y, fechado desde 2011, mas com poucos danos estruturais, poderia ter sido reparado, mas o governo disse que sua localização em um túnel rodoviário o expôs a ataques.

Compartilhar:
Notícias - 15/10/2021

Ruas de São Luís recebem performances

Quando corpo e rua se encontram, muitas histórias podem ser contadas e, mais do que isso, podem ser sentidas e …

Notícias - 15/10/2021

Centro do Rio ganha novo espaço de arte

Os cariocas e o Centro do Rio de Janeiro ganham uma nova opção de cultura com conteúdo e lazer. Com …

Notícias - 12/10/2021

Projeto Latitude apoia participação de galerias brasileiras na Frieze London, FIAC Paris 2021 e SP-Arte 2021

Marcando presença em importantes feiras internacionais, cinco galerias brasileiras figurarão em dois eventos de grande prestígio no mês de outubro, …

Notícias - 12/10/2021

Leilão de fotos em NFT destinará arrecadação para ações do SOS Pantanal

Até o dia 16/10 ocorre, virtualmente, o primeiro leilão de fotos em NFT 100% beneficente para ajudar em ações de …

Notícias - 12/10/2021

Museu em Roterdã inaugura ambicioso projeto e abre sua reserva técnica para visitação

O Depot [depósito] Boijmans Van Beuningen deve abrir suas portas no dia 6 de novembro de 2021 – tornando toda …

Notícias - 08/10/2021

Sotheby's anuncia obra prima de Botticelli em leilão

 

Primeiro, em julho de 2019, houve o especulativo Retrato de um Jovem, catalogado como “No estilo de Botticelli”, que foi …

Notícias - 08/10/2021

Feira em Dubai é acusada de censurar "Davi", de Michelangelo

Uma cópia impressa em 3D do David de Michelangelo está no centro da controvérsia em Dubai, onde expositores obscureceram os …

Notícias - 06/10/2021

Descoberta versão casta da "Madonna" de Munch

Na década de 1890, a representação erótica da Madona por Edvard Munch, retratada com as mãos levantadas atrás das costas …

Notícias - 06/10/2021

Mercado de arte contemporânea se recupera com quase três bilhões em vendas no último ano

O mercado de arte contemporânea arrecadou um recorde de US $ 2,7 bilhões em vendas entre junho de 2020 e …

Notícias - 06/10/2021

Inhotim apresenta obra de Rivane Neuenschwander nas ruas de Belo Horizonte

As ruas de Belo Horizonte foram tomadas por retratos, desenhos daqueles que ocuparam o posto de primeiro amor na vida …

Notícias - 01/10/2021

Artista gera polêmica ao receber verba e devolver telas em branco para museu

O artista Jens Haaning causou polêmica ao enviar telas em branco para o museu de arte na Dinamarca. A nova …

Notícias - 01/10/2021

Após mostras de Van Gogh, vem aí a experiência imersiva de Frida Kahlo

As experiências de imersão de Vincent van Gogh acontecidas recentemente nos Estados Unidos (VEJA AQUI) atraíram milhões de visitantes em …