Os gênios das nádegas. Veja seleção dos 10 melhores bumbuns da arte

David by Michelangelo. Photograph: Thekla Clark/Corbis/Getty Images

Eles são ‘as curvas fundadoras do Renascimento’. O Museu de Yorkshire pediu que as coleções do mundo inteiro mostrassem seus melhores bumbuns. Veja abaixo os favoritos em um top 10 de favoritos.

10. Rafael: As Três Graças, 1504-1505

Raphael morreu 500 anos atrás, diz-se, depois de uma noite com sua amante o deixou em um estado enfraquecido. Ele havia dito que, para pintar a beleza perfeita, precisava ver muitas mulheres diferentes. Esse arranjo geométrico de nus entrelaçados que giram em torno de um fundo revela sua dependência do corpo feminino, de todos os ângulos.
• Castelo de Chantilly, França

Raphaël - Les Trois Grâces - Google Art Project 2.jpg

Raphael: The Three Graces, 1504-5

9. Damiano Mazza: O Estupro de Ganímedes, c1575

O advogado rico que encomendou essa pintura meditativa e de confronto provavelmente queria dizer algo sobre si mesmo. A homossexualidade foi claramente definida na Itália renascentista – e o mito de Ganimedes, um menino pastor levado pelo deus Júpiter, que assumira a forma de uma águia, era um símbolo disso. Só para deixar bem claro que isso é sobre sexo e violação, Mazza concentra a atenção no bumbum de Ganimedes.
• Galeria Nacional, Londres

Damiano Mazza: The Rape of Ganymede, c 1575

8. Diego Velázquez: O Rokeby Venus, 1647-51

Artista de suprema inteligência e ironia, Velázquez desmonta o idílio do nu nesta polêmica e bela pintura. Vênus mostra suas costas e seu fundo curvilíneo, pintado em tons de seda cintilante. Mas o traseiro dela não é tudo o que há para ela. No espelho, seu rosto está triste e desconfortável. Ela não está gostando disso. Você percebe que ela não é um deus, mas uma modelo, mostrando suas nádegas para sempre em um museu enquanto deseja estar em outro lugar.
• Galeria Nacional, Londres

Diego Velázquez, The Toilet of Venus (‘The Rokeby Venus’), 1647-51

7. Hieronymus Bosch: A Tentação de Santo Antônio, c1501

Um homem está caído com as nádegas nuas no ar neste tríptico estupefato de demônios e perversidades que cercaram o eremita cristão Anthony. Mas sua humilhação não termina aí. Uma mulher construiu sua casa sob sua forma de abrigo. Ele uiva de miséria, mas não pode escapar. Você tem que passar entre as pernas e debaixo do traseiro para entrar no pequeno chalé.
• Museu Nacional de Arte Antiga, Lisboa

Triptych of the Temptation of St. Anthony - Wikipedia

Hieronymus Bosch: The Temptation of St Anthony, c1501

6. Desconhecido: Motya Charioteer, século V aC

Esculturas gregas clássicas são muitas vezes resumidas como “nuas”. Isso veio para sugerir algo frio e formal: o nu. O sensual traseiro do Motya Charioteer refuta isso. Esta estátua cativante de um motorista de carruagem está vestida, mas com uma peça de roupa tão fina e justa que chama a atenção para todos os contornos do corpo do jovem. Foi preciso genialidade para dar a esse manto tanta delicadeza em pedra cinzelada. E isso nos coloca frente a frente com a antiga paixão grega pelos corpos masculinos.
• Museu Giuseppe Whitacker, Mozia, Sicília

The History Blog » Museums

Unknown: Motya Charioteer, 5th century BC

5. Donatello: David, c1440

Quando Donatello criou a primeira estátua nua de pé desde a antiguidade, ele se esforçou para torná-la provocativa. O artista queria desafiar e instigar a Igreja e seu desdém pela beleza humana. Como a escultura de Motya Charioteer, ela usa roupas – neste caso, botas e um chapéu – para desencadear o físico de David. É uma espécie de lingerie de bronze. O verdadeiro choque ocorre quando você caminha e vê as nádegas opulentas, geométricas e lisas da estátua. Eles pertencem à cúpula da Catedral de Florença como as curvas fundadoras do Renascimento.
• Museu Bargello, Florença

81 Melhores Ideias de Donato di Niccoló di Betto Bardi / Donatello ...

Donatello: David, c1440

4. Michelangelo: David, 1504

Ninguém na vida de Michelangelo duvidava que seu interesse pelo nu masculino fosse erótico. Ele mesmo disse isso, mas insistiu que sua adoração à beleza masculina era espiritual. O artista ainda afirma isso em um poema de amor para um homem. A homossexualidade era um crime capital, mas, neste monumento extasiado à juventude e à coragem, ele se alegra na retaguarda do herói. Imagine como ele esculpiu amorosamente aquelas nádegas perfeitas e você saberá o que seus contemporâneos sabiam sobre ele.
• Accademia, Florença

David de Michelangelo. Photograph: Thekla Clark/Corbis/Getty Images

 

