Incêndios na Amazônia destruíram raras obras pré-históricas da arte rupestre boliviana

Arte rupestre em Vallegrande em Santa Cruz, Bolívia. Foto cortesia da Sociedade Boliviana de Pesquisa em Arte Rupestre.

Não é apenas a Amazônia brasileira que está pegando fogo. A Bolívia Oriental também está sendo devastada por incêndios florestais, que assolaram florestas, pradarias e, os arqueólogos acabaram de anunciar, raros locais de arte rupestre antiga em Santa Cruz, que foram destruídos nas chamas de uma semana.

“Acreditamos que o dano é grande e amplo em termos de nossa herança da arte rupestre”, disse Danilo Drakic, arqueólogo-chefe da região, à Agence France Presse. Na cidade oriental de Robore, “uma camada escura de fuligem cobriu todas as pinturas” e o calor das chamas “fez com que as pedras se quebrassem, até desmoronassem”.

Santa Cruz possui numerosos exemplos de arte rupestre antiga, com pinturas e gravuras que datam de milhares de anos. Em maio de 2017, funcionários do governo declararam Robore, lar de gravuras criadas por volta de 1.500 aC, a “capital departamental da arte rupestre”.

A Sociedade de Investigação da Arte Rupestre da Bolívia , fundada em 1987 para investigar e documentar os muitos petroglifos e pinturas rupestres do país, manifestou preocupação com a arte rupestre de Robore, solicitando no Facebook uma atualização de status sobre os efeitos dos incêndios na arte antiga.

Pelo menos alguns sítios arqueológicos escaparam ilesos até agora, com um relatório da CNN Español mostrando pinturas rupestres intactas no El Parque el Manantial. No entanto, os arqueólogos não saberão conhecer toda a extensão dos danos até que os incêndios tenham sido extintos.

Os incêndios florestais em 2019 no país começaram em maio e tiveram um forte aumento em agosto. Estimativas conservadoras dizem que os incêndios destruíram 3,2 milhões de acres de florestas e pastagens bolivianas até agora, e o risco para o patrimônio cultural boliviano continua a crescer.

Segundo o ministério da cultura da Bolívia, os incêndios também representam um risco significativo para o Patrimônio Mundial da UNESCO nas Missões Jesuítas de Chiquitos , assentamentos religiosos construídos pela ordem nos séculos XVII e XVIII.

Fonte: Artnet news

Compartilhar:
Notícias - 22/01/2021

Em sincronia ao aniversário de SP, artista resgata história do bairro da Liberdade

Liberdade. Liberdade. Liberdade. Essas foram as palavras proferidas por uma multidão de pessoas pretas ao verem a corda que enforcava …

Notícias - 20/01/2021

Horrana de Kássia Santoz assume vaga de curadora na Pinacoteca

Pinacoteca do Estado de São Paulo e a Coleção Ivani e Jorge Yunes comemoram a parceria com a chegada de …

Notícias - 20/01/2021

Curso gratuito de Artes Integradas e Acessibilidade abre inscrições

Já estão abertas as inscrições para o curso Artes Integradas + Educação + Acessibilidade, do projeto Um Novo Olhar. A …

Notícias - 11/01/2021

Artista mineira Marina Amaral entra para lista da Forbes

A colorista mineira Marina Amaral entrou para a lista da Forbes dos jovens mais influentes do ano.  A Under 30 …

Notícias - 11/01/2021

Iphan e Polícia Federal resgatam material arqueológico no Acre

Na manhã do dia 5 de janeiro, uma ação conjunta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no …

Notícias - 11/01/2021

Exposição do estilista Tomo Koizumi inicia o Departamento de Moda, Design e Arquitetura da Fundação Iberê

Em 2021, a Japan House São Paulo (JHSP) vai expandir sua presença pelo Brasil, por meio de um projeto de …

Notícias - 11/01/2021

Pinacoteca de São Paulo divulga programação de 2021

 

Em 2021, a Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, …

Notícias - 28/12/2020

Os universos díspares da Rússia contemporânea pelas lentes de Serguei Maksimishin em “O Último Império”

A exposição “O Último Império – Serguei Maksimishin”, que esteve no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, entre dezembro de …

Notícias - 20/12/2020

Consciência diante do perigo: as representações do medo ao longo da História da Arte

Quando Susan Sontag fala que fotografia é sobre dor, ela fala sobre Arte. Quando Susan afirma que “fotos são um …

Notícias - 19/12/2020

São Paulo ganha mural em homenagem às comunidades indígenas afetadas pela pandemia

As Nações Unidas e a ViaQuatro, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela, em São Paulo, se unem …

Notícias - 18/12/2020

Farol Santander abre hoje mostra do artista chileno Iván Navarro

Abre hoje, 18 de dezembro, no Farol Santander São Paulo, a exposição ExFinito, primeira grande mostra individual no país do …

Notícias - 17/12/2020

Conheça os 91 projetos selecionados do Rumos Itaú Cultural 2019/2020

A Dasartes participou na última quarta-feira, 16 de dezembro, na coletiva de imprensa do Itaú Cultural, que anunciou os projetos selecionados …