Juíza anuncia nova decisão sobre caso Inhotim e surpreende

O instituto assinou um acordo em 2016 para doar 20 obras de seu acervo ao governo, a fim de reembolsar a dívida tributária de R$ 110 milhões de Bernardo Paz para lavagem de doações

O magnata brasileiro da mineração e colecionador de arte Bernardo Paz, fundador do Instituto Inhotim em Minas Gerais, não terá permissão para usar obras de sua coleção para subsidiar os mais de US$ 110 milhões que sua ex-mineradora de minério de ferro, Itaminas, deve ao estado de Minas Gerais.

A juíza Bárbara Heliodora Quaresma Bomfim anunciou a decisão no dia 8 de outubro, afirmando que o acordo, que foi aprovado por Bernardo Paz e pelo Estado de Minas Gerais em 2016, é “ilegal e nulo e sem efeito” por não priorizar o interesse público. As obras são “inseparáveis ​​da propriedade privada”, afirma.

Entre as obras do acervo de Inhotim a serem confiscadas ao governo de Minas Gerais estão obras dos artistas brasileiros Cildo Meireles, Amílcar de Castro e Adriana Varejão, ex-mulher de Paz, além de obras de artistas americanos como Matthew Barney, Chris Burden e Doug Aitken, que são exibidas no centro de arte do colecionado de 5.000 acres na região de Brumadinho-MG.

A arrecadação de 20 obras de arte foi estimada em mais de quatro vezes a dívida que a Itaminas tem em impostos depois que Paz foi condenado a nove anos por lavagem de R$ 98,5 milhões em doações ao Inhotim entre 2007 e 2008 para custear as despesas da empresa. O montante da dívida aumentou gradualmente desde o veredicto devido às leis fiscais.

Paz fundou o centro de artes panorâmicas e jardim botânico em 2006 e foi presidente de seu conselho até novembro de 2017. Ele foi substituído pelo economista Ricardo Gazel, que disse ao The Art Newspaper em 2018 que o museu estava passando pelo “desafiador processo de tentativa de separação de Paz e Inhotim aos nossos parceiros e à mídia ”, mas que a maioria dos visitantes“ apreciou o parque pelo que é”.

Na época, vários artistas, entre eles o escultor americano John Ahearn, o artista Dan Graham e o artista brasileiro Delson Uchôa, também falaram ao The Art Newspaper sobre suas experiências mistas de trabalho com Inhotim e com Bernardo Paz; Uchôa comparou o centro de arte a uma “fruta doce com raízes amargas”.

O agora anulado acordo de reembolso foi fechado pouco antes da renúncia de Paz do conselho de Inhotim, quando o governo de Minas Gerais, que valoriza o centro de arte como bem turístico e cultural, anunciou que as obras seriam transferidas para o governo, mas não seriam vendidas ou retiradas da instituição. Pelo acordo, Inhotim manteria a administração das obras, algumas das quais específicas para o local, levantando questões sobre como o governo poderia lucrar com o negócio.

Depois de anos apelando de sua condenação, Paz e sua irmã, que também estava envolvida no veredicto inicial, foram absolvidos das acusações de lavagem de dinheiro em fevereiro de 2018 por um tribunal federal brasileiro. Em declaração ao The Art Newspaper no início deste ano, Paz disse que estava “feliz que a verdade fosse revelada” e que esperava concentrar sua atenção “exclusivamente nas minhas empresas e na arte, que é o que realmente importa para mim”. A Itaminas, no entanto, continua envolvida no contencioso em andamento.

Fonte e tradução: The Art Newspaper

Compartilhar:
Notícias - 10/05/2021

Sesc São Paulo retoma visitação presencial a dez exposições

Em conformidade com os protocolos de segurança do estado e de cada município, o Sesc São Paulo retoma algumas atividades …

Notícias - 10/05/2021

Conheça Chakaia Booker e seu trabalho com pneus

O estúdio de Chakaia Booker não tem aquecedor, o telhado vaza e às vezes entram esquilos. Seu piso é arranhado …

Notícias - 10/05/2021

Análise das cartas de Van Gogh revela novos detalhes sobre pinturas

A primeira exposição a explorar os olivais de Vicente tem novas datas. A mostra no Museu Van Gogh de Amsterdã …

Notícias - 07/05/2021

Lista de finalistas do Turner Prize é composta inteiramente por coletivos com engajamento social

Em um ano marcado por dificuldades sem precedentes, colaboração e solidariedade são os temas subjacentes ao Turner Prize deste ano …

Notícias - 07/05/2021

Três coisas que você talvez não saiba sobre "The Child’s Bath", de Mary Cassatt

Quando o Dia das Mães foi proposto como feriado em 1913, a artista franco-americana Mary Cassatt não gostou muito da …

Notícias - 07/05/2021

Galerias brasileiras participam de feiras em Nova York

Em maio a cidade de Nova Iorque abriga algumas feiras de arte contemporânea, como a Frieze New York e a …

Notícias - 06/05/2021

Bienal de Arte Paiz tem início na Guatemala

Intitulada Lost. In Between. Together, pela primeira vez em sua história, a Bienal de Arte Paiz será inteiramente voltada para …

Notícias - 06/05/2021

OCUPAÇÃO IMAGÉTICA SELECIONA ARTISTAS DE REGIÕES PERIFÉRICAS DE SÃO PAULO E ABCD

“Entranhamentos” será uma exposição baseada no conceito de ocupação imagética, cujo principal objetivo é investigar novas possibilidades de exibição e …

Notícias - 06/05/2021

MASP anuncia Hanayrá Negreiros como nova curadora adjunta de moda

O Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP) anuncia Hanayrá Negreiros como nova curadora adjunta de moda. Negreiros …

Notícias - 30/04/2021

Pacaembu terá feira de arte em parceria com galerias

São Paulo vai ganhar uma nova Feira de Arte, num dos locais mais icônicos da cidade, o Complexo Esportivo do …

Notícias - 30/04/2021

Panorama Raft inicia chamada pública de projetos liderados por artistas de todo o Brasil

O Festival Panorama, um dos principais eventos artísticos do Brasil, lançou este ano o Panorama Jangada, um projeto criado no …

Notícias - 30/04/2021

inscrições abertas para o 4º PRÊMIO DE DESIGN INSTITUTO TOMIE OHTAKE LEROY MERLIN

Estão abertas as inscrições do 4º PRÊMIO DE DESIGN INSTITUTO TOMIE OHTAKE LEROY MERLIN, voltado a universitários e recém-formados de …