Pintura de Artemisia Gentileschi, recentemente descoberta, é exibida em Londres

Uma pintura anteriormente atribuída a um homem foi revelada na semana passada como obra de Artemisia Gentileschi , talvez a artista feminina mais famosa do período barroco italiano. A grande pintura a óleo, datada do final da década de 1630, mostra David sentado triunfantemente no topo da cabeça de Golias; a história bíblica era um assunto favorito para Artemísia e seu pai, Orazio Gentileschi. A descoberta vem antes da primeira grande exposição britânica da obra de Artemisia, que será inaugurada em 4 de abril na National Gallery.

David e Golias (final da década de 1630), uma pintura recentemente atribuída a Artemisia Gentileschi. Foto cedida por Simon Gillespie Studio

David e Golias (final da década de 1630), uma pintura recentemente atribuída a Artemisia Gentileschi. Foto cedida por Simon Gillespie Studio.

Quando o trabalho foi vendido na Sotheby’s em 1975, foi atribuído a Giovanni Francesco Guerrieri, um dos alunos de Orazio. Mas quando a pintura apareceu nos Leilões de Belas Artes Hampel de Munique em 2018, o lugar de Artemisia no cânone havia se solidificado e surgiram dúvidas sobre a atribuição. Enquanto a pintura foi reatribuída a Gentileschi antes da venda, não foi até recentemente que a pintura foi confirmada como obra do famoso artista.

A descoberta foi o resultado de meses de trabalho do conservador Simon Gillespie e do estudioso italiano Gianni Papi, especialista em Gentileschi, segundo o The Art Newspaper. Um estudo aprofundado da tela revelou uma paleta de cores consistente com o trabalho de Artemisia na época; detalhes como a manga de David, a luz no rosto e a paisagem mínima forneceram mais evidências. O marcador mais óbvio, no entanto, é uma assinatura recém-descoberta ao longo da lâmina da espada de Davi, soletrando “Artemisia” junto com os dígitos “16-“, provavelmente a data da pintura.

Detalhe de Davi e Golias (final da década de 1630) mostrando a palavra "Artemísia". Foto cedida por Simon Gillespie Studio

Detalhe de Davi e Golias (final da década de 1630) mostrando a palavra “Artemísia”. Foto cedida por Simon Gillespie Studio

David e Golias (final da década de 1630) não estarão entre as cerca de 30 pinturas do National Gallery, mas serão exibidos no estúdio de Gillespie em Londres. A descoberta marca outro marco importante para o legado de Artemisia. Seu trabalho, que muitas vezes apresenta fortes figuras femininas, ressoou com o movimento contemporâneo #MeToo, especialmente à luz de sua luta heróica e angustiante para levar seu agressor à justiça.

Em novembro passado, a pintura de Gentileschi, Lucretia (ca. 1639), estabeleceu um novo recorde de leilão por seu trabalho, quando foi vendido por € 4,8 milhões (US$ 5,2 milhões) na Artcurial em Paris. Em dezembro, a Sotheby’s vendeu outra de suas obras, uma pintura com uma mártir, por £ 187.500 (US$ 243.000). A pintura foi adquirida pelo Museu Nacional da Suécia, onde foi exibida no final do mês passado.

“Artemisia” será exibido na Galeria Nacional de Londres, de 4 de abril a 26 de julho. David e Golias será exibidos no Simon Gillespie Studio em horários selecionados durante a mostra da National Gallery.

Compartilhar:
Notícias - 16/04/2021

As pinturas de Cézanne e Degas podem render milhões em leilão

Obras dos artistas franceses Paul Cézanne e Edgar Degas são os sucessos de um leilão em Nova York e podem …

Notícias - 15/04/2021

Arte pelos Oceanos reúne artistas visuais em prol da preservação das praias cariocas

Não é novidade que as praias cariocas, que eternizaram o Rio de Janeiro no imaginário turístico mundial, sofrem com a …

Notícias - 14/04/2021

Passagem - por Maria Fernanda Paes de Barros

Que é a arte, afinal, do ponto de vista emotivo, senão a linguagem das forças inconscientes que atuam dentro de …

Notícias - 13/04/2021

Médico e artista plástico expõe obra feita de raio-x na Igreja Presbiteriana do Butantã

Moradores e visitantes da região do Butantã têm se deparado com uma cena inusitada ao circularem a Praça Vicente Rodrigues, …

Notícias - 13/04/2021

Após reclamações, outdoors de Steven Shearer são retirados de festival em Vancouver

Uma série de sete outdoors com fotos de pessoas dormindo foi encoberta depois que os organizadores do Capture Photography Festival …

Notícias - 13/04/2021

Sotheby's e Niftygateway oferecem edição ilimitada de criptoarte

A criptoarte segue sendo assunto quente no mercado. De olho na tendência, a Sotheby’s e o site Niftygateway estão oferecendo …

Notícias - 12/04/2021

FAMA Museu lança edital para exposições no espaço

A fim de incentivar a produção artística contemporânea e valorizar a diversidade cultural por meio da multiplicidade de expressões artísticas …

Notícias - 09/04/2021

Inhotim e Arte1 firmam parceria para exibição da série Diálogos

Duas instituições voltadas para a arte acabam de se unir para disseminar conteúdos de qualidade para o público. O Instituto …

Notícias - 08/04/2021

Conheça Bruna Pessoa de Queiroz, presidente da “Usina da Arte”

Ancorada numa tradição cultural “artistocrática”, a família Pessoa de Queiroz revive desde 2015 uma antiga fábrica de cana-de-açúcar perto do …

Notícias - 08/04/2021

Galeria Nara Roesler representa o Brasil na EXPO CHGO ONLINE

Com o apoio do projeto Latitude – Platform for Brazilian Art Galleries Abroad, uma parceria da ABACT (Associação Brasileira de …

Notícias - 08/04/2021

INSTITUTO TOMIE OHTAKE ABRE AS INSCRIÇÕES PARA O 5º PRÊMIO TERRITÓRIOS

Iniciativa idealizada e coordenada pelo Instituto Tomie Ohtake, com patrocínio da Estácio e do Grupo GPS, em parceria com o …

Notícias - 07/04/2021

Conheça o jovem que saiu da Vila Vintém para defender o acesso à cultura em Boston

Como já vem sendo feito há alguns anos, a Brazil Conference at Harvard & MIT 2021, evento criado por …