Pavilhão da Bienal de Veneza fecha por protesto

Negotiated Differences (2019), Shirley Tse. Part of Stakeholders, Hong Kong’s official presentation at the 58th Venice Biennale. Photo: Enid Tsui

O pavilhão de Hong Kong na Bienal de Veneza anunciou na manhã do dia 12 de junho, que estará encerrando sua atividades. O pavilhão suspendeu suas atividades para participar de uma greve em protesto contra a emenda proposta pelo governo de Hong Kong à sua lei de extradição. O pavilhão fecha quando dezenas de milhares de manifestantes se chocam com as forças policiais em Hong Kong em uma marcha contra o projeto de lei proposto.

Christina Li, curadora da exposição da artista Shirley Tse no pavilhão, anunciou a greve de um dia em um post no Facebook mostrando uma nota postada na entrada do pavilhão dizendo em inglês e italiano: “Devido a circunstâncias imprevistas, a exposição Shirley Tse: As partes interessadas, Hong Kong em Veneza, serão fechadas em 12 de junho de 2019. Por favor, desculpe-nos pelo inconveniente.”

No domingo, 10 de junho, mais de um milhão de manifestantes tomaram as ruas de Hong para se opor a um novo projeto de lei que permitiria a extradição de fugitivos para jurisdições com as quais Hong Kong não assinou um acordo de extradição. Os manifestantes estão especialmente preocupados com a transferência de fugitivos para a China continental, onde dizem que os tribunais carecem de independência e respeito pelos direitos humanos. Apesar das críticas públicas, a diretora executiva de Hong Kong, Carrie Lam, disse que vai seguir adiante com a emenda, insistindo que defenderá a justiça, protegerá os direitos humanos e cumprirá as obrigações internacionais da ilha, segundo um relatório da Associated Press . O projeto de lei chega ao Conselho Legislativo de Hong Kong para uma votação na quarta-feira, depois que foi adiado por causa dos protestos de domingo.

Playcourt (2019) by Shirley Tse. Photo: Enid Tsui

Playcourt (2019) by Shirley Tse. Photo: Enid Tsui

“Shirley e eu respeitamos o direito das pessoas à greve”, disse Li ao South China Morning Post (SCMP). “Pedimos aos três funcionários de plantão no pavilhão e ficou claro que não teremos a mão de obra para manter o pavilhão aberto hoje.”

O pavilhão de Hong Kong na Bienal de Veneza é co-organizado pelo Arts Development Council do governo e pelo M +, um museu em construção no Distrito Cultural de West Kowloon. O SCMP informou que o M + havia insistido anteriormente que o pavilhão continuasse aberto como de costume.

Cerca de 100 organizações artísticas de Hong Kong, incluindo galerias comerciais, aderiram à chamada para a greve na última quarta-feira. Várias galerias internacionais também participaram da greve, incluindo Lehmann Maupin, Simon Lee e Ben Brown Fine Art. A Pace Hong Kong disse a seus trabalhadores que eles estão livres para se juntar à greve. O Hong Kong Artist Union, um defensor da greve, está incentivando as 20 instituições culturais de Hong Kong a se juntarem à greve também.

Compartilhar:
Notícias - 20/10/2021

Judy Chicago enche os céus de São Francisco de fumaça

Em conjunto com a popular retrospectiva de Judy Chicago (até 9 de janeiro de 2022) no de Young Museum em …

Notícias - 20/10/2021

Obra triturada de Banksy é vendida por US$ 25,4 milhões

Qual obra de arte se torna muito mais valiosa depois de ser danificada pelo artista – cuja identidade, por acaso, …

Notícias - 19/10/2021

Vem aí a primeira exposição de arte contemporânea nas pirâmides do Egito

Pela primeira vez na história, as pirâmides de Gizé servirão de cenário para uma exposição de arte contemporânea. Forever Is …

Notícias - 18/10/2021

17ª SP-Arte aposta em modelo híbrido

Em sua 17ª edição, a SP-Arte – Festival Internacional de Arte de São Paulo, acontece de 20 a 24 de …

Notícias - 18/10/2021

Museus de Viena estão expondo obras no site adulto OnlyFans

Em um esforço para evitar a censura por plataformas de mídia social como Instagram, Facebook e TikTok, o Conselho de …

Notícias - 15/10/2021

Ruas de São Luís recebem performances

Quando corpo e rua se encontram, muitas histórias podem ser contadas e, mais do que isso, podem ser sentidas e …

Notícias - 15/10/2021

Centro do Rio ganha novo espaço de arte

Os cariocas e o Centro do Rio de Janeiro ganham uma nova opção de cultura com conteúdo e lazer. Com …

Notícias - 12/10/2021

Projeto Latitude apoia participação de galerias brasileiras na Frieze London, FIAC Paris 2021 e SP-Arte 2021

Marcando presença em importantes feiras internacionais, cinco galerias brasileiras figurarão em dois eventos de grande prestígio no mês de outubro, …

Notícias - 12/10/2021

Leilão de fotos em NFT destinará arrecadação para ações do SOS Pantanal

Até o dia 16/10 ocorre, virtualmente, o primeiro leilão de fotos em NFT 100% beneficente para ajudar em ações de …

Notícias - 12/10/2021

Museu em Roterdã inaugura ambicioso projeto e abre sua reserva técnica para visitação

O Depot [depósito] Boijmans Van Beuningen deve abrir suas portas no dia 6 de novembro de 2021 – tornando toda …

Notícias - 08/10/2021

Sotheby's anuncia obra prima de Botticelli em leilão

 

Primeiro, em julho de 2019, houve o especulativo Retrato de um Jovem, catalogado como “No estilo de Botticelli”, que foi …

Notícias - 08/10/2021

Feira em Dubai é acusada de censurar "Davi", de Michelangelo

Uma cópia impressa em 3D do David de Michelangelo está no centro da controvérsia em Dubai, onde expositores obscureceram os …