Obscenidades desesperadas de Picasso: mostra de últimos trabalhos captura um gênio ainda furioso

Esta exposição emocionante revela os anos crepusculares de Picasso em uma villa palaciana em Cannes – ultrajante, torturado e em busca da energia primitiva de sua juventude

Todos acabam perdendo o fôlego. No caso de Pablo Picasso, o processo foi demorado e ele o lutou com flashes de fúria, luxúria e inteligência. Ele obviamente não se considerava velho quando, na casa dos 70, posou de peito nu para a fotografia que aparece no início da nostálgica homenagem da Galeria Bastian a seu último estúdio, em Cannes do pós-guerra. Picasso trabalharia com a energia de sempre, até sua morte aos 91 anos, deixando uma pilha de trabalhos recentes. Mas será que o último quarto de século de sua carreira realmente acrescenta algo aos milagres que aconteceram antes?

Em 1900, como um adolescente prodígio de Málaga via Barcelona, ​​ele visitou Paris pela primeira vez e pintou cenas brilhantemente lúgubres de salões de dança e bordéis. Em 1907, ele pintou Les Demoiselles d’Avignon, incendiando séculos de arte ocidental em uma conflagração selvagem que simultaneamente inventa o cubismo e o surrealismo. Ainda estavam por vir orgias estupendas de destruição e criação e sua transformação mais inesperada de todas, de diário sensual da vida privada a pintor público da história moderna em Guernica.

Talvez ele devesse ter se aposentado depois de tais maravilhas. Em vez disso, em 1955, ele montou um estúdio em La Californie, uma mansão palaciana em Cannes. Era seu espaço de trabalho mais teatral – e talvez isso diga algo sobre seu declínio. Ele pintou Les Demoiselles em um casebre em ruínas em Montmartre, Paris e Guernica em um loft escuro na margem esquerda. Agora, aqui estava ele montando seu cavalete em um amplo espaço feito no estilo norte-africano.

L’Atelier afirma ter “reimaginado o Cannes Studio de Picasso como uma experiência imersiva dentro da galeria”, mas não faz isso com muita precisão. A Bastian Gallery em Mayfair, em Londres, é uma butique esguia que nem chega a sugerir a expansividade de La Californie. Em vez disso, tenta capturar a mistura de trabalho e casa do estúdio com potes dispostos em uma cômoda, uma cadeira de vime vazia onde Picasso poderia ter sentado contemplando suas próprias obras e exemplos das esculturas africanas que amava. Infelizmente, é tudo falso.

Uma sala em La Californie de Picasso, Cannes. Fotografia: Cortesia da Bastian Gallery

Essas peças africanas não pertenciam a ele, o que é uma prestidigitação terrível. Picasso colecionou reverentemente arte mundial e estudou-a de perto. Uma fotografia desta mostra o retrata sentado ao lado de Nevimbumbaau, um cocar figurativo da Oceania que está no Museu Picasso de Paris. Ele nunca tratou suas amadas obras de arte do Pacífico ou da África como arte “étnica” genérica, como faz esta exposição. Em uma justaposição estúpida, vemos uma escultura em madeira com chifres da Nigéria ao lado de suas impressões do Minotauro e um fauno, paralelos simplistas de feras com fúria.

Quanto a examinar seriamente o trabalho de Picasso dos anos 1950 a 1973, descobri que o programa também não faz isso. Ao longo do tempo, as obras tardias são judiciosamente apimentadas com obras-primas dos anos 1930, incluindo uma joia rara: a edição ilustrada de Picasso da comédia grega de Aristófanes, antiga greve de sexo, Lisístrata.

No entanto, essa exibição francamente enganosa é irresistível. Picasso pode ter ficado fora de moda nos círculos de vanguarda depois de 1945, mas foi quando ele se tornou uma celebridade em massa. As fotos aqui de André Villers mostram como imaginamos Picasso, o careca musculoso fã de touradas. Seus pôsteres para as corridas do sul da França também são exibidos aqui. Este é um Picasso amigo das crianças, pintando rostos malucos em pratos em uma versão cartoon de seus retratos cubistas.

Momento amigo das crianças … Placas de rosto de Picasso, 1963. Fotografia: Cortesia da Galeria Bastian

Normalmente, presume-se que Salvador Dalí foi o primeiro artista famoso, mas Picasso também sabia como casar e desfrutar a fama. A diferença era seu gênio. Duas gravuras de 1969 mostram uma mulher deitada nua, não graciosamente reclinada, mas exibindo suas coxas e o que está entre elas para seu olho insaciável. Ele desenha tudo em linhas pretas claras sem retrabalho. Você sente a velocidade, a urgência. Ela é tão sólida, tão carnal – parece incrível que um artista possa tornar alguém tão fisicamente real com apenas uma linha.

Aqui está o mistério de Picasso, como era chamado um filme da década de 1950 em que trabalhava: um mágico que pode criar novas percepções da vida a partir de um simples esboço ou transformar um prato em algo vivo. Sexo é vida para ele e, em suas últimas tentativas de atiçar a chama, há uma espécie de obscenidade desesperada. Em seu desenho de 1972, Dois Nus e Cabeças Masculinas, ele parece retornar em memória aos bordéis de Montmartre que descobriu aos 19 anos. Um homem e uma mulher nua assistem a uma exibição erótica. É algo terrível e inesquecível.

Picasso na velhice era ultrajante e um pouco patético, desempenhando o papel de veterano e criativo toureiro enquanto se torturava em seu estúdio enquanto tentava recapturar a energia primitiva de sua juventude. No entanto, talvez este seja o Picasso mais humano e inspirador de todos – um gênio que desceu de seu pedestal para falhar e lutar com o resto de nós, que ainda pode fazer arte que pode abrir seus sentidos para a vida como nenhum outro. O artista aqui não é perfeito. Ele é muito maior do que isso.

• O Atelier Picasso está na Bastian Gallery, Londres, de 3 de setembro a 31 de outubro.

Fonte e tradução: The Guardian

Compartilhar:
Notícias - 19/10/2021

Vem aí a primeira exposição de arte contemporânea nas pirâmides do Egito

Pela primeira vez na história, as pirâmides de Gizé servirão de cenário para uma exposição de arte contemporânea. Forever Is …

Notícias - 18/10/2021

17ª SP-Arte aposta em modelo híbrido

Em sua 17ª edição, a SP-Arte – Festival Internacional de Arte de São Paulo, acontece de 20 a 24 de …

Notícias - 18/10/2021

Museus de Viena estão expondo obras no site adulto OnlyFans

Em um esforço para evitar a censura por plataformas de mídia social como Instagram, Facebook e TikTok, o Conselho de …

Notícias - 15/10/2021

Ruas de São Luís recebem performances

Quando corpo e rua se encontram, muitas histórias podem ser contadas e, mais do que isso, podem ser sentidas e …

Notícias - 15/10/2021

Centro do Rio ganha novo espaço de arte

Os cariocas e o Centro do Rio de Janeiro ganham uma nova opção de cultura com conteúdo e lazer. Com …

Notícias - 12/10/2021

Projeto Latitude apoia participação de galerias brasileiras na Frieze London, FIAC Paris 2021 e SP-Arte 2021

Marcando presença em importantes feiras internacionais, cinco galerias brasileiras figurarão em dois eventos de grande prestígio no mês de outubro, …

Notícias - 12/10/2021

Leilão de fotos em NFT destinará arrecadação para ações do SOS Pantanal

Até o dia 16/10 ocorre, virtualmente, o primeiro leilão de fotos em NFT 100% beneficente para ajudar em ações de …

Notícias - 12/10/2021

Museu em Roterdã inaugura ambicioso projeto e abre sua reserva técnica para visitação

O Depot [depósito] Boijmans Van Beuningen deve abrir suas portas no dia 6 de novembro de 2021 – tornando toda …

Notícias - 08/10/2021

Sotheby's anuncia obra prima de Botticelli em leilão

 

Primeiro, em julho de 2019, houve o especulativo Retrato de um Jovem, catalogado como “No estilo de Botticelli”, que foi …

Notícias - 08/10/2021

Feira em Dubai é acusada de censurar "Davi", de Michelangelo

Uma cópia impressa em 3D do David de Michelangelo está no centro da controvérsia em Dubai, onde expositores obscureceram os …

Notícias - 06/10/2021

Descoberta versão casta da "Madonna" de Munch

Na década de 1890, a representação erótica da Madona por Edvard Munch, retratada com as mãos levantadas atrás das costas …

Notícias - 06/10/2021

Mercado de arte contemporânea se recupera com quase três bilhões em vendas no último ano

O mercado de arte contemporânea arrecadou um recorde de US $ 2,7 bilhões em vendas entre junho de 2020 e …