3. Ticiano: Vênus e Adônis, 1554

Filipe II da Espanha estava em Londres, tendo acabado de se casar com Mary Tudor, quando recebeu a parte traseira pintada de preto. Enquanto Vênus implora que seu amante fique, seu traseiro é como uma almofada pesada que a enraíza no lugar. Embora ela abraça e ele se afasta, seu traseiro não muda, mas parece colado a um tecido descartado. Ticiano expressa seu desespero e determinação em manter seu homem tanto no rosto sombrio quanto no traseiro imóvel.
• Prado, Madri

Titian (Tiziano Vecellio) | Venus and Adonis | The Met

Titian: Venus and Adonis, 1554

2. François Boucher, Louise O’Murphy, c1752

Este é um traseiro Rococó. Na França do século 18, novas ideias de razão e liberdade foram propostas pelos filósofos do Iluminismo e discutidas em salões como o da amante real, Madame de Pompadour. O estilo artístico dessa era otimista era sensualmente brincalhão. Talvez a representação de Boucher dessa jovem de descendência irlandesa exibindo ousadamente seu traseiro em um luxuoso boudoir não pareça tão filosófica, mas é um manifesto libertário de grande eloquência.
• Alte Pinakothek, Munique

Marie-Louise O'Murphy - Wikipedia

Titian: Venus and Adonis, 1554

1. Leonardo da Vinci: um nu masculino em pé, c1504-6

O artista adorava jovens de cabelos longos, de acordo com a vida de Leonardo em 1550, de Vasari. Este é um modelo diferente de beleza masculina: poderoso, atarracado e com a melhor traseiro que alguém já desenhou. É tão habilmente sombreado que, quando você fica na frente do desenho original, parece um sólido par de esferas 3D florescendo no espaço. Leonardo é famoso por seu desenho do Homem Vitruviano, estendendo seus membros em forma de estrela para mostrar as proporções humanas perfeitas. Mas esse desenho é maior, mais estranho, com seu homem sem rosto, cujo centro de gravidade é seu traseira rotundo.
• Coleção Real, Londres

The rear of the Renaissance … a detail of Da Vinci’s standing male nude. Photograph: The Royal Collection/Her Majesty Queen Elizabeth II

Fonte e tradução: The Guardian

Compartilhar:
Notícias - 20/01/2021

Horrana de Kássia Santoz assume vaga de curadora na Pinacoteca

Pinacoteca do Estado de São Paulo e a Coleção Ivani e Jorge Yunes comemoram a parceria com a chegada de …

Notícias - 20/01/2021

Curso gratuito de Artes Integradas e Acessibilidade abre inscrições

Já estão abertas as inscrições para o curso Artes Integradas + Educação + Acessibilidade, do projeto Um Novo Olhar. A …

Notícias - 11/01/2021

Artista mineira Marina Amaral entra para lista da Forbes

A colorista mineira Marina Amaral entrou para a lista da Forbes dos jovens mais influentes do ano.  A Under 30 …

Notícias - 11/01/2021

Iphan e Polícia Federal resgatam material arqueológico no Acre

Na manhã do dia 5 de janeiro, uma ação conjunta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no …

Notícias - 11/01/2021

Exposição do estilista Tomo Koizumi inicia o Departamento de Moda, Design e Arquitetura da Fundação Iberê

Em 2021, a Japan House São Paulo (JHSP) vai expandir sua presença pelo Brasil, por meio de um projeto de …

Notícias - 11/01/2021

Pinacoteca de São Paulo divulga programação de 2021

 

Em 2021, a Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, …

Notícias - 28/12/2020

Os universos díspares da Rússia contemporânea pelas lentes de Serguei Maksimishin em “O Último Império”

A exposição “O Último Império – Serguei Maksimishin”, que esteve no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, entre dezembro de …

Notícias - 20/12/2020

Consciência diante do perigo: as representações do medo ao longo da História da Arte

Quando Susan Sontag fala que fotografia é sobre dor, ela fala sobre Arte. Quando Susan afirma que “fotos são um …

Notícias - 19/12/2020

São Paulo ganha mural em homenagem às comunidades indígenas afetadas pela pandemia

As Nações Unidas e a ViaQuatro, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela, em São Paulo, se unem …

Notícias - 18/12/2020

Farol Santander abre hoje mostra do artista chileno Iván Navarro

Abre hoje, 18 de dezembro, no Farol Santander São Paulo, a exposição ExFinito, primeira grande mostra individual no país do …

Notícias - 17/12/2020

Conheça os 91 projetos selecionados do Rumos Itaú Cultural 2019/2020

A Dasartes participou na última quarta-feira, 16 de dezembro, na coletiva de imprensa do Itaú Cultural, que anunciou os projetos selecionados …

Notícias - 17/12/2020

REGINA BONI ANUNCIA INAUGURAÇÃO DA GALERIA SÃO PAULO FLUTUANTE EM 2021

Para quem afrontou militares e a extrema direita em plena ditadura nos anos 60, não seria uma pandemia em escala …