Ocupa Beauvoir seleciona ilustradoras para exposição multimídia

Ocupa Beauvoir, coletivo criada para valorizar a presença das mulheres na literatura, lança, em 2020, uma ação especial: a exposição interativa e itinerante Ocupa Minas, com homenagem a 10 escritoras mineiras em uma exposição inédita. Para começar, está aberta uma convocatória para ilustradoras. As interessadas em participar da seleção podem enviar o portifólio até o dia 15 de fevereiro através do site do projeto www.ocupabeauvoir.com/

As ilustradoras selecionadas deverão criar, a partir de elementos enviados pela produção do projeto, homenagens às autoras selecionadas. Depois de prontas, as homenagens em cartazes, estarão disponíveis na exposição multimídia, que ocorrerá na Biblioteca Municipal Centenário, em Poços de Caldas (MG), cidade escolhida como sede do projeto e depois passará pelas escolas estaduais David Campista e Padrão.

A seleção das autoras para a Ocupa Minas será feita a partir de curadoria entre a idealizadora do projeto, Leila Vilhena, e a jornalista especializada em literatura escrita por mulheres, Jéssica Balbino. Ao todo, 10 autoras nascidas no estado de Minas Gerais serão celebradas na instalação, que além de contar um pouco da história de vida de cada uma e da obra, trará entrevistas, leituras na voz das autoras e cartazes disponíveis para doação ao público.

“Estamos muito felizes de poder homenagear escritoras mineiras nessa nova série de cartazes, onde vamos dar destaque a escritoras contemporâneas. Queremos selecionar através da chamada uma pluralidade não só de traços, mas de mulheres de diversas regiões do Brasil, com suas diferentes linguagens e influências de um Brasil tão grande e criativo”, diz Leila Vilhena.

A Ocupa Minas é um projeto que conta com apoio da Lei Estadual de Incentivo à Cultura e acontece durante o ano de 2020 em Poços de Caldas, com patrocínio do DME e apoio do Acervo Móvel. A Ocupa Beauvoir é um coletivo criada em 2018 como um movimento de apoio e fomento ao ativismo contra a desigualdade de gênero no mercado literário, dedicado a estimular o uso de arte urbana como manifesto e também como meio de acesso a leitura de escritoras mulheres.

Em 2019, a Ocupa Beauvoir realizou uma série com mulheres ativistas pelos direitos de outras mulheres assassinadas pelo Estado. Com o nome “de Rosa Luxemburgo à Marielle Franco: quem mandou matar?”, o projeto foi exposto na Festa Literária de Paraty, a Flip e teve distribuição gratuita de cartazes, bem como leituras das cartas escritas a estas mulheres pelas autoras convidadas. As cartas e ilustrações podem ser vistas no link http://margens.com.br/ocupa-beauvoir/

Além disso, no ano em que foi criado, foi selecionado pelo programa Laboratório de Inovação Cidadã, promovido pela Secretaria Íbero-americana, em Rosário, Argentina. Para 2019 o movimento feminista pretende ainda promover intervenções urbanas inspiradas em escritas mineiras e mulheres da ciência e da tecnologia.ção, corpo, política, velhice, ancestralidade, etc.

Compartilhar:
Notícias - 13/04/2021

Médico e artista plástico expõe obra feita de raio-x na Igreja Presbiteriana do Butantã

Moradores e visitantes da região do Butantã têm se deparado com uma cena inusitada ao circularem a Praça Vicente Rodrigues, …

Notícias - 13/04/2021

Após reclamações, outdoors de Steven Shearer são retirados de festival em Vancouver

Uma série de sete outdoors com fotos de pessoas dormindo foi encoberta depois que os organizadores do Capture Photography Festival …

Notícias - 13/04/2021

Sotheby's e Niftygateway oferecem edição ilimitada de criptoarte

A criptoarte segue sendo assunto quente no mercado. De olho na tendência, a Sotheby’s e o site Niftygateway estão oferecendo …

Notícias - 12/04/2021

FAMA Museu lança edital para exposições no espaço

A fim de incentivar a produção artística contemporânea e valorizar a diversidade cultural por meio da multiplicidade de expressões artísticas …

Notícias - 09/04/2021

Inhotim e Arte1 firmam parceria para exibição da série Diálogos

Duas instituições voltadas para a arte acabam de se unir para disseminar conteúdos de qualidade para o público. O Instituto …

Notícias - 08/04/2021

Conheça Bruna Pessoa de Queiroz, presidente da “Usina da Arte”

Ancorada numa tradição cultural “artistocrática”, a família Pessoa de Queiroz revive desde 2015 uma antiga fábrica de cana-de-açúcar perto do …

Notícias - 08/04/2021

Galeria Nara Roesler representa o Brasil na EXPO CHGO ONLINE

Com o apoio do projeto Latitude – Platform for Brazilian Art Galleries Abroad, uma parceria da ABACT (Associação Brasileira de …

Notícias - 08/04/2021

INSTITUTO TOMIE OHTAKE ABRE AS INSCRIÇÕES PARA O 5º PRÊMIO TERRITÓRIOS

Iniciativa idealizada e coordenada pelo Instituto Tomie Ohtake, com patrocínio da Estácio e do Grupo GPS, em parceria com o …

Notícias - 07/04/2021

Conheça o jovem que saiu da Vila Vintém para defender o acesso à cultura em Boston

Como já vem sendo feito há alguns anos, a Brazil Conference at Harvard & MIT 2021, evento criado por …

Notícias - 07/04/2021

Nova galeria de arte vende obras com o tema "identidade"

Inaugurada no mês de celebração ao Dia Mundial das Mulheres, a Pequena Galeria apresenta cinco artistas mulheres de diferentes regiões …

Notícias - 06/04/2021

Obras de Antony Gormley colocadas na praia dividem opiniões

Esperava-se que incentivassem a apreciação da arte contemporânea. Mas, em vez disso, quatro esculturas de ferro de Antony Gormley parecem …

Notícias - 06/04/2021

National Gallery cria sua primeira mostra projetada para telefones celulares

A National Gallery apresentará sua primeira exposição projetada para telefones celulares, permitindo que as pessoas vivenciem com detalhes incríveis uma …