Pavilhão da Bienal de Veneza fecha por protesto

Negotiated Differences (2019), Shirley Tse. Part of Stakeholders, Hong Kong’s official presentation at the 58th Venice Biennale. Photo: Enid Tsui

O pavilhão de Hong Kong na Bienal de Veneza anunciou na manhã do dia 12 de junho, que estará encerrando sua atividades. O pavilhão suspendeu suas atividades para participar de uma greve em protesto contra a emenda proposta pelo governo de Hong Kong à sua lei de extradição. O pavilhão fecha quando dezenas de milhares de manifestantes se chocam com as forças policiais em Hong Kong em uma marcha contra o projeto de lei proposto.

Christina Li, curadora da exposição da artista Shirley Tse no pavilhão, anunciou a greve de um dia em um post no Facebook mostrando uma nota postada na entrada do pavilhão dizendo em inglês e italiano: “Devido a circunstâncias imprevistas, a exposição Shirley Tse: As partes interessadas, Hong Kong em Veneza, serão fechadas em 12 de junho de 2019. Por favor, desculpe-nos pelo inconveniente.”

No domingo, 10 de junho, mais de um milhão de manifestantes tomaram as ruas de Hong para se opor a um novo projeto de lei que permitiria a extradição de fugitivos para jurisdições com as quais Hong Kong não assinou um acordo de extradição. Os manifestantes estão especialmente preocupados com a transferência de fugitivos para a China continental, onde dizem que os tribunais carecem de independência e respeito pelos direitos humanos. Apesar das críticas públicas, a diretora executiva de Hong Kong, Carrie Lam, disse que vai seguir adiante com a emenda, insistindo que defenderá a justiça, protegerá os direitos humanos e cumprirá as obrigações internacionais da ilha, segundo um relatório da Associated Press . O projeto de lei chega ao Conselho Legislativo de Hong Kong para uma votação na quarta-feira, depois que foi adiado por causa dos protestos de domingo.

Playcourt (2019) by Shirley Tse. Photo: Enid Tsui

Playcourt (2019) by Shirley Tse. Photo: Enid Tsui

“Shirley e eu respeitamos o direito das pessoas à greve”, disse Li ao South China Morning Post (SCMP). “Pedimos aos três funcionários de plantão no pavilhão e ficou claro que não teremos a mão de obra para manter o pavilhão aberto hoje.”

O pavilhão de Hong Kong na Bienal de Veneza é co-organizado pelo Arts Development Council do governo e pelo M +, um museu em construção no Distrito Cultural de West Kowloon. O SCMP informou que o M + havia insistido anteriormente que o pavilhão continuasse aberto como de costume.

Cerca de 100 organizações artísticas de Hong Kong, incluindo galerias comerciais, aderiram à chamada para a greve na última quarta-feira. Várias galerias internacionais também participaram da greve, incluindo Lehmann Maupin, Simon Lee e Ben Brown Fine Art. A Pace Hong Kong disse a seus trabalhadores que eles estão livres para se juntar à greve. O Hong Kong Artist Union, um defensor da greve, está incentivando as 20 instituições culturais de Hong Kong a se juntarem à greve também.

Compartilhar:
Notícias - 11/01/2021

Artista mineira Marina Amaral entra para lista da Forbes

A colorista mineira Marina Amaral entrou para a lista da Forbes dos jovens mais influentes do ano.  A Under 30 …

Notícias - 11/01/2021

Iphan e Polícia Federal resgatam material arqueológico no Acre

Na manhã do dia 5 de janeiro, uma ação conjunta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no …

Notícias - 11/01/2021

Exposição do estilista Tomo Koizumi inicia o Departamento de Moda, Design e Arquitetura da Fundação Iberê

Em 2021, a Japan House São Paulo (JHSP) vai expandir sua presença pelo Brasil, por meio de um projeto de …

Notícias - 11/01/2021

Pinacoteca de São Paulo divulga programação de 2021

 

Em 2021, a Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, …

Notícias - 28/12/2020

Os universos díspares da Rússia contemporânea pelas lentes de Serguei Maksimishin em “O Último Império”

A exposição “O Último Império – Serguei Maksimishin”, que esteve no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, entre dezembro de …

Notícias - 20/12/2020

Consciência diante do perigo: as representações do medo ao longo da História da Arte

Quando Susan Sontag fala que fotografia é sobre dor, ela fala sobre Arte. Quando Susan afirma que “fotos são um …

Notícias - 19/12/2020

São Paulo ganha mural em homenagem às comunidades indígenas afetadas pela pandemia

As Nações Unidas e a ViaQuatro, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela, em São Paulo, se unem …

Notícias - 18/12/2020

Farol Santander abre hoje mostra do artista chileno Iván Navarro

Abre hoje, 18 de dezembro, no Farol Santander São Paulo, a exposição ExFinito, primeira grande mostra individual no país do …

Notícias - 17/12/2020

Conheça os 91 projetos selecionados do Rumos Itaú Cultural 2019/2020

A Dasartes participou na última quarta-feira, 16 de dezembro, na coletiva de imprensa do Itaú Cultural, que anunciou os projetos selecionados …

Notícias - 17/12/2020

REGINA BONI ANUNCIA INAUGURAÇÃO DA GALERIA SÃO PAULO FLUTUANTE EM 2021

Para quem afrontou militares e a extrema direita em plena ditadura nos anos 60, não seria uma pandemia em escala …

Notícias - 17/12/2020

Itaú Cultural lança publicação com trabalhos de artes visuais selecionados em edital

No dia 15 de dezembro entrou no ar, no site do Itaú Cultural, www.itaucultural.org.br, uma publicação virtual que reúne as …

Notícias - 17/12/2020

CASA FIAT DE CULTURA DIVULGA SELECIONADOS PARA EXPOR NA PICCOLA GALLERIA

O 4º Programa de Seleção da Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura já tem os nomes dos artistas selecionados …