Na cadeia: Conheça a curiosa história do pintor que falsificava obras do Velho Mestre

Giuliano Ruffini vendeu várias pinturas dos Velhos Mestres, incluindo esta obra de Frans Hals, vendida por Mark Weiss através da Sotheby's em 2011.

Um homem ligado a um alto escândalo de falsificação do Velho Mestre, o pintor Lino Frongia, terá que esperar quatro meses até que seja tomada uma decisão sobre sua prisão e transferência para Paris, determinou o tribunal de apelação da região italiana de Emília. O pedido de transferência foi feito pelo juiz francês Aude Burési, que lidera a investigação criminal do caso de falsificação que domina o mercado de arte nos últimos quatro anos.

Em 29 de outubro, o artista, cujo nome verdadeiro é Pasquale Frongia, compareceu ao tribunal em Bolonha para contestar um mandado que levou à sua prisão em Emília em 10 de setembro. Um dia depois, ele foi libertado sob supervisão judicial. O tribunal concordou em pedir esclarecimentos à promotoria de Paris antes de tomar sua decisão em 28 de fevereiro.

Careca, magro, com bigode aparado e costeletas prateadas, Frongia, 61 anos, ficou em silêncio durante toda a audiência. Mas sua advogada, Tatiana Minchiarelli, disse que “existem elementos insuficientes para justificar um mandado de prisão europeu”. O promotor chamou a atenção para o fato de que Frongia havia recebido € 740.000 por conta suíça de Mathieu Ruffini, filho de Giuliano Ruffini, que vendeu dezenas de pinturas supostamente atribuídas a Lucas Cranach, Frans Hals, Brueghel e outros antigos mestres ao longo de várias décadas. Em maio passado, o juiz francês emitiu mandados de prisão para os dois homens que vivem na mesma região. Seus mandados também estão sendo examinados por um tribunal de Milão, que espera proferir sua decisão antes do final do ano.

O advogado de Frongia insistiu que o cliente dela só foi atraído pelo escândalo porque ele emprestou uma pintura para uma exposição no El Greco em Treviso. A obra foi apreendida em maio de 2016 por suspeita de falsificação. Na época, Frongia recebeu apoio de seu amigo e ex-ministro da cultura Vittorio Sgarbi, que alegou que o trabalho era um genuíno El Greco, que Frongia comprou na presença de Sgarbi e sob seu conselho. Apesar de um tribunal local decidir que a obra seja devolvida ao seu proprietário, o juiz francês a manteve como evidência e para exame científico. O advogado também pediu o levantamento da supervisão judicial do artista. Apesar das objeções do promotor, que citou as importantes quantias que mudaram de mãos na Suíça, o tribunal suspendeu a supervisão judicial em 31 de outubro, considerando que Frongia provavelmente não seria um risco de fuga.

Compartilhar:
De Arte a Z - 06/12/2019

MASP dedicará 2020 às histórias da dança

Todos os anos, o MASP organiza a sua programação em torno de “histórias”, noção que abarca histórias reais, fictícias, relatos …

De Arte a Z - 05/12/2019

Mostra de arte feminista é censurada e diretora de museu renuncia

Uma exposição de arte feminista no Museu Nacional de Belas Artes de Bishkek, Quirguistão, foi censurada pelo governo e resultou …

De Arte a Z - 05/12/2019

Será possível restaurar pintura milionária de De Kooning encontrada depois de 30 anos?

Após 30 anos, uma pintura roubada do expressionista abstrato Willem de Kooning ressurgiu na propriedade de um casal do Novo …

De Arte a Z - 05/12/2019

Em Madri, instalação provoca cúpula de mudança climática

Comemorando o início da Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP25), uma bandeira voa na frente do Museo Tyssen-Bornemisza …

De Arte a Z - 05/12/2019

Banana na parede com fita adesiva: o novo trabalho de Cattelan (de US$ 120 mil)

Maurizio Cattelan, o camaleão e, para dizer o mínimo, original, o artista italiano mais bem pago no mundo, volta a …

De Arte a Z - 05/12/2019

Turner Prize será dividido entre todos os quatro indicados

Os quatro indicados ao Turner Prize 2019 compartilharão o prêmio deste ano depois de pedirem coletivamente aos juízes que não …

De Arte a Z - 13/11/2019

MASP recebe prêmio pela exposição "Histórias Indígenas"

O MASP foi contemplado, neste mês, com o Sotheby’s Prize 2019, prêmio que reconhece projetos de excelência curatorial e apoia …

De Arte a Z - 07/11/2019

4ª edição da Art Weekend agita São Paulo

O Art Weekend São Paulo celebra sua 4ª edição entre os dias 8, 9 e 10 de novembro, com uma …

De Arte a Z - 07/11/2019

Novo museu dedicado a Picasso e Giacometti será aberto em Pequim

Dois dos artistas mais famosos da Europa – Picasso e Giacometti – serão alvo de um novo museu inaugurado em …

De Arte a Z - 07/11/2019

Parque de esculturas no Reino Unido fecha por problemas financeiros

Um dos principais parques de esculturas do Reino Unido fechou abruptamente. O Cass Sculpture, sem fins lucrativos, fundada há mais …

De Arte a Z - 07/11/2019

Artistas do Iraque são impedidos de entrar nos EUA para abertura de exposição

Neste fim de semana, o MoMA PS1, em Nova York, abriu o Theatre of Operations: The Gulf Wars, 1991–2011, uma …

De Arte a Z - 07/11/2019

Obra-prima de Bruegel é encontrada dividida em duas

A obra não se parecia muito com o trabalho de um velho mestre: um painel sujo quebrado limpo em dois, …