Inhotim inaugura novas obras e exposições

Mathew Barney

A partir do próximo sábado, dia 9/11, o Instituto Inhotim, em Brumadinho, traz novidades ao público: a maior obra já construída de Robert Irwin, localizada em uma nova área aberta à visitação; a exposição “Visão Geral”, com artistas contemporâneos brasileiros na Galeria Mata; uma instalação de Gisela Motta, Leandro Lima e Claudia Andujar; e um novo jardim poético, o maior do Inhotim.

Em concreto, aço inox e vidro artesanal, a nova obra permanente de Robert Irwin tem 6,3 metros de altura por 14,6 metros de diâmetro. Ficará no ponto mais alto do terreno da instituição, próximo ao Beam Drop, de Chris Burden, em uma área que até então não era acessível aos visitantes – um bônus é a vista deslumbrante para a Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN). O conceito traz mais uma experiência multissensorial no Inhotim, uma vez que o público pode, literalmente, imergir na obra do artista. “A obra é sobre a experiência. É um ambiente, um trabalho que explora percepções, mas também tem uma materialidade substancial. É uma escultura mais material do que a maior parte dos trabalhos que Irwin já fez”, ressalta o curador chefe e diretor artístico do Inhotim, Allan Schwartzman.

Na Galeria Mata, uma das quatro temporárias do Inhotim, estreia a exposição coletiva de artistas brasileiros, “Visão Geral”. A proposta é expor e provocar o debate de questões da escultura contemporânea, como abstração, tridimensionalidade e ressignificação de objetos do cotidiano. Entre as obras, estão Mix (Boom), de Alexandre da Cunha; Barril de petróleo; de Iran do Espírito Santo; e Seção diagonal, de Marcius Galan.

Alexandre da Cunha, Vistas
Foto: Edouard Fraipont

Outra novidade importante é a instalação Yano-a, de Gisela Motta, Leandro Lima e Claudia Andujar, que ficará na galeria da artista no Instituto. O trabalho foi desenvolvido a partir da apropriação de uma fotografia em preto e branco de uma maloca Yanomâmi incendiada, feita em 1976 por Claudia.
“Em Yano-a, os artistas partem da fotografia para reativar a imagem, e o fazem por meio de um maquinário com projeções, filtro, ventilador e água. O resultado é uma projeção onde a maloca indígena parece estar sempre em chamas devido à trepidação da água, atualizando e reforçando as questões urgentes apontadas por Claudia nos anos 70”, descreve o curador associado do Inhotim, Douglas de Freitas.

Reinauguração

Três obras icônicas para o Inhotim e para a arte contemporânea mundial serão reabertas ao público, após um processo minucioso de restauro. Está de volta aos olhares impressionados dos visitantes De lama lâmina, de Matthew Barney. Após dez anos de exibição, a obra foi restaurada pela equipe técnica do Inhotim, com acompanhamento da equipe do artista, que realizou diversas visitas ao Instituto.

“Os restauros são um processo de suma importância para todas as instituições museais. Refletem o zelo e o cuidado da entidade com suas obras, e seu respeito aos artistas, ao patrimônio cultural, ao público, e à memória de nosso tempo. Para o desenvolvimento desse trabalho, fizemos investimentos importantes, produtos de patrocínios e apoios, que são uma busca constante no Inhotim, e em qualquer instituição cultural deste nível, no mundo”, salienta Renata Bittencourt, diretora executiva do Inhotim.

Também serão reabertas a Galeria True Rouge, de Tunga, e a obra Narcissus Garden Inhotim, de Yayoi Kusama, cujos restauros arquitetônicos e nas obras de arte garantem a melhor fruição possível para público.

Projeto Robert Irwin

Compartilhar:
De Arte a Z - 06/12/2019

MASP dedicará 2020 às histórias da dança

Todos os anos, o MASP organiza a sua programação em torno de “histórias”, noção que abarca histórias reais, fictícias, relatos …

De Arte a Z - 05/12/2019

Mostra de arte feminista é censurada e diretora de museu renuncia

Uma exposição de arte feminista no Museu Nacional de Belas Artes de Bishkek, Quirguistão, foi censurada pelo governo e resultou …

De Arte a Z - 05/12/2019

Será possível restaurar pintura milionária de De Kooning encontrada depois de 30 anos?

Após 30 anos, uma pintura roubada do expressionista abstrato Willem de Kooning ressurgiu na propriedade de um casal do Novo …

De Arte a Z - 05/12/2019

Em Madri, instalação provoca cúpula de mudança climática

Comemorando o início da Conferência das Nações Unidas sobre Mudança Climática (COP25), uma bandeira voa na frente do Museo Tyssen-Bornemisza …

De Arte a Z - 05/12/2019

Banana na parede com fita adesiva: o novo trabalho de Cattelan (de US$ 120 mil)

Maurizio Cattelan, o camaleão e, para dizer o mínimo, original, o artista italiano mais bem pago no mundo, volta a …

De Arte a Z - 05/12/2019

Turner Prize será dividido entre todos os quatro indicados

Os quatro indicados ao Turner Prize 2019 compartilharão o prêmio deste ano depois de pedirem coletivamente aos juízes que não …

De Arte a Z - 13/11/2019

MASP recebe prêmio pela exposição "Histórias Indígenas"

O MASP foi contemplado, neste mês, com o Sotheby’s Prize 2019, prêmio que reconhece projetos de excelência curatorial e apoia …

De Arte a Z - 07/11/2019

4ª edição da Art Weekend agita São Paulo

O Art Weekend São Paulo celebra sua 4ª edição entre os dias 8, 9 e 10 de novembro, com uma …

De Arte a Z - 07/11/2019

Novo museu dedicado a Picasso e Giacometti será aberto em Pequim

Dois dos artistas mais famosos da Europa – Picasso e Giacometti – serão alvo de um novo museu inaugurado em …

De Arte a Z - 07/11/2019

Parque de esculturas no Reino Unido fecha por problemas financeiros

Um dos principais parques de esculturas do Reino Unido fechou abruptamente. O Cass Sculpture, sem fins lucrativos, fundada há mais …

De Arte a Z - 07/11/2019

Artistas do Iraque são impedidos de entrar nos EUA para abertura de exposição

Neste fim de semana, o MoMA PS1, em Nova York, abriu o Theatre of Operations: The Gulf Wars, 1991–2011, uma …

De Arte a Z - 07/11/2019

Obra-prima de Bruegel é encontrada dividida em duas

A obra não se parecia muito com o trabalho de um velho mestre: um painel sujo quebrado limpo em dois, …