Museu de Arte de Baltimore reorganiza suas galerias, concentrando-se em artistas negros

Isaac Julien, Baltimore (2018)

O Museu de Arte de Baltimore anunciou uma ampla reinstalação de suas galerias de coleções contemporâneas que se concentram na produção dos artistas negros dos séculos XX e XXI. Intitulada Todos os dias: seleções da coleção, a reinstalação apresenta obras de artistas visionários como David Hammons, Joyce J. Scott, Mickalene Thomas, Kara Walker e Nari Ward, ao lado de Helen Frankenthaler, Ellsworth Kelly e Andy Warhol, entre outros.

Em exposição entre 14 de julho de 2019 até 5 de janeiro de 2020, a revisão das galerias faz parte da visão mais ampla do museu para remodelar as narrativas históricas da arte e melhor refletir a variedade e diversidade de vozes que influenciaram e influenciaram a inovação artística. Este esforço inclui alterações no acervo do museu, exposições especiais e novos programas. Todos os dias é organizada pela curadora Katy Siegel, pesquisadora sênior de programação do museu e professora de Arte Moderna da Stony Brook University, com Cecilia Wichmann, curadora associada de arte contemporânea do museu.

Todos os dias ressalta o compromisso da Museu de Arte de Baltimore em apresentar as realizações de artistas que por muito tempo foram sub-representados em nossos diálogos artísticos e culturais. Os artistas negros influenciaram profundamente o desenvolvimento da arte moderna e estão produzindo alguns dos trabalhos mais inovadores do nosso tempo. Esta instalação captura a interação estética e conceitual entre os artistas que tradicionalmente são celebrados por sua visão e trabalho e aqueles que merecem muito mais reconhecimento”, disse Christopher Bedford, diretor da instituição. A reinstalação dessas galerias será seguida pela inauguração de Generations, uma exposição especial que explorará em profundidade as contribuições de artistas negros para o desenvolvimento da arte abstrata.

Os artistas apresentados em Todos os dias são divididos em sete grupos temáticos que exploram ideias relacionadas à história, cerimônia, violência, material, gesto, forma e personalidade. Incluem-se trabalhos de Stephen Towns, Andy Warhol e Kara Walker que reimaginam a história; pinturas de Ellsworth Kelly e Franklin White, uma colagem de Howardena Pindell e gravuras de William T. Williams como parte da seção que examina a forma; Gary Simmons, Philip Guston e Melvin Edwards abordam a violência. Entre os trabalhos sobre o tema da personalidade está Planos, foguetes e espaços intermediários (2018) de Amy Sherald, o primeiro trabalho criado pela artista depois de seu atraente retrato da primeira-dama Michelle Obama e a primeira pintura dela a retratar figuras em uma paisagem ao ar livre. Além dessas obras e outras que pertencem ao museu, a exposição também é formada por obras de coleções particulares.

Fonte: Artdaily

Compartilhar:
Notícias - 21/10/2020

SESC SÃO PAULO EM NOVA ETAPA, RETOMADA GRADUAL CONTEMPLA EXPOSIÇÕES, BIBLIOTECAS E EXIBIÇÃO DE FILMES NO CINESESC

 O anúncio da aguardada Fase Verde, a penúltima e mais branda de uma  escala de cinco etapas do Plano São …

Notícias - 16/10/2020

Instituição coloca à venda pintura de David Hockney em meio a tensões financeiras

Na semana passada, a Royal Opera House de Londres anunciou planos de vender o Retrato de Sir David Webster de …

Notícias - 16/10/2020

Itáu Cultural reabre com mostras de Sandra Cinto e ocupação de Rino Levi

O Itaú Cultural (IC) retomou a partir de terça-feira (13) suas atividades presenciais. Neste momento, o público pode visitar as …

Notícias - 16/10/2020

Marina Abramović terá a primeira obra de arte de realidade mista vendida em leilão

Marina Abramović é uma das artistas contemporâneas mais conhecidas do mundo, mas muito de seu trabalho é efêmero: performances que …

Notícias - 16/10/2020

Juíza anuncia nova decisão sobre caso Inhotim e surpreende

O instituto assinou um acordo em 2016 para doar 20 obras de seu acervo ao governo, a fim de reembolsar …

Notícias - 16/10/2020

Como obras redescobertas de velhos mestres vêm de destacando em leilões com números extraordinários?

A Christie’s realizará seu leilão de Velhos Mestres durante as vendas clássicas da semana na sede do Rockefeller Center. Ao …

Notícias - 16/10/2020

Escultura de Medusa nua vira símbolo do movimento #meetoo e causa polêmica

Na maioria dos casos de violência sexual, sempre se pergunta à vítima: ‘Bom, o que você fez para provocá-lo?’ Questões …

Notícias - 16/10/2020

Famoso artista chinês desafia fronteira EUA-México para pintar e mostra processo em vídeo

Para o artista contemporâneo Liu Xiaodong, a história pessoal é a maior fonte de inspiração. Sua infância na China rural e …

Notícias - 16/10/2020

Foto impressionante de Vik Muniz é uma homenagem a um grande artista americano

Se você está familiarizado com a arte americana contemporânea, a imagem de uma estação da Standard Oil pode trazer imediatamente …

Notícias - 16/10/2020

A história de vida de Artemisia Gentileschi será tema de uma série de tv

A vida de Artemisia Gentileschi (1593-1652), a grande pintora barroca que é o tema da tão aclamada exposição da London National Gallery, será …

Notícias - 15/10/2020

Exposição na Paulista chega à sexta edição com o tema “Liberdade e Democracia”

Uma realização da União Geral dos Trabalhadores – UGT, A Exposição na Paulista traz 15 obras de 18 artistas de …

Notícias - 13/10/2020

Artistas colorem empenas em BH e marcam maior mural assinado por uma artista indígena no mundo

Em menos de duas semanas, artistas negros e indígenas pintaram empenas gigantes na capital de Minas Gerais levando resistência e afeto …