Museu Oscar Niemeyer reabre em Curitiba com três novas exposições

O Museu Oscar Niemeyer (MON) inaugura mais uma nova exposição: “A Violência sob a Delicadeza”, da artista visual Vera Martins. A mostra conta com 46 obras, entre telas e instalações, e estará em cartaz a partir do dia 31 de outubro, na Sala 2. A exposição tem o apoio da Fundação Pollock-Krasner.

Após sete meses de fechamento involuntário, o MON reabriu ao público no dia 16 de outubro, com a inauguração da exposição inédita do artista britânico Tony Cragg, que está no espaço do Olho.

Além destas duas novas mostras, estão em cartaz no MON: “Ásia: a Terra, os Homens, os Deuses – Segunda Edição”; “O Mundo Mágico dos Ningyos”; “Luz Matéria”; “África, Mãe de Todos Nós”; “Museu em Construção”; “Espaço Niemeyer”; “Cones” e obras do Pátio das Esculturas.

“Várias outras exposições serão inauguradas ao longo das próximas semanas”, explica a diretora-presidente do Museu, Juliana Vosnika. São mostras que estavam programadas para o primeiro semestre deste ano, quando o MON precisou fechar temporariamente as suas portas devido à pandemia.

 Violência e delicadeza

Juliana explica que nada no extenso e intenso trabalho da artista visual Vera Martins é óbvio. Isso inclui desde os materiais que utiliza até os processos de execução. Sua inspiração é resultante de um perspicaz olhar sobre a natureza humana, sentimentos e sensações.

“Há sempre uma mensagem forte e um sentir profundamente feminino que transforma angústias, percepções e reflexões em arte. A violência sob a delicadeza da artista é poesia pura, traduzida aqui em instalações, objetos e pinturas que o MON traz ao seu público nesta exposição”, diz Juliana.

Para a superintendente de Cultura do Paraná, Luciana Casagrande Pereira, “o trabalho muito pessoal mas, também, universal de Vera Martins abrilhanta ainda mais a reabertura do MON”.

Os curadores Agnaldo Farias e Jhon Voese explicam que, embora as obras sejam anteriores à pandemia, o processo da mostra aconteceu durante a quarentena. “Nesse período, tivemos que lidar com outros temas correlatos, como: a iminência da morte, a clausura, o medo da solidão, o valor da vida e a própria relação do ser humano com o tempo. Tudo isso está presente nas obras selecionadas”, afirmam.

O MON reabriu ao público seguindo orientações de segurança determinadas pela Secretaria de Estado da Saúde. Entre as várias medidas adotadas está o limite de pessoas para visitação nas salas expositivas e em todo o Museu, para garantir o distanciamento seguro. O material impresso, como guias e folders, foi substituído por versões digitais, disponíveis por QR codes. Mais informações sobre os novos protocolos de segurança da instituição podem ser acessados no site e nas redes sociais do Museu.

Para a exposição “Gente no MON”, do fotógrafo Dico Kremer, abertura tambem neste sábado, 31 de outubro. Realização do próprio Museu, a mostra poderá ser vista na Sala 7.

Com curadoria do professor Fernando Bini, 84 fotos foram selecionadas entre mais de 5 mil imagens de visitantes anônimos do MON entre março de 2016 e novembro de 2019.

“Apresentar esta exposição no momento de reabertura do Museu nos faz hoje refletir ainda mais – e de uma forma diferente – sobre o valor das cenas registradas por Dico”, comenta a diretora-presidente da instituição, Juliana Vosnika.

“Imagens que traduzem sentimentos, momentos singulares e valiosos para tantas pessoas nos trazem a certeza, mais do que nunca, de que nada substitui a visita presencial ao Museu”, diz.

Com mais de 50 anos de fotografia, Dico Kremer pode ser considerado um observador nato de pessoas. Sempre atento às artes, ele conta que, nos muitos anos em que viveu na Europa, foi frequentador assíduo dos principais museus de vários países e sentiu despertar o interesse pela reação dos visitantes às obras. “Teve início aí a concepção da mostra que foi concretizada pelo MON”, afirma o fotógrafo.

“Dico é um patrimônio de fotografia do Paraná. Seu olhar, sempre sensível e atento, revela muito sobre o museu e seus visitantes, mostrando o espaço como um organismo vivo”, diz a superintendente de Cultura do Paraná, Luciana Casagrande Pereira.

A exposição revela flagrantes de momentos especiais e únicos, como a impressão de alguém ao apreciar determinada obra de arte, que foram eternizados por sua câmera.

Compartilhar:
Notícias - 03/12/2021

Jeff Koons e Cicciolina voltam aos holofotes

Um artista que fez a escultura de uma serpente enrolada em uma pedra para a estrela do cinema adulto italiano …

Notícias - 03/12/2021

Lista de mais poderosos da arte contemporânea traz líder surpreendente

ERC-721, a especificação para o “token não fungível” na rede Ethereum, está em primeiro lugar no ranking anual dos mais …

Notícias - 02/12/2021

Fotografiska pretende se tornar o maior museu privado do mundo

Fotografiska, o museu sueco com fins lucrativos, está adicionando três novos locais à sua lista de unidades já existentes: além …

Notícias - 01/12/2021

Restauro de obras de arte do Metrô de São Paulo vira documentário

Em curso desde 2019 e com as primeiras etapas registradas em um documentário disponível no YouTube com aproximadamente …

Notícias - 01/12/2021

Obra icônica de Banksy vai a leilão pela Bolsa de Arte SP

Pela primeira vez, uma obra de Banksy irá a leilão na América Latina – no dia 10 de fevereiro, na …

Notícias - 30/11/2021

Inhotim recebe o Museu de Arte Negra idealizado por Abdias Nascimento

Poeta, escritor, dramaturgo, curador, artista plástico, professor universitário, pan-africanista e parlamentar, Abdias Nascimento (1914-2011), indicado oficialmente ao prêmio Nobel da …

Notícias - 30/11/2021

Museu Judaico de São Paulo é inaugurado

A partir do dia 5 de dezembro de 2021, abre para visitação o Museu Judaico de São Paulo (MUJ), espaço …

Notícias - 29/11/2021

Festival de performances abre convocatória

Festival Atos de Fala completa 10 anos e sua sexta edição – que acontece de 19 de janeiro a 02 …

Notícias - 29/11/2021

Prêmio Arcanjo de Cultura divulga indicados e retoma cerimônia presencial

Valorizar e premiar nossa cultura e seus artistas em tempos tão difíceis é a missão do Prêmio Arcanjo de Cultura, …

Notícias - 26/11/2021

Steve McCurry e a resiliência da infância em fotos

De meninas enfrentando o Mar de Sulu a crianças em idade escolar no Afeganistão, no novo livro Stories and Dreams …

Notícias - 26/11/2021

Veja resenha de nova biografia de Magritte, um homem de mistério

Ao contrário de seus contemporâneos surrealistas, René Magritte tendia a manter Freud à distância de sua obra – embora poucos artistas ofereçam …

Notícias - 26/11/2021

A 'amizade íntima' de Basquiat e Warhol é explorada em drama

A exposição prometia ser de tirar o fôlego, com os dois artistas usando luvas de boxe no pôster. Mas a ansiosamente …