Mostra de arte feminista é censurada e diretora de museu renuncia

Zoya Falkova, Evermust (2017). Cortesia do artista.

Uma exposição de arte feminista no Museu Nacional de Belas Artes de Bishkek, Quirguistão, foi censurada pelo governo e resultou na saída da diretora da instituição.

Apelidada de “primeira Feminnale da arte contemporânea”, a mostra contou com 56 artistas de 22 países. A coletiva foi inaugurada em 25 de novembro e deve durar 17 dias – uma homenagem para as 17 mulheres que morreram em um incêndio em um armazém em Moscou em 2016, muitas das quais eram migrantes quirguizes.

Mas logo após a abertura, o governo do Quirguistão retirou várias obras da exposição, incluindo uma escultura da artista cazaque Zoya Falkova de um saco de pancadas reconfigurado como um torso feminino. As autoridades também proíbem a artista dinamarquesa Julie Savery de reproduzir um trabalho que envolvia despir-se diante do público.

O ministro da Cultura do país chamou o evento de “campanha com mulheres nuas sob a bandeira do feminismo”, explicando que uma comissão especial seria formada para revisar a “exposição escandalosa”, segundo a agência de notícias 24.kg do Quirguistão. O ministro também declarou que Mira Dzhangaracheva, diretora do museu, havia sido dispensada de suas funções.

Dzhangaracheva publicou no Facebook para explicar seu lado da história. “Eles não me demitiram” , disse ela , acrescentando que renunciou após receber ameaças de morte. Ela também respondeu com uma carta chamando o governo e o grupo nacionalista de direita Kyrk Choro, que ela acredita defender pela censura do programa. “É uma pena que tenha sido iniciado por pessoas que nunca vieram ao museu”, escreveu ela. “Aparentemente, alguém queria distrair a atenção e eles fizeram isso.”

A ex-presidente do Quirguistão, Roza Otunbayeva, ficou indignada com a censura e escreveu uma carta castigando o governo por sua resposta.

“Parem, senhores!” , Escreveu ela. “Você pode ter poder administrativo, mas há uma voz pública e solidariedade feminina. A exposição é dedicada a todos os problemas das mulheres e é dedicada ao combate à violência contra as mulheres. O que você, o Ministério da Cultura ou todo o governo, fez para resolver este problema? ”

“Isso é violência contra as mulheres”, disse um dos curadores da exposição, Altyn Kapalova. Isso é dor. Isso é medo. Artistas de todo o mundo expressam seus sentimentos, mas somos proibidos. Como sempre, eles tentam nos calar, mas não vai funcionar. A arte é sem censura.

©2019 Hyperallergic Media Inc. All Rights Reserved.

Compartilhar:
Notícias - 11/01/2021

Artista mineira Marina Amaral entra para lista da Forbes

A colorista mineira Marina Amaral entrou para a lista da Forbes dos jovens mais influentes do ano.  A Under 30 …

Notícias - 11/01/2021

Iphan e Polícia Federal resgatam material arqueológico no Acre

Na manhã do dia 5 de janeiro, uma ação conjunta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no …

Notícias - 11/01/2021

Exposição do estilista Tomo Koizumi inicia o Departamento de Moda, Design e Arquitetura da Fundação Iberê

Em 2021, a Japan House São Paulo (JHSP) vai expandir sua presença pelo Brasil, por meio de um projeto de …

Notícias - 11/01/2021

Pinacoteca de São Paulo divulga programação de 2021

 

Em 2021, a Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, …

Notícias - 28/12/2020

Os universos díspares da Rússia contemporânea pelas lentes de Serguei Maksimishin em “O Último Império”

A exposição “O Último Império – Serguei Maksimishin”, que esteve no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, entre dezembro de …

Notícias - 20/12/2020

Consciência diante do perigo: as representações do medo ao longo da História da Arte

Quando Susan Sontag fala que fotografia é sobre dor, ela fala sobre Arte. Quando Susan afirma que “fotos são um …

Notícias - 19/12/2020

São Paulo ganha mural em homenagem às comunidades indígenas afetadas pela pandemia

As Nações Unidas e a ViaQuatro, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela, em São Paulo, se unem …

Notícias - 18/12/2020

Farol Santander abre hoje mostra do artista chileno Iván Navarro

Abre hoje, 18 de dezembro, no Farol Santander São Paulo, a exposição ExFinito, primeira grande mostra individual no país do …

Notícias - 17/12/2020

Conheça os 91 projetos selecionados do Rumos Itaú Cultural 2019/2020

A Dasartes participou na última quarta-feira, 16 de dezembro, na coletiva de imprensa do Itaú Cultural, que anunciou os projetos selecionados …

Notícias - 17/12/2020

REGINA BONI ANUNCIA INAUGURAÇÃO DA GALERIA SÃO PAULO FLUTUANTE EM 2021

Para quem afrontou militares e a extrema direita em plena ditadura nos anos 60, não seria uma pandemia em escala …

Notícias - 17/12/2020

Itaú Cultural lança publicação com trabalhos de artes visuais selecionados em edital

No dia 15 de dezembro entrou no ar, no site do Itaú Cultural, www.itaucultural.org.br, uma publicação virtual que reúne as …

Notícias - 17/12/2020

CASA FIAT DE CULTURA DIVULGA SELECIONADOS PARA EXPOR NA PICCOLA GALLERIA

O 4º Programa de Seleção da Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura já tem os nomes dos artistas selecionados …