Galeria em Vancouver se dedica à obra de Joseph Kyle

A palavra “sinóptico” (uma adaptação para “synoptic”) deriva de uma raiz grega e significa “ver completamente”. O artista canadense Joseph Kyle, que desenvolveu uma síntese única de abstração e cor, procurou encapsular essa visão unificada em sua arte, desenvolvendo um estilo singular que ele chamou de sin-óptica.

Nascido em Belfast em 1923, Kyle emigrou para Saskatchewan, Canadá, em 1930, mais tarde se mudando para Vancouver, onde se tornou parte da dinâmica cena artística da cidade na década de 1960. Influenciado pela arte op, Kyle tinha como objetivo fundir cores vibrantes com padrões pulsantes em seu trabalho. Mas, em vez de criar ilusões ópticas associadas à Op-Art, Kyle tinha como objetivo produzir pinturas que funcionassem como um todo interativo, em vez de uma montagem de dispositivos composicionais individuais.

Suas pinturas caleidoscópicas quase têm o visual de vitrais, com formas geométricas de cor em forma de fragmentos para tornar uma forma singular. “Notamos que, apesar das bordas nítidas, a forma não tem limites”, escreveu a galeria de Vancouver Elan Fine Art em uma descrição do trabalho de Kyle. “Ele se move através da tela como um dançarino se move através do palco. A forma e a cor funcionam como um — um casamento, onde nenhum deles é subserviente ao outro, mas depende um do outro para a experiência essencial da pintura.”

Paul Kyle, filho do artista e dono da Elan Fine Art, se dedica a preservar o legado do pai. “Ele aproveitou todas as breves oportunidades para pintar sozinho em seu estúdio, mas nunca expulsou nenhum de nós”, disse Paul. “Foi observando e conversando com ele que passei a amar a arte e me tornei um negociante há cerca de 45 anos, representando ele e seu trabalho.”

Kyle provou ter uma influência duradoura na cena artística canadense da Costa Oeste, particularmente por sua ênfase na prática interdisciplinar. Ajudou a pioneira da Intermedia Society com Victor Doray e Jack Shadbolt, que incentivaram práticas de arte experimentais e interdisciplinares que colocaram novas tecnologias elétricas nas mãos dos artistas e deram origem a uma nova geração de criadores.

Além disso, Kyle fundou o Victoria College of Art e serviu como diretor e professor lá por 25 anos enquanto mantinha sua própria prática. Seu mandato teve um tremendo impacto nas práticas de inúmeros jovens artistas.

“Até hoje, artistas visitantes de todo o mundo vêm à galeria para estudar as pinturas de Kyle”, diz a galeria. “Suas formas estruturadas, simétricas e composição são tudo menos restritivas — há uma sensação de liberdade e exaltação de dentro.”

 

FONTE: artnet.com

Compartilhar:
Notícias - 25/11/2020

Estátua de Marilyn Monroe gera polêmica em Palm Springs

Uma escultura de Marilyn Monroe segurando sua saia desobediente é fonte de um debate acalorado em Palm Springs, Califórnia. O …

Notícias - 25/11/2020

Bicicleta desaparece de obra de Banksy

Uma bicicleta sem uma das rodas que acompanhava um mural de Banksy em Nottingham desapareceu, provocando tristeza e frustração na …

Notícias - 24/11/2020

Em meio a pico de casos de coronavírus, museus começam a fechar nos EUA

Em meio a uma onda de paralisações dos museus dos EUA, todas as oito instalações reabertas da Instituição Smithsonian na …

Notícias - 24/11/2020

7° Prêmio de Arquitetura Instituto Tomie Ohtake AkzoNobel - Conheça os premiados

O Instituto Tomie Ohtake, com o apoio da AkzoNobel, divulga os três projetos premiados, via vídeo em suas redes sociais, …

Notícias - 24/11/2020

EAV Parque Lage lança edital para curso on-line com bolsas

Em resposta à pandemia de Covid-19, a Escola de Artes Visuais do Parque Lage (EAV) atua de forma propositiva e …

Notícias - 24/11/2020

Escavação revela restos preservados de homens envoltos em cinzas vulcânicas

Arqueólogos da cidade romana de Pompéia recorreram a uma técnica centenária para conservar os corpos de dois homens recentemente desenterrados …

Notícias - 24/11/2020

Desenho recém-descoberto é um verdadeiro da Vinci, afirma especialista

Um desenho que esteve em uma coleção privada por anos foi atribuído a Leonardo da Vinci. O jornal italiano La …

Notícias - 23/11/2020

Virgínia Di Lauro aborda feminino e ancestralidade na galeria Simone Cadinelli

Simone Cadinelli Arte Contemporânea apresenta “Em Suspensão”, ocupação feita pela artista Virgínia Di Lauro em sua vitrine voltada para a …

Notícias - 23/11/2020

4º Prêmio Aliança Francesa de Arte Contemporânea apresenta mostra com finalistas

Na terça-feira, 24 de novembro, às 19h, acontece a inauguração virtual da Mostra Coletiva do 4º Prêmio Aliança Francesa de …

Notícias - 19/11/2020

Bruno Barbey, Fotógrafo da Magnum Photos, morre aos 79 anos

Bruno Barbey, fotógrafo francês da agência Magnum Photos que produziu trabalhos poderosos e empáticos em zonas de guerra, bem como …

Notícias - 19/11/2020

Arqueólogos egípcios fazem a 'maior descoberta de 2020'

Arqueólogos egípcios anunciaram a descoberta de mais de 100 caixões pintados na antiga necrópole de Saqqara, ao sul do Cairo. …

Notícias - 19/11/2020

Sonia Gomes figura na lista de artistas da Bienal de Gwangju, na Coreia do Sul

A Bienal de Gwangju, na Coreia do Sul, revelou a lista completa de artistas participantes de sua 13ª edição, programada …