Governo do Espírito Santo abre chamada pública para exposição a céu aberto na Residência Oficial

A Residência Oficial do Governador do Espírito Santo será aberta ao público, como um Parque Cultural, a partir do início de 2022. Para compor as atrações artísticas, a Secretaria da Cultura do Espírito Santo (Secult-ES) abriu uma chamada pública para artistas de todo o Brasil. As obras selecionadas vão compor o Parque das Esculturas dentro do Parque Cultural Casa do Governador. A Residência Oficial fica localizada em área em frente ao mar, no bairro Praia da Costa, em Vila Velha, que foi a primeira capital do Estado. O espaço tem cerca de 93 mil metros quadrados, incluindo vegetação de restinga, praia, um heliponto, a residência e um gabinete anexo.

A seleção de projetos de escultura, site-specifics e instalações sensoriais, buscam obras que unam Arte, Tecnologia e Meio Ambiente, entendendo a relação entre arte, paisagem e arquitetura. O valor total da Chamada do Parque das Esculturas é de R$ 1,3 milhão, variando entre R$ 40 mil e R$ 200 mil o valor por obra. Ao todo, serão 15 selecionados, com obras permanentes e temporárias. As inscrições estão de forma on-line entre 17 de agosto e 30 de setembro.

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, não mora na Residência Oficial, mas utiliza a estrutura como um outro ponto de trabalho, além do Palácio Anchieta (sede oficial do Governo), localizado no Centro de Vitória. Ele lembrou que o Estado já teve três Residências Oficiais, além do Palácio Anchieta, uma em Vila Velha, de verão, e uma em Santa Teresa, de inverno. “Hoje em dia não podemos nos dar a esse luxo. Essa casa é pouco utilizada, mas é importante ter outros lugares de despacho, além do Palácio Anchieta. Por isso, podemos ter o local de trabalho preservado, mas também conciliando com um Parque Cultural. Essa união da inovação com a cultura é uma tendência mundial. Queremos compartilhar esse ambiente com todos”, afirmou.

Já o secretário de Estado da Cultura, Fabricio Noronha, ressaltou a potência artística e simbólica do espaço, lembrando que o Governo do Estado tem a cultura como prioridade neste momento de retomada do setor, que foi muito prejudicado pela pandemia do novo Coronavírus (Covid-19). “A abertura de mais um espaço cultural é importante e muito simbólica, neste momento de retomada, ainda mais com um projeto tão inovador para o circuito da arte contemporânea capixaba. Estamos empolgados em receber as propostas de intervenção, de escultura e de poder estimular os fazeres artísticos e esse contato das pessoas com a arte”, pontuou.

O projeto do Parque Cultural Casa do Governador foi desenvolvido em parceria com o Instituto Federal do Espírito Santo e a Universidade Federal do Espírito Santo, sob coordenação da presidente da Fundação de Amparo à Pesquisa do Espírito Santo (Fapes), Cristina Engel.

Conheça o projeto completo do Parque Cultural Casa do Governador.

Leia o Edital completo AQUI.

Inscreva-se pelo Mapa Cultural AQUI.

Serão selecionados sete projetos para a exposição permanente, em duas categorias de premiação, e oito projetos para a exposição temporária, com prazo de duração de um ano.

No caso de projetos para a exposição permanente, serão divididos da seguinte forma: quatro prêmios com valor de até R$ 100 mil e três prêmios com valor de até R$ 200 mil, ambos para projetos de escultura/instalação em escala monumental. Pelo menos cinco prêmios serão destinados a projetos inscritos por proponentes residentes ou sediados no Estado do Espírito Santo.

No caso de projetos para exposição temporária, serão oito prêmios com valor individual de até R$ 40 mil reais para projetos de escultura/instalação em escala monumental, nos quais pelo menos cinco prêmios serão destinados a projetos inscritos por proponentes residentes ou sediados no Estado do Espírito Santo.

O edital se volta para a multiplicidade da produção tridimensional, desde de sua linguagem tradicional, a escultura, até proposições contemporâneas em técnicas, materiais, espacialidades, interatividades e tecnologias. Propostas de instalações, por exemplo, podem compor um ambiente a ser percorrido pelo espectador em diversos níveis de interatividade, estimulando diálogos com a paisagem e o espaço de ocupação. Já propostas em site-specific (termo em inglês para local específico), podem trazer trabalhos artísticos instalativos a serem desenvolvidos para fazer sentido apenas em um determinado local.

“O Parque quer provocar também as possibilidades entre arte e tecnologia, em seu caráter aberto, entendendo tecnologia como um saber, que envolve conhecimentos ancestrais, assim como inovações científicas, dinamizadas em instalações sensoriais”, explicou o coordenador do edital, Nicolas Soares.

Nicolas Soares pondera que as obras em escala monumental devem se relacionar com as áreas instalativas. “Estamos disponibilizando dez metros quadrados para cada trabalho e, no entorno de cada área, existem diversos elementos, árvores de médio a grande porte, troncos e afloramentos rochosos, que compõem este espaço em sua magnitude. Os trabalhos a serem propostos precisam se conectar de forma harmônica com a paisagem em sua escala e grandiosidade”, acrescentou.

Entenda a chamada para artistas

Os projetos terão que se relacionar com o espaço arquitetônico e paisagístico da Residência Oficial, interagindo e se integrando no espaço.

Escultura: formas espaciais em três dimensões, por meio da manipulação e materiais diversos em variadas técnicas, na tentativa de representar ou apresentar algo.

Instalação: manifestação artística onde a obra é composta de elementos organizados em um ambiente. A obra se conecta ao espaço, com o auxílio de materiais e técnicas variadas, na tentativa de construir uma ambiência, cena e/ou experiência, cujo movimento é dado pela relação entre objetos, construções, o ponto de vista e o corpo do observador.

Instalações Sensoriais: trabalhos inovadores que articulem conceitos da arte e da tecnologia, correlacionados ao espaço/ambiente em que se inserem dessa forma, tirando proveito de situações, como luminosidade, sombras, vento, chuva etc. Propõe-se, ao mesmo tempo, uma dinâmica interativa entre obra e público, a fim de estimular as percepções numa realidade aumentada.

Site-specific: são obras que configuram uma situação espacial específica, levando em conta as características do local e que não podem ser apreendidas senão ali. Tendência da produção contemporânea de se voltar para o espaço, incorporando-o à obra e/ou transformando-o.

Escala monumental: intervenções escultóricas e/ou instalativas que se harmonizem à paisagem e seus elementos, e/ou projeto paisagístico e à arquitetura, em uma relação de proporcionalidade entre dimensões, volumetria e a área a ser ocupada.

Compartilhar:
Notícias - 07/12/2021

Culturas Indígenas e Favelas são temas de novos museus de São Paulo

O Governador João Doria anunciou nesta segunda-feira (6) um investimento total de R﹩ 40 milhões para ampliação do Museu da …

Notícias - 06/12/2021

Começam as as obras de ampliação da Pinacoteca de São Paulo

O Governo de São Paulo anunciou, nesta terça-feira (23), o início das obras da Pinacoteca Contemporânea, o novo prédio …

Notícias - 03/12/2021

Jeff Koons e Cicciolina voltam aos holofotes

Um artista que fez a escultura de uma serpente enrolada em uma pedra para a estrela do cinema adulto italiano …

Notícias - 03/12/2021

Lista de mais poderosos da arte contemporânea traz líder surpreendente

ERC-721, a especificação para o “token não fungível” na rede Ethereum, está em primeiro lugar no ranking anual dos mais …

Notícias - 02/12/2021

Fotografiska pretende se tornar o maior museu privado do mundo

Fotografiska, o museu sueco com fins lucrativos, está adicionando três novos locais à sua lista de unidades já existentes: além …

Notícias - 01/12/2021

Restauro de obras de arte do Metrô de São Paulo vira documentário

Em curso desde 2019 e com as primeiras etapas registradas em um documentário disponível no YouTube com aproximadamente …

Notícias - 01/12/2021

Obra icônica de Banksy vai a leilão pela Bolsa de Arte SP

Pela primeira vez, uma obra de Banksy irá a leilão na América Latina – no dia 10 de fevereiro, na …

Notícias - 30/11/2021

Inhotim recebe o Museu de Arte Negra idealizado por Abdias Nascimento

Poeta, escritor, dramaturgo, curador, artista plástico, professor universitário, pan-africanista e parlamentar, Abdias Nascimento (1914-2011), indicado oficialmente ao prêmio Nobel da …

Notícias - 30/11/2021

Museu Judaico de São Paulo é inaugurado

A partir do dia 5 de dezembro de 2021, abre para visitação o Museu Judaico de São Paulo (MUJ), espaço …

Notícias - 29/11/2021

Festival de performances abre convocatória

Festival Atos de Fala completa 10 anos e sua sexta edição – que acontece de 19 de janeiro a 02 …

Notícias - 29/11/2021

Prêmio Arcanjo de Cultura divulga indicados e retoma cerimônia presencial

Valorizar e premiar nossa cultura e seus artistas em tempos tão difíceis é a missão do Prêmio Arcanjo de Cultura, …

Notícias - 26/11/2021

Steve McCurry e a resiliência da infância em fotos

De meninas enfrentando o Mar de Sulu a crianças em idade escolar no Afeganistão, no novo livro Stories and Dreams …