Museu de Londres revela uma escultura de abelha para absorção de nitrogênio

Os benefícios terapêuticos da técnica são bem conhecidos. E agora uma escultura instalada no jardim do Museu Horniman, amigo do ambiente, no sul de Londres, oferece benefícios físicos diretos para todas as criaturas vivas nas proximidades.

Flower Girl da artista-física Jasmine Pradissitto é inteiramente feita de NoxTek, um geopolímero de cerâmica de origem sustentável que absorve a poluição de dióxido de nitrogênio do ar. A obra retrata o rosto de uma mulher adormecida emoldurada por folhas giratórias. Mas essa fêmea aparentemente passiva desempenha a função ativa adicional de ser capaz de absorver até 15% de seu próprio peso em moléculas de dióxido de nitrogênio. Quando chove, as toxinas absorvidas são lavadas como um líquido inofensivo, permitindo a ingestão contínua de poluição do ar circundante. Dado que o Horniman está situado próximo a uma das estradas mais movimentadas de Londres, esse consumo repetitivo de gasolina é uma qualidade especialmente valiosa.

The Art and Science of Saving the Bees - Celebrity Angels

“A arte é um veículo incrível de mudança”, afirma Pradissitto. Ela acrescenta que foi inspirada a fazer um trabalho que “não apenas aumentava a conscientização, mas proporcionava interação” depois de passar uma noite no hospital com seu filho que estava tendo um ataque agudo de asma.

O título completo da escultura é Flower Girl – Pois foi apenas com o suave zumbido das abelhas que ela pôde despertar , a ideia de que esta adormecida só recuperará a consciência ao ouvir o som dos outros grandes beneficiários da obra: a população de abelhas local. Pois, além de distribuir moléculas venenosas, outro subproduto desagradável do dióxido de nitrogênio é sua capacidade de mascarar o cheiro das flores, evitando assim que as abelhas encontrem seu alimento. Situado entre canteiros de flores ricos em néctar especialmente plantados e o hotel de abelhas recém-reaberto do Horniman, as propriedades de limpeza da Flower Girl estão agindo para limpar um “caminho de cheiros” e atrair uma população maior de abelhas para prosperar neste terreno até então inóspito.

Flower Girl e seus arredores amigáveis ​​às abelhas são mais uma confirmação do papel pioneiro do Horniman como uma das instituições mais ecologicamente corretas do Reino Unido. No início do ano, o museu emitiu um Manifesto Climático e Ecológico, no qual seu diretor Nick Merriman destacou que o Horniman era o único museu em Londres em que natureza e cultura podiam ser vistas juntas. Afirmou ainda que o objetivo final do manifesto era “criar um movimento para uma mudança ambiental positiva.” Agora, tanto os humanos quanto as abelhas podem respirar mais facilmente enquanto colhem outra vantagem dessa mudança em direção a um mundo mais limpo e fresco – parece que a Flower Girl vai acordar em breve.

 

Fonte e tradução: The Art Newspaper

Compartilhar:
Notícias - 27/01/2021

Exposição de Luiz Zerbini em Londres ganha tour virtual

Justapondo formas orgânicas e geométricas, as pinturas de Luiz Zerbini exploram a relação entre cor, luz e movimento. Inspirada nas …

Notícias - 27/01/2021

Lixo do Monte Everest transformado em arte?

O Monte Everest é talvez mais conhecido por alguns dos números surpreendentes associados a ele. Ele se eleva quase 30.000 …

Notícias - 26/01/2021

Christal Galeria inaugura em Recife

A Christal Galeria, novo espaço cultural do Recife, abrirá ao público no dia 28 de fevereiro, no bairro do Pina, …

Notícias - 22/01/2021

Em sincronia ao aniversário de SP, artista resgata história do bairro da Liberdade

Liberdade. Liberdade. Liberdade. Essas foram as palavras proferidas por uma multidão de pessoas pretas ao verem a corda que enforcava …

Notícias - 20/01/2021

Horrana de Kássia Santoz assume vaga de curadora na Pinacoteca

Pinacoteca do Estado de São Paulo e a Coleção Ivani e Jorge Yunes comemoram a parceria com a chegada de …

Notícias - 20/01/2021

Curso gratuito de Artes Integradas e Acessibilidade abre inscrições

Já estão abertas as inscrições para o curso Artes Integradas + Educação + Acessibilidade, do projeto Um Novo Olhar. A …

Notícias - 11/01/2021

Artista mineira Marina Amaral entra para lista da Forbes

A colorista mineira Marina Amaral entrou para a lista da Forbes dos jovens mais influentes do ano.  A Under 30 …

Notícias - 11/01/2021

Iphan e Polícia Federal resgatam material arqueológico no Acre

Na manhã do dia 5 de janeiro, uma ação conjunta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no …

Notícias - 11/01/2021

Exposição do estilista Tomo Koizumi inicia o Departamento de Moda, Design e Arquitetura da Fundação Iberê

Em 2021, a Japan House São Paulo (JHSP) vai expandir sua presença pelo Brasil, por meio de um projeto de …

Notícias - 11/01/2021

Pinacoteca de São Paulo divulga programação de 2021

 

Em 2021, a Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, …

Notícias - 28/12/2020

Os universos díspares da Rússia contemporânea pelas lentes de Serguei Maksimishin em “O Último Império”

A exposição “O Último Império – Serguei Maksimishin”, que esteve no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, entre dezembro de …

Notícias - 20/12/2020

Consciência diante do perigo: as representações do medo ao longo da História da Arte

Quando Susan Sontag fala que fotografia é sobre dor, ela fala sobre Arte. Quando Susan afirma que “fotos são um …