Icônica obra de Banksy que se autodestruiu volta a leilão – quatro vezes mais cara!

Banksy, Love Is In The Bin | FOTO: Cortesia Sotheby’s

Já se passaram quase três anos desde que o artista anônimo Banksy capturou as manchetes em todo o mundo quando uma de suas imagens mais famosas, uma garota com um balão, se autodestruiu na sala de leilões da Sotheby’s em Londres, momentos depois de ser vendida por US $ 1,4 milhão.

Durante a agora lendária venda, a imagem começou a deslizar por um triturador embutido secretamente na parte inferior da moldura segundos depois que o martelo desceu. Em meio a vídeos virais e intenso debate sobre o ato em si e se a Sotheby’s estava “envolvida”, a pintura foi rebatizada por Banksy como uma obra de 2018 chamada Love is in the Bin, e também reautenticada com um novo certificado. Na época, a Sotheby’s revelou que a compradora, uma cliente de longa data, concordou em mantê-la e colocá-la em exibição. E agora ela esta de volta!

A Sotheby’s revelou hoje que a obra está fazendo uma nova aparição no leilão de 14 de outubro em New Bond Street. E parece que a trituração – que a casa classificou como “a primeira obra da história criada durante um leilão ao vivo” – foi um gesto muito caro.

A pintura agora carrega uma estimativa de £ 4 milhões a £ 6 milhões, o que, nas taxas de câmbio atuais, chega a US $ 5,5 milhões a US $ 8,3 milhões. Portanto, se a obra atingir até mesmo o preço mínimo pedido no leilão, isso ainda contará como quase o quádruplo do preço anterior.

Banksy escreveu em um post no Instagram de 2018 no momento da venda: “Algumas pessoas acham que não estragou de verdade. Sim, sim. Algumas pessoas pensam que a casa de leilões estava envolvida, mas não”. A obra “nasceu do acontecimento artístico mais espetacular do século 21”, disse o diretor sênior e presidente de arte moderna e contemporânea da Sotheby’s, Alex Branczik, em um comunicado. Quando a obra se autodestruiu na sala , “Banksy gerou uma sensação global que desde então se tornou um fenômeno cultural. Durante aquela noite memorável, Banksy não destruiu uma obra de arte ao retalhá-la, mas, em vez disso, criou uma”.

Branczik acrescentou que a obra é “considerada herdeira de um legado venerado de arte anti-establishment que começou com o DADA e Marcel Duchamp há mais de um século”.

Love is in the Bin estará em exibição pública a partir de 4 de setembro ao meio-dia para uma prévia especial em Londres, antes de partir em uma turnê global para Hong Kong, Taipei, Nova York e de volta para New Bond Street mais uma vez.

Compartilhar:
Notícias - 19/01/2022

Vem aí a mostra imersiva da Monalisa

Duas das mais renomadas instituições culturais de Paris, o Louvre e o Grand Palais, estão se unindo para apresentar uma …

Notícias - 19/01/2022

Marc Pottier assume curadoria da Usina de Arte

Colunista da Dasartes (Leia as colunas clicando aqui), Marc Pottier assume a curadoria da Usina de Arte, em Ponte preta. …

Notícias - 18/01/2022

EM 2022, MASP TRAZ NOVO OLHAR SOBRE AS NARRATIVAS DO BRASIL

O bicentenário da Independência do Brasil é umas das datas mais emblemáticas do calendário nacional em 2022 e será o …

Notícias - 17/01/2022

Urban Arts inaugura galeria em Ribeirão Preto

Referência no mercado de artes decorativas, a Urban Arts chega à Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, expoente de …

Notícias - 14/01/2022

Obra de René Magritte pode render US$ 60 milhões em leilão

Uma pintura surrealista clássica de René Magritte, que nunca foi vendida antes, foi revelada como um dos prováveis ​​sucessos de …

Notícias - 14/01/2022

Brasileiro participa de exposição de arte digital no Cairo

O Museu Nacional da Civilização Egípcia (The National Museum of Egyptian Civilization) sediará a edição inaugural do Fórum Mundial de …

Notícias - 14/01/2022

Seattle ganha o primeiro museu dedicado à NFT

A arte que não existe fisicamente ainda pode ser exibida em um museu? Aparentemente sim. Um novo museu em Seattle, …

Notícias - 12/01/2022

Boate no México leva obra de Banksy para a pista de dança

No Banksy Social Club, em Mazatlan, México, você entra pela loja de presentes. Lá, em meio a fumaça e neon, …

Notícias - 30/12/2021

Danielian Galeria passa a ter 100% dos negócios registrados como NFTs

A Danielian Galeria, já no primeiro trimestre de 2022, irá emitir certificados digitais na venda de suas obras, passando a …

Notícias - 17/12/2021

O mercado de arte em 2021: recuperação histórica e mais de US$7 bilhões em vendas em leilões.

Ainda que as perspectivas no início do ano parecessem desanimadoras, 2021 não desapontou. À medida que o ano avançava, muitos …

Notícias - 17/12/2021

Artista brasileira cria portais no Brooklyn

Quem anda pelas ruas do Brooklyn em Nova Iorque, nem imagina que em algum lugar daquele bairro, no ateliê de …

Notícias - 17/12/2021

Definidos curador e artista representantes do Brasil na Bienal de Veneza

A Fundação Bienal de São Paulo anuncia a nomeação de Jacopo Crivelli Visconti como curador da participação nacional do Brasil …