Categories: Notícias

Prêmio Arquitetura Tomie Ohtake Akzonobel anuncia projetos selecionados

O Instituto Tomie Ohtake e a AkzoNobel apresentam as 10 obras selecionadas na categoria Profissional e os três projetos selecionados e um projeto reconhecido como menção honrosa na Universitária, categoria que fez parte da sexta edição (2019) e que agora retorna neste 9º PRÊMIO ARQUITETURA TOMIE OHTAKE AKZONOBEL.

No total foram inscritas 190 obras da categoria Profissional provenientes de 17 estados brasileiros e do Distrito Federal, enquanto na Universitária foram enviados 138 projetos, provenientes de 17 estados brasileiros e do Distrito Federal. Entre os selecionados há obras localizadas na Bahia, Espírito Santo, Maranhão, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro e São Paulo.

A seleção foi feita por um júri formado pelas arquitetas e pelos arquitetos Carol Tonetti, Catherine Otondo, Clevio Rabelo, Ester Carro e Thaís Troncon Rosa. Os selecionados participarão de uma exposição na sede do Instituto Tomie Ohtake de 09 de maio a 02 de julho de 2023, e de uma publicação sobre o prêmio. Na inauguração do evento, serão anunciadas três obras premiadas na categoria Profissional e um projeto na categoria Universitária.

CATEGORIA PROFISSIONAL

TERMINAL E PARQUE URBANO EM SÃO LUIZ

Projeto: CASA FLORESTA / Localidade: Belo Horizonte – MG / Ano de conclusão: 2021 / Tipo de projeto: residencial / Autoria: Estúdio Zargos

Projeto: CASAMIRADOR SAVASSI / Localidade: Belo Horizonte – MG / Ano de conclusão: 2021 / Tipo de projeto: residencial / Autoria: Gisele Borges Arquitetura

Projeto: CASA NA BOCAINA / Localidade: Bananal – SP / Ano de conclusão: 2021 / Tipo de projeto: residencial / Autoria: Ana Altberg e Cesar Jordão

Projeto: CASARÃO 28/ Localidade: Salvador – BA / Ano de conclusão: 2022 / Tipo de projeto: residencial/comercial / Autoria: Naia Alban

Projeto: CASA SARACURA / Localidade: São Paulo – SP / Ano de conclusão: 2022 / Tipo de projeto: residencial / Autoria: [entre escalas]

Projeto: CASAS POPULARES PAUDALHO / Localidade: Paudalho – PE / Ano de conclusão: 2021 / Tipo de projeto: residencial / Autoria: NEBR Arquitetura

Projeto: CENTRO DE REFERÊNCIA QUEBRADEIRAS DE BABAÇU / Localidade: Povoado de Sumauma, Vitória do Mearim – MA / Ano de conclusão: 2022 / Tipo de projeto: comercial, institucional / Autoria: Estúdio Flume

Projeto: RESTAURO, MODERNIZAÇÃO E AMPLIAÇÃO DO MUSEU DO IPIRANGA / Localidade: São Paulo – SP / Ano de conclusão: 2022 / Tipo de projeto: institucional, público, urbano / Autoria: H+F ARQUITETOS

Projeto: ROTA DO SÃO BENEDITO / Localidade: Vitória – ES / Ano de conclusão: 2022 / Tipo de projeto: público, urbano; Autoria: Coletivo Cidade Quintal

Projeto: TERMINAL E PARQUE URBANO EM SÃO LUIZ / Localidade: São Luís – MA / Ano de conclusão: 2020 / Tipo de projeto: público, urbano; Autoria: Natureza Urbana

CATEGORIA UNIVERSITÁRIA

Aldeia marakanã | FOTO: Gustavo Lennon

Projeto Menção Honrosa: ALDEIA MARAKANÃ: A construção de uma aldeia indígena urbana / Localidade: Rio de janeiro – RJ / Instituição de ensino: UFRJ / Tipo de projeto: social, cultural / Autoria: Gustavo Lennon

Projeto: ARMADURA DA PAISAGEM: Infraestrutura verde nas encostas do Morro da Formiga / Localidade: Rio de janeiro – RJ / Instituição de ensino: UFRJ / Tipo de projeto: público, urbano / Autoria: Larissa de Paula Scheuer

Projeto: A VILA DOS CATADORES CICLISTAS / Localidade: Brasília – DF / Instituição de ensino: FAU-UNB / Tipo de projeto: institucional, urbano, temporário, assistencial / Autoria: Bruna Ruperto

Projeto: DA INCESSANTE CONSTRUÇÃO À OBSOLESCÊNCIA CONSTRUÍDA: Uma proposta de apropriação para o edifício Garagem do Carmo / Localidade: Rio de janeiro – RJ / Instituição de ensino: PUC-Rio / Tipo de projeto: público, urbano; Autoria: Maria Vitória Martins

Desde sua primeira edição (2014), o Prêmio Arquitetura Tomie Ohtake AkzoNobel recebeu 1.907 projetos inscritos . Na edição passada, em 2022, os três premiados foram Daniel Mangabeira da Vinha, Henrique Eduardo Caldas Coutinho e Matheus Conque Seco Ferreira (BLOCO Arquitetos) com o projeto Casa Palicourea (Alto Paraíso de Goiás – GO); Laurent Troost (Laurent Troost Architectures) com o projeto Casarão da Inovação Cassina (Manaus – AM) e Fernando Maculan Assumpção e Joana César Magalhães (LEVANTE Favelinha) com o projeto Centro Cultural Lá da Favelinha (Belo Horizonte – MG). Na última edição, coube ainda aos arquitetos Adriano Andrade Carneiro de Mendonça e Antonio Pedro S L Ribeiro Coutinho (Estúdio Chão) a Menção Honrosa pelo projeto Transborda! (Rio de Janeiro – RJ). Já a Menção Honrosa Sustentabilidade foi dedicada à Casa do Mel (Canaã dos Carajás – PA), projeto de Christian Teshirogi (Estúdio Flume), enquanto a Menção Honrosa Cor foi conquistada pelo projeto Casas + Edifício Misto MBV2 (Sobral – CE), projetada por Bruno Melo Braga, Bruno Perdigão de Oliveira, Igor Lima Ribeiro e Luiz Mattoso Cattony (Rede Arquitetos).

Redação

Recent Posts

Belém recebe o histórico e novo Centro Cultural Bienal das Amazônias

Em um momento histórico para as artes visuais, o Centro Cultural Bienal das Amazônias (CCBA),…

3 dias ago

Artista surrealista quebra recorde em leilão

A pintura de Lenora Carrington, Les Distractions de Dagobert, de 1945, foi vendida por US$…

4 dias ago

Centro Georges Pompidou ganhará filial brasileira

O Centro Georges Pompidou, um dos principais museus de arte contemporânea de Paris, na França,…

4 dias ago

Primeiro retrato oficial do Rei Charles provoca reações negativas pela paleta ‘Vermelho Sangue’

O primeiro retrato oficial do rei Charles pintado desde sua coroação em maio passado foi…

5 dias ago

maior festival de sexualidade na arte contemporânea do Brasil recebe 100 artistas

Um evento legitimador aos artistas contemporâneos que trabalham com sexualidade, apresentando ao público uma produção…

5 dias ago

Ateliê parisiense de Modigliani e Gauguin ganha status de patrimônio

O estúdio parisiense onde artistas como Amedeo Modigliani e Paul Gauguin viveram e trabalharam recebeu…

5 dias ago