Lixo do Monte Everest transformado em arte?

O Monte Everest é talvez mais conhecido por alguns dos números surpreendentes associados a ele. Ele se eleva quase 30.000 pés acima do nível do mar, tornando-se a montanha mais alta da Terra, e atraiu milhares dos melhores escaladores do planeta, dos quais cerca de 10.000 alcançaram o cume.

E esses alpinistas deixam bastante lixo. Em 2019, o governo do Nepal anunciou que 24.200 libras de lixo – incluindo garrafas plásticas, latas, embalagens de alimentos, equipamentos e baterias, além de dejetos humanos – foram trazidos da montanha durante um projeto de limpeza de 45 dias.

A solução para muitos escaladores é queimar seus resíduos em fossas abertas. Mas isso só contribui para a poluição. Na primavera de 2019, pesquisadores testando amostras de neve e água descobriram que a montanha, que muitos consideram uma paisagem remota e intocada, está na verdade terrivelmente poluída. De acordo com um relatório publicado no jornal online One Earth, as amostras de neve de 11 áreas de altitudes variadas continham microplásticos. Três das oito amostras de água também foram contaminadas.

Como parte dos esforços para limpar a montanha, o Museu e Parque Sustentável do Himalaia organizou uma iniciativa chamada Sagarmatha Next para encontrar soluções ambientais para o problema.

O primeiro passo é a proposta de criação do Sagarmatha Next Center, um local para práticas de upcycling para transformar lixo em tesouro. Os responsáveis ​​dizem que esperam empregar artistas locais e estrangeiros para criar obras de arte a partir do lixo e vendê-las aos turistas.

“Queremos mostrar como você pode transformar resíduos sólidos em preciosas peças de arte” que podem “gerar empregos e renda”, disse o diretor do projeto, Tommy Gustafsson, à Reuters.

O plano é fazer uma pré-inauguração do centro, que incluirá uma galeria de arte, para os moradores nesta primavera.

Outra parte da iniciativa envolve pedir aos escaladores que participem de um esquema de “me carregue de volta”, no qual eles são responsáveis ​​por trazer um saco de lixo de um quilo de volta ao aeroporto de Lukla, um hub para os visitantes. De lá, o lixo será levado para Katmandu.

 

Fonte: Artnet

Compartilhar:
Notícias - 03/03/2021

Chega ao mercado a galeria de arte colaborativa GC36

Com o slogan “Arte é para todos” e “Compre de artistas vivos”, chega ao mercado, a fim de contribuir com …

Notícias - 03/03/2021

Fundação Iberê exibe documentário sobre a construção da instituição

No dia 3 de março, a Fundação Iberê lança em seu canal no Youtube (https://www.youtube.com/channel/UCx1TlUamEDhS9QUyVRDW9wA) o documentário “Mestres em Obra”, …

Notícias - 03/03/2021

Festival "Durante," abre convocatória para artistas da performance

Depois de dez edições presenciais, o festival “Durante,” acontece em formato totalmente online, reunindo, além das performances, duas mesas de …

Notícias - 02/03/2021

‘Mãos gigantes’ se unem nas ruas do Rio de Janeiro

As “mãos gigantes” – obras de mais de 2 metros de altura em fibra de vidro que ocupam 10 pontos …

Notícias - 02/03/2021

Filme reflete sobre produção de Torquato Neto como atravessamento das artes visuais

O documentário “Torquato Imagem da Incompletude”, que vai estrear no canal Curta! no dia 7 de abril, privilegia a última …

Notícias - 25/02/2021

Carlos Bracher fará retrato ao vivo e à distância com exibição online

Dando continuidade ao projeto Ateliê Casa Bracher, no dia 27 de fevereiro, o pintor mineiro Carlos Bracher fará uma pintura …

Notícias - 25/02/2021

ArtRio abre inscrições para edição 2021

A ArtRio confirma sua 11ª edição, em 2021, e abre inscrições para as galerias nacionais e internacionais que desejarem participar …

Notícias - 24/02/2021

Obras de artistas contemporâneos estão com valores especiais em ação da ABACT

A Associação Brasileira de Arte Contemporânea (ABACT) começa o ano com uma oportunidade única para colecionadores e amantes de arte …

Notícias - 24/02/2021

Obras de arte de Edvard Munch ganham novo museu em Oslo

A primavera foi uma fonte recorrente de inspiração para Edvard Munch, e agora a estação marca um começo especialmente novo …

Notícias - 24/02/2021

O Realismo Mágico em exposição do Georgia Museum of Art

Há muito obscurecido pela ascensão do expressionismo abstrato na década de 1950, o realismo mágico está em alta novamente. O …

Notícias - 24/02/2021

Desenhos não publicados de Dalí lançam luz sobre as conexões dos surrealistas com obras de antigos mestres

Uma nova pesquisa revelou uma estreita ligação entre Salvador Dalí e Leonardo da Vinci. De acordo com um relatório do …

Notícias - 23/02/2021

Série do Inhotim mostra os bastidores do restauro de obra de Hélio Oiticica

Um episódio especial da série Bastidores, do Inhotim, entrou no ar no último sábado, dia 20. Nele, você fica sabendo …