KAWS lança esculturas virtuais gigantes de realidade aumentada em 11 cidades

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em São Paulo, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

O artista também está abrindo novos caminhos para a comercialização de obras de arte de RA.

Isso é um pássaro? É um avião? Ou é … uma escultura de realidade aumentada do KAWS?

O artista de rua que se tornou queridinho do mercado, cujo nome verdadeiro é Brian Donnelly, está mergulhando no mundo da arte digital com um projeto de arte AR que trará versões virtuais de sua obra de marca registrada “Companion” para 11 cidades ao redor do mundo.

O artista fez uma parceria com a produtora de RV e RA, Acute Art, no projeto, que inclui uma exposição pública de uma dúzia de esculturas monumentais de realidade aumentada – bem como a disponibilidade de duas edições de escultura de RA disponíveis para compra no novo aplicativo da Acute Art.

“Quando percebi a qualidade que poderia ser alcançada e experimentada em RA, fui imediatamente atraído por seu potencial”, afirmou o KAWS em comunicado. “Eu tenho criado objetos e exibido obras em espaços públicos ao longo da minha carreira, e isso me permite expandir isso em uma dimensão totalmente nova. As possibilidades de localização e escala são infinitas, e estou animado para iniciar um novo diálogo neste meio.”

A exposição pública, intitulada “COMPANION (EXPANDED)”, ocorrerá por duas semanas, de 12 a 26 de março, em cidades como Nova York, Catar e Tóquio. As esculturas – que apresentam a figura companheira do KAWS flutuando no céu, cobrindo seu rosto – serão visíveis no aplicativo da Acute Art, que é gratuito para download.

A iniciativa também possui um componente comercial que poderia estabelecer um precedente sobre como comercializar a arte RA. KAWS está oferecendo várias maneiras de comprar uma parte do projeto. A primeira é uma edição, chamada “COMPANION (EXPANDED)”, de 25 esculturas de AR com quase um metro e meio de altura que estarão disponíveis para compra por US$ 10.000 no site da Acute Art. Os colecionadores poderão colocar as esculturas onde quiserem usando o aplicativo e podem optar por mantê-las em sigilo ou torná-las visíveis ao público para outras pessoas que o usam.

O segundo elemento colecionável, chamado “NESTE MOMENTO (EXPANDIDO)”, apresenta um modelo alternativo para comercializar esse tipo de arte. É uma edição aberta de esculturas de AR de 1,5 metro de altura que estão disponíveis em três cores e podem ser compradas no aplicativo por um período de sete ou 30 dias por vez. O preço será de US$ 6,99 para uma escultura por sete dias ou US$ 29,99 para as três esculturas por 30 dias.

O executivo-chefe da Acute Art, Jacob de Geer, diz que o KAWS é o artista “perfeito” para lançar o aplicativo Acute Art por causa de sua base de fãs global leal. “Suas edições demonstram que as obras de arte no espaço virtual podem ser tão preciosas e procuradas quanto as de nosso ambiente físico”, diz Geer.

As obras de AR também podem ser trocadas e revendidas “com o apertar de um botão”, observa ele, pelo preço que o proprietário escolher (embora uma comissão de 30% seja aplicada, dividida igualmente entre o vendedor e o comprador).

Embora o KAWS seja um artista que muitos no mundo da arte gostam de odiar, o ambicioso projeto fornece um modelo para vender e comercializar obras de arte de AR, e a exposição oferece um modelo ecológico para a arte pública que acaba com a necessidade de transporte e viagem.

As esculturas públicas serão exibidas no aplicativo Acute Art nos seguintes locais, entre 12 e 26 de março. Veja uma prévia de cada instalação abaixo.

Doha (MIA Park – Museu de Arte Islâmica), Catar 

Hong Kong (roda de observação), Hong Kong 

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em Hong Kong, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em Hong Kong, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

Londres (Millennium Bridge), Reino Unido 

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em Londres, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em Londres, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

Melbourne (Galeria Nacional de Victoria), Austrália 

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em Melbourne, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em Melbourne, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

Nova York (Brooklyn Museum), EUA 

KAWS, COMPANION (EXPANDIDO) no Brooklyn, Nova York, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

KAWS, COMPANION (EXPANDIDO) no Brooklyn, Nova York, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

Nova Iorque (Times Square), EUA

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em Times Square, Nova York, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em Times Square, Nova York, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

 

Paris (pirâmide do Louvre), França

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em Paris, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em Paris, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

 

São Paulo (Parque Ibirapuera), Brasil 

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em São Paulo, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em São Paulo, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

Seul (Dongdaemun Design Plaza), Coréia 

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em Seul, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em Seul, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

Taipei (Salão Memorial Nacional Chiang Kai-shek), Taiwan 

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em Taipei, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em Taipei, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

Tanzânia (Parque Nacional Serengeti) 

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em Serengeti, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em Serengeti, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

Tóquio (Shibuya Crossing), Japão

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em Tóquio, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

KAWS, COMPANHEIRO (EXPANDIDO) em Tóquio, 2020, realidade aumentada. Cortesia: KAWS e Agute Art.

Fonte e tradução: Artnet news

Compartilhar:
Notícias - 30/07/2021

Artefatos indígenas falsos estão sendo vendidos por museus e galerias canadenses

Um negociante canadense admitiu vender arte indígena fraudulenta a várias lojas de museus e outras empresas de arte na Colúmbia …

Notícias - 30/07/2021

Em chamas: Trágedia atinge a história da Cinemateca Brasileira

Na noite de quinta-feira, 29 de julho de 2021, a Cinemateca Brasileira foi engolida pelas chamas na zona oeste de …

Notícias - 29/07/2021

road-movie de Lúcia Murat investiga artistas latinoamericanas

Livremente inspirado na peça “Há mais futuro que passado” o road-movie “Ana. Sem Título”, da diretora Lúcia Murat (“Praça Paris”, …

Notícias - 29/07/2021

Conheça alguns dos artistas já definidos para a Bienal de Veneza

O fluxo de e-mails anunciando quais artistas estão representando seus respectivos países na Bienal de Veneza de 2022 tem sido …

Notícias - 29/07/2021

Galeria Marília Razuk exibe projeto a partir de diálogo entre artistas

Trazer ao público o processo de uma exposição que se desdobra no espaço e no tempo por meio de módulos …

Notícias - 29/07/2021

Prêmio PIPA anuncia Exposição dos Vencedores de 2020

Com uma trajetória de mais de dez anos no cenário da arte contemporânea, o Prêmio PIPA, uma iniciativa do Instituto …

Notícias - 28/07/2021

Sesc São Paulo promove exposição com obras de artistas indígenas

Encontros Ameríndios, exposição que entra em cartaz no Sesc Vila Mariana a partir do dia 31 de julho, traz um …

Notícias - 27/07/2021

Galeria Arte132 abre em São Paulo com exposição de Alex Flemming

Com foco na produção artística brasileira, a Arte132, galeria comandada por Telmo Porto abre suas portas em Moema, zona sul …

Notícias - 27/07/2021

Conheça os artistas e as obras da abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio

Enquanto a estrela do tênis japonesa Naomi Osaka carregava a tocha olímpica escada acima durante a cerimônia de abertura dos …

Notícias - 27/07/2021

Instituto Artium abre as portas em São Paulo

O Instituto Artium, entidade cultural sem fins lucrativos, fundada em 2019, abre as portas para o público com exposição coletiva …

Notícias - 22/07/2021

Instituições anunciam iniciativa colaborativa para o mundo da arte no combate às mudanças climáticas

Os lobistas da indústria das artes Gallery Climate Coalition (GCC), a casa de leilões global Christie’s (membro do GCC) e …

Notícias - 22/07/2021

Louvre aciona advogados por reconstituições pornográficas de obra

O Pornhub parece realmente empenhado em trabalhar com a História da Arte. Depois de oferecer espécies de “visitas guiadas” por …