Lançada campanha para consagrar antigo estúdio de Corita Kent, a freira artista

O estúdio onde a “freira que virou artista” produziu obras coloridas e conscientes na década de 1960 poderia ser demolido

Corita Kent em sua galeria em North Hollywood Corita Art Center

Conhecida como a “freira que virou artista” e lembrada por suas serigrafias coloridas que retaliaram a injustiça social com o poder ilimitado do amor, a falecida artista Corita Kent foi uma luz da cena artística de Los Angeles na década de 1960 e é frequentemente descrita como um prenúncio de Andy Warhol. Agora, mais de três décadas após sua morte em 1986, uma campanha está em andamento para salvar seu antigo estúdio da demolição e para designar o espaço como um monumento histórico-cultural.

O prédio na Avenida Franklin 5518 é atualmente uma lavanderia que está programada para ser demolida para criar espaço para um estacionamento. O local serviu como estúdio de Kent entre 1960-68, quando ela produziu algumas de suas peças mais notáveis ​​como My People (1965), que abordou os distúrbios de Watts em Los Angeles em 1965 – um período de seis dias de agitação civil, resultando em 34 mortes que se seguiu ao espancamento policial do afro-americano Marquette Frye.

“Seu trabalho sempre veio de temas de amor, justiça e esperança”, diz Nellie Scott, a diretora do Corita Art Center, que foi criado após a morte de Kent e fica do outro lado da rua de seu antigo estúdio. “Tem havido um ressurgimento do interesse em seu trabalho agora, quando as pessoas estão cada vez mais olhando para os líderes inspiradores do passado durante os tempos difíceis.”

Corita Kent, My People, 1965 Centro de Arte Corita Kent

Kent nasceu como Frances Elizabeth Kent em Fort Dodge, Iowa, em 1918, mas passou a maior parte de sua vida em Los Angeles. Ela se juntou à ordem das Irmãs do Imaculado Coração de Maria, uma congregação católica romana progressista, em 1936 aos 18 anos. Com suas irmãs, Kent começou a fazer experiências com serigrafia como um veículo para manifestações políticas relacionadas ao Movimento dos Direitos Civis e o movimento feminista da primeira onda.

Durante seu tempo no Immaculate Heart College, Kent também se matriculou em aulas no Otis College of Art and Design e no Chouinard Art Institute, e obteve seu diploma de bacharel em história da arte pela University of Southern California em 1951. Seu trabalho durante esse tempo foi “inspirado pelo que estava acontecendo não apenas no país, mas localmente em Los Angeles; ela saiu das ruas para tocar em temas como pobreza, fome e adversidade ”, diz Scott.

Em 1968 – após uma série de conflitos com um cardeal conservador que convocou freiras para refrear suas manifestações políticas e que chamou seu trabalho de “estranho e sinistro” – Kent deixou a igreja para seguir uma carreira de artista em tempo integral e educadora de artes. Embora ela tenha se mudado para Boston no mesmo ano, suas “raízes como educadora, artista e ativista pela justiça social eram muito centralizadas em Los Angeles, e ela produziu seu trabalho mais importante aqui”, diz Scott.

Em 2018, a cidade de Los Angeles declarou o dia 20 de novembro, aniversário de Kent, como o Dia Corita Kent em homenagem a suas contribuições para a cidade (a cidade de Boston deu à artista a mesma homenagem em 2015). “Especialmente por causa desse reconhecimento recente, é importante destacar que, uma vez que seu estúdio – essa parte crítica da história – seja demolido, não podemos voltar atrás”, diz Scott.

O Corita Art Center foi estabelecido quando o Imaculado Coração de Maria recebeu a administração da propriedade e arquivo de Kent, que abrange mais de 30 mil peças. Os organizadores esperam que sua proposta de impedir a demolição de seu estúdio “ajude a preservar este valioso espaço que não é apenas um marco, mas pode ser um motor cultural e econômico para a comunidade”, diz Scott.

Estúdio de Corita Kent na década de 1960 Centro de Arte Corita Kent

A campanha ainda está nos estágios iniciais, mas os organizadores esperam se envolver em uma reunião do conselho de zoneamento nas próximas semanas e receber “um apoio incrível da comunidade”, diz Scott, incluindo muitas cartas de apoio de ex-alunos e contemporâneos de Kent. Os organizadores estão fazendo uma petição específica ao membro do Conselho Municipal de Los Angeles, Mitch O’Farrell, que representa o 13º distrito, onde o antigo estúdio está localizado, e lançaram um site pedindo ao público que se junte a eles.

“Quando você tem um artista notável que compartilha tanto de si mesmo com o mundo, há um efeito cascata nessa energia”, diz Scott. “Amor, esperança, justiça – que coisa linda de se fazer parte.”

Fonte e tradução: The Art Newspapper

Compartilhar:
Notícias - 20/01/2021

Horrana de Kássia Santoz assume vaga de curadora na Pinacoteca

Pinacoteca do Estado de São Paulo e a Coleção Ivani e Jorge Yunes comemoram a parceria com a chegada de …

Notícias - 20/01/2021

Curso gratuito de Artes Integradas e Acessibilidade abre inscrições

Já estão abertas as inscrições para o curso Artes Integradas + Educação + Acessibilidade, do projeto Um Novo Olhar. A …

Notícias - 11/01/2021

Artista mineira Marina Amaral entra para lista da Forbes

A colorista mineira Marina Amaral entrou para a lista da Forbes dos jovens mais influentes do ano.  A Under 30 …

Notícias - 11/01/2021

Iphan e Polícia Federal resgatam material arqueológico no Acre

Na manhã do dia 5 de janeiro, uma ação conjunta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no …

Notícias - 11/01/2021

Exposição do estilista Tomo Koizumi inicia o Departamento de Moda, Design e Arquitetura da Fundação Iberê

Em 2021, a Japan House São Paulo (JHSP) vai expandir sua presença pelo Brasil, por meio de um projeto de …

Notícias - 11/01/2021

Pinacoteca de São Paulo divulga programação de 2021

 

Em 2021, a Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, …

Notícias - 28/12/2020

Os universos díspares da Rússia contemporânea pelas lentes de Serguei Maksimishin em “O Último Império”

A exposição “O Último Império – Serguei Maksimishin”, que esteve no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, entre dezembro de …

Notícias - 20/12/2020

Consciência diante do perigo: as representações do medo ao longo da História da Arte

Quando Susan Sontag fala que fotografia é sobre dor, ela fala sobre Arte. Quando Susan afirma que “fotos são um …

Notícias - 19/12/2020

São Paulo ganha mural em homenagem às comunidades indígenas afetadas pela pandemia

As Nações Unidas e a ViaQuatro, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela, em São Paulo, se unem …

Notícias - 18/12/2020

Farol Santander abre hoje mostra do artista chileno Iván Navarro

Abre hoje, 18 de dezembro, no Farol Santander São Paulo, a exposição ExFinito, primeira grande mostra individual no país do …

Notícias - 17/12/2020

Conheça os 91 projetos selecionados do Rumos Itaú Cultural 2019/2020

A Dasartes participou na última quarta-feira, 16 de dezembro, na coletiva de imprensa do Itaú Cultural, que anunciou os projetos selecionados …

Notícias - 17/12/2020

REGINA BONI ANUNCIA INAUGURAÇÃO DA GALERIA SÃO PAULO FLUTUANTE EM 2021

Para quem afrontou militares e a extrema direita em plena ditadura nos anos 60, não seria uma pandemia em escala …