Galeria Estação apresenta individual de José Antônio da Silva na SP Arte – Viewing Room

Sem Título, 1966

A Galeria Estação apresenta na SP Arte – Viewing Room 2021 mostra individual da obra de José Antônio da Silva, composta por uma seleção de 12 pinturas que abrangem sua trajetória entre os anos 1950 e 1970, com um foco especial em suas paisagens e cenas do cotidiano.

O Brasil sempre foi prodigioso em gerar o que se convencionou caracterizar no século XX como artistas forasteiros ou primitivos. Via de regra pessoas auto-didatas e incultas que vieram de classes menos privilegiadas. Talvez um dos mais conhecidos entre eles no Brasil seja José Antônio da Silva. Nascido em 1909, em Sales de Oliveira, interior de São Paulo e falecido em 1996 na cidade de São Paulo. Sua trajetória percorreu toda a segunda metade do século XX, tendo seu auge nas décadas de 50 e 60 quando expôs várias vezes na Bienal de São Paulo, duas vezes na Bienal de Veneza e uma vez no Carnegie International, entre muitos outros locais. Embora seja extensamente colecionado no Brasil, suas pinturas estão nas mais importantes coleções institucionais locais, como o Museu de Arte de São Paulo (MASP), o Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC) e a Pinacoteca de São Paulo.

José Antônio da Silva sempre pintou rápido e nos mais diversos estilos, mantendo a capacidade de soluções plásticas originais. Ele se inspirou muito no cotidiano, nas festividades, nos eventos religiosos e na paisagem geral do interior de São Paulo, que foi mudando rapidamente ao longo da segunda metade do século XX. Para alguns, como o crítico de arte Theon Spanudis, “Silva como artista foi tão importante quanto Volpi”, um pintor brasileiro que conquistou nos últimos anos uma melhor reputação internacional.

A nossa seleção de trabalhos centra-se no quotidiano e nos acontecimentos que rodeavam José Antônio, os quais ele retratava tão bem: vaqueiros a pastorear vacas, cenas de cidade, a forma como as árvores eram cortadas para abrir uma vasta área para plantações, e trens a circular na paisagem. Nossa curta seleção enfatiza essa relação entre os humanos e a paisagem em mudança.

Para um melhor entendimento internacional, deve-se entender que, ao contrário dos contemporâneos de José Antônio, artistas urbanos, muito envolvidos na pesquisa da abstração geométrica, suas pinturas estão ligadas a artistas do alto modernismo da primeira metade do século, como Tarsila do Amaral. Seus temas sempre foram os hábitos religiosos e as festividades, o cotidiano dos trabalhadores rurais e das famílias, o humor de quem vem de uma cidade pequena diante do sofisticado estilo de vida das grandes cidades.

A Galeria Estação espera que este projeto contribua para um olhar mais amplo sobre a cultura brasileira do século passado.

A mostra online pode ser conferida neste link: http://www.galeriaestacao.com.br/pt-br/feira-de-arte/121/sp-arte-viewing-room

Sem Título, 1975

Compartilhar:
Notícias - 24/06/2021

Christie’s e Sotheby’s passam a aceitar criptomoeda para itens de grande valor

Em mais um sinal de que a criptomoeda está fazendo incursões nos escalões superiores do mercado de arte, a Sotheby’s …

Notícias - 24/06/2021

Mostra Brasileires entrega murais gigantes assinados por Laerte e Jean Wyllys

No mês em que se comemora o Orgulho LGBTQIA+, a Mostra Brasileires, conjunto de seis laterais de edifícios na região …

Notícias - 24/06/2021

Bandeira do arco-íris original de 1978 é instalada permanentemente em museu

Um segmento da bandeira do arco-íris original, projetada e criada pelo falecido artista Gilbert Baker para a Parada do Dia …

Notícias - 24/06/2021

Frestas - Trienal de Artes anuncia lista de artistas

Trazer para a prática o debate sobre economias de acesso, refletir sobre as políticas e poéticas de exibição, investigar quais …

Notícias - 23/06/2021

MUSEU TRANSGÊNERO DE HISTÓRIA E ARTE (MUTHA) INAUGURA SEU WEBSITE

O Museu Transgênero de História e Arte (MUTHA) inaugurou, dia 01 de Junho de 2021, seu primeiro Portal para a …

Notícias - 22/06/2021

Nasce a Zipper Open

Focada no mercado de arte secundário, a Zipper Open apresenta em sua exposição inaugural alguns dos grandes nomes da arte …

Notícias - 22/06/2021

Instituto de Arte Contemporânea de Ouro Preto lança Ocupa/ia com mostras virtuais de artistas

Em resposta aos desafios decorrentes do COVID-19 e seus efeitos no setor cultural, o ia – Instituto de Arte Contemporânea …

Notícias - 20/06/2021

ação performática que (d)enuncia as mortes por COVID-19 É reativada pela soma de 500 mil óbitos

A performance Quase-Oração realizará, de 25 de junho a 5 de julho, a sua última etapa de reativação com a …

Notícias - 17/06/2021

Edital seleciona artistas para residência na Fundação Iberê

A Fundação Iberê abre no dia 20 de junho (domingo) as inscrições para o Edital Iberê/CMPC 2021. Com patrocínio da …

Notícias - 17/06/2021

MIQUEL BARCELÓ realiza performances em MÁLAGA

As performances artísticas de Miquel Barceló são conhecidas por uma estética que fica a meio caminho entre as pinturas rupestres …

Notícias - 16/06/2021

Obra de Victor Brecheret será leiloada

A escultura de Victor Brecheret, uma das mais primorosas do artista, integrará leilão virtual (www.vmescritarteleiloes.com.br), nos dias 22 e 23 …

Notícias - 16/06/2021

Trabalho final e póstumo do artista Christo tem data confirmada

O trabalho final do artista plástico Christo, falecido no ano passado aos 84 anos, está um passo mais perto de …