Foto impressionante de Vik Muniz é uma homenagem a um grande artista americano

Se você está familiarizado com a arte americana contemporânea, a imagem de uma estação da Standard Oil pode trazer imediatamente à mente Ed Ruscha.

Mas a imagem acima é, na verdade, do artista brasileiro Vik Muniz, e habilmente presta homenagem a Ruscha e dá uma nova vida ao mestre americano e à cultura automobilística americana em geral.

Até 22 de outubro a fotografia está a venda pela Artnet Auctions, com o título Estação Padrão de Muniz (Noite) após Ed Ruscha (da série Pictures of Cars) (2008) continua a exploração do artista de ver e representar.

Vik Muniz costuma usar materiais efêmeros, como algodão, açúcar, lixo e calda de chocolate, para recriar imagens famosas da história da arte, incluindo obras de Leonardo da Vinci, Claude Monet, Gustave Courbet e Andy Warhol. Após fotografar suas intrincadas construções, o artista as descarta, deixando sua fotografia como registro único de sua criação.

A série Pictures of Cars de Muniz é fiel ao título: o artista literalmente usou peças de automóveis para criar as reproduções, incluindo os materiais usados ​​em Standard Station (Night) após Ed Ruscha.

A série completa inclui recriações de duas outras obras de Ruscha e representa uma mudança no uso típico de materiais efêmeros e perecíveis por Muniz. Ao incorporar peças de carros às imagens, Muniz faz referência à história da cultura automotiva de Los Angeles, bem como ao próprio interesse de Ruscha pela arquitetura e paisagem do oeste americano.

Os holofotes que emanam da parte de trás da estação da Standard Oil também remetem sutilmente à história de Hollywood, outro assunto notável de Ruscha.

Trabalho de Muniz no Petersen Automotive Museum em Los Angeles. Imagem cortesia do Museu Petersen.

Nos últimos anos, as obras de Vik Muniz alcançaram preços próximos a US$ 300.000 em leilão. Este é um feito especialmente notável para um artista conhecido principalmente por sua fotografia, um mercado que tende a ver preços um pouco mais baixos dada a natureza do trabalho.

Muniz continua sendo um artista extremamente colecionável, especialmente na esteira do documentário aclamado pela crítica, Waste Land, que narra seu processo criativo.

Suas obras também estão nas coleções permanentes do Centre Pompidou, Paris; Museu Solomon R. Guggenheim, Nova York; Museu Irlandês de Arte Moderna, Dublin; Museu de Arte do Condado de Los Angeles; Instituto Itau Cultural, São Paulo; o Museu Nacional de Arte de Osaka; e o Gana Art Center, Seul, entre outros.

A obra é estimada em $ 30.000–40.000.

Compartilhar:
Notícias - 10/05/2021

Sesc São Paulo retoma visitação presencial a dez exposições

Em conformidade com os protocolos de segurança do estado e de cada município, o Sesc São Paulo retoma algumas atividades …

Notícias - 10/05/2021

Conheça Chakaia Booker e seu trabalho com pneus

O estúdio de Chakaia Booker não tem aquecedor, o telhado vaza e às vezes entram esquilos. Seu piso é arranhado …

Notícias - 10/05/2021

Análise das cartas de Van Gogh revela novos detalhes sobre pinturas

A primeira exposição a explorar os olivais de Vicente tem novas datas. A mostra no Museu Van Gogh de Amsterdã …

Notícias - 07/05/2021

Lista de finalistas do Turner Prize é composta inteiramente por coletivos com engajamento social

Em um ano marcado por dificuldades sem precedentes, colaboração e solidariedade são os temas subjacentes ao Turner Prize deste ano …

Notícias - 07/05/2021

Três coisas que você talvez não saiba sobre "The Child’s Bath", de Mary Cassatt

Quando o Dia das Mães foi proposto como feriado em 1913, a artista franco-americana Mary Cassatt não gostou muito da …

Notícias - 07/05/2021

Galerias brasileiras participam de feiras em Nova York

Em maio a cidade de Nova Iorque abriga algumas feiras de arte contemporânea, como a Frieze New York e a …

Notícias - 06/05/2021

Bienal de Arte Paiz tem início na Guatemala

Intitulada Lost. In Between. Together, pela primeira vez em sua história, a Bienal de Arte Paiz será inteiramente voltada para …

Notícias - 06/05/2021

OCUPAÇÃO IMAGÉTICA SELECIONA ARTISTAS DE REGIÕES PERIFÉRICAS DE SÃO PAULO E ABCD

“Entranhamentos” será uma exposição baseada no conceito de ocupação imagética, cujo principal objetivo é investigar novas possibilidades de exibição e …

Notícias - 06/05/2021

MASP anuncia Hanayrá Negreiros como nova curadora adjunta de moda

O Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (MASP) anuncia Hanayrá Negreiros como