Galeria Simone Cadinelli faz uma seleção de obras especiais

Jeane Terra, “Sem título” (2018)

Desde o dia 30 de março de 2020, a galeria Simone Cadinelli Arte Contemporânea publica em suas mídias digitais – Instagram, Facebook e site – uma seleção especial de obras de quinze artistas: Claudio Tobinaga, Fernanda Sattamini, Gabriela Noujaim, Isabela Sá Roriz, Jeane Terra, Jimson Vilela, Kammal João, Leandra Espírito Santo, Patrizia D’Angello, Roberta Carvalho, Sani Guerra, Stella Margarita, Urbano Iglesias, Ursula Tautz e Yoko Nishio.

“A galeria pretende possibilitar que os colecionadores, assim como os demais admiradores da arte contemporânea, tenham acesso maior às produções de nossos artistas e ao nosso vasto catálogo. É uma maneira de contornarmos este período grave, e oferecer uma janela, uma aproximação para se conhecer trabalhos em diferentes conceitos e linguagens. A seleção foi pensada para mostrar obras que dialogassem com as sutilezas e tensões das relações humanas e sociais, a paisagem e a memória”, destaca Érika Nascimento, gestora artística da galeria.

Nesta exibição virtual, serão três obras por semana, acompanhadas de sua descrição e de uma minibiografia do artista. Sempre às segundas, quartas e sextas-feiras os seguidores da página da Simone Cadinelli Arte Contemporânea verão uma nova obra de arte. Semanalmente, a galeria enviará para seu público a newsletter com as obras divulgadas no período. Os interessados em receber a newsletter da galeria podem se cadastrar no site https://www.simonecadinelli.com/contato.

Estas ações mantêm a galeria ativa para os amantes da arte, face ao seu fechamento temporário em virtude das medidas para se conter o COVID-19.

Na semana de 30 de março a 5 de abril as obras selecionadas são:

Stella Margarita, “Sem Título #8” (“No me he ido”, 2019)

• Stella Margarita (Uruguai, 1957)
“Sem Título #8” (“No me he ido”, 2019)
Acrílica, óleo e carvão sobre tela; 70 x 90 cm
Influenciada pelas imagens dos filmes de Ingmar Bergman, Stella Margarita desenvolve pinturas com pinceladas marcantes de corpos anônimos, revelando forças e tensões humanas.

Kammal João, “Série Limiar 2” (2018)

• Kammal João
“Série Limiar 2” (2018)
Desenho em pirografia e parafina sobre papel
30 x 40 cm
Na série Limiar, Kammal, utiliza a técnica de pirografia para criar desenhos, que são imersos em parafina. Estabelece contornos e atravessamentos de um corpo que extrapola os seus limites espaciais.

Jeane Terra, “Sem título” (2018)

• Jeane Terra
“Sem título” (2018)
Escombro, linha e pele de tinta
24 x 29 cm
Jeane cria “peles” de tinta, produzidas a partir de finas camadas de pintura em uma superfície lisa. Essas peles são costuradas em um pedaço de escombro. Uma costura de memórias, corpo e matéria.

MINIBIOS

• Stella Margarita (Uruguai, 1957)
Nascida no Uruguai em 1957, vive e trabalha no Rio de Janeiro.
Entrou em contato com a pintura em 2006, em Caracas. De 2010 a 2016 passou frequentar a Escola de Artes Visuais Parque Lage no Rio de Janeiro, participando de diversos cursos de pintura, desenho e teorias da arte. Suas pinturas de corpos anônimos próximos da escala real são marcadas pelas sutilezas e tensões das relações humanas.

Exposições individuais destacadas:
“Só tenho o sentimento suspenso de tudo”, 2019, Galeria de Arte UFF, Niterói;“Antebraços” (2018), Galeria de Arte IBEU, Rio de Janeiro.

Principais exposições coletivas:
“Limiares”, 2017, Paço Imperial, Rio de Janeiro; “Nosotros”, 2017, Instituto Cervantes, Rio de Janeiro; e “Intersubjetividades“, Espaço Cultural dos Correios, Niterói, 2018.

Em 2019, fez residência artística no LIA (Leipzig International Art Programme), Alemanha.

• Kammal João (Rio de Janeiro, 1988)
Vive e trabalha no Rio de Janeiro.
Graduado em comunicação visual pela PUC Rio, com pós-graduação em Psicomotricidade somática pelo instituto Anthropos, Rio de Janeiro. É professor no Parquinho Lage, na EAV Parque Lage, onde também participou de formações e cursos livres.

Suas pinturas e desenhos se relacionam com o corpo e o espaço, e a figuração e abstração estão presentes e atravessam o plano bidimensional, ocupando outros espaços.
Exposições individuais:
2018 – “Alegria da matéria” (Espaço Z42, Rio), com curadoria de João Paulo Quintella, e “Encenação menor” (Galeria IBEU RJ), com curadoria do Cesar Kiraly.

Exposições coletivas:
“Abre Alas” (Galeria A gentil Carioca, 2017); “Salão Novíssimos” (Galeria IBEU RJ, 2016); projeto “Permanências e destruições com a ação com tijolos” (Praça XV, Rio, 2015); e “Arte Pará” (Belém do Pará, 2013).

Em 2012, participou da residência do ID-Pool na fábrica de porcelana de Vista Alegre, Ílhavo, Portugal. Possui obras na coleção do Museu da Porcelana de Vista Alegre, em Portugal, e no Museu de Arte do Rio (MAR).

• Jeane Terra (Minas Gerais, 1975)
Artista mineira (1975) radicada no Rio de Janeiro, Jeane Terra frequentou diversos cursos na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, no Rio de Janeiro, e cursou por dois anos o bacharelado em artes plásticas na Escola Guignard, em Belo Horizonte, entre outros cursos na área. Desde 2010 trabalha como assistente da artista plástica Adriana Varejão. Sua pesquisa está atrelada à memória e suas subjetividades, investigando fragmentos e nuances da transitoriedade das cidades, do apagamento urbano, do crescimento desenfreado das urbes e de sua ocupação. Muitas vezes autorreferente, seu trabalho gravita a usina ruidosa de onde vem a substância de sua memória. Trabalhando com diferentes suportes, se dedica especialmente à pintura, escultura, fotografia e videoarte.

Com doze anos de trajetória, participou de mostras individuais e coletivas no Brasil e no exterior, das quais se destacam: “O ovo e a Galinha”, Galeria Simone Cadinelli, Rio de Janeiro, “Exposição 360”, Museu da República, no Rio de Janeiro, “Brasil Arte Contemporânea”, Museu Ettore Fico, Turim, Itália, “Abre Alas”, A Gentil Carioca, Rio de Janeiro (2019); “Projeto Montra”, em Lisboa, em 2013; “Nova Escultura Brasileira- Herança e Diversidade”, na Caixa Cultural Rio de Janeiro, em 2011; e, Biwako Biennale, Japão, em 2010; individual “Um olhar Invisível”, no Centro Cultural dos Correios, Rio de Janeiro, e a individual “Inventário”, na Cidade das Artes, Rio de Janeiro, em 2018.

Compartilhar:
Notícias - 30/07/2021

Artefatos indígenas falsos estão sendo vendidos por museus e galerias canadenses

Um negociante canadense admitiu vender arte indígena fraudulenta a várias lojas de museus e outras empresas de arte na Colúmbia …

Notícias - 30/07/2021

Em chamas: Trágedia atinge a história da Cinemateca Brasileira

Na noite de quinta-feira, 29 de julho de 2021, a Cinemateca Brasileira foi engolida pelas chamas na zona oeste de …

Notícias - 29/07/2021

road-movie de Lúcia Murat investiga artistas latinoamericanas

Livremente inspirado na peça “Há mais futuro que passado” o road-movie “Ana. Sem Título”, da diretora Lúcia Murat (“Praça Paris”, …

Notícias - 29/07/2021

Conheça alguns dos artistas já definidos para a Bienal de Veneza

O fluxo de e-mails anunciando quais artistas estão representando seus respectivos países na Bienal de Veneza de 2022 tem sido …

Notícias - 29/07/2021

Galeria Marília Razuk exibe projeto a partir de diálogo entre artistas

Trazer ao público o processo de uma exposição que se desdobra no espaço e no tempo por meio de módulos …

Notícias - 29/07/2021

Prêmio PIPA anuncia Exposição dos Vencedores de 2020

Com uma trajetória de mais de dez anos no cenário da arte contemporânea, o Prêmio PIPA, uma iniciativa do Instituto …

Notícias - 28/07/2021

Sesc São Paulo promove exposição com obras de artistas indígenas

Encontros Ameríndios, exposição que entra em cartaz no Sesc Vila Mariana a partir do dia 31 de julho, traz um …

Notícias - 27/07/2021

Galeria Arte132 abre em São Paulo com exposição de Alex Flemming

Com foco na produção artística brasileira, a Arte132, galeria comandada por Telmo Porto abre suas portas em Moema, zona sul …

Notícias - 27/07/2021

Conheça os artistas e as obras da abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio

Enquanto a estrela do tênis japonesa Naomi Osaka carregava a tocha olímpica escada acima durante a cerimônia de abertura dos …

Notícias - 27/07/2021

Instituto Artium abre as portas em São Paulo

O Instituto Artium, entidade cultural sem fins lucrativos, fundada em 2019, abre as portas para o público com exposição coletiva …

Notícias - 22/07/2021

Instituições anunciam iniciativa colaborativa para o mundo da arte no combate às mudanças climáticas

Os lobistas da indústria das artes Gallery Climate Coalition (GCC), a casa de leilões global Christie’s (membro do GCC) e …

Notícias - 22/07/2021

Louvre aciona advogados por reconstituições pornográficas de obra

O Pornhub parece realmente empenhado em trabalhar com a História da Arte. Depois de oferecer espécies de “visitas guiadas” por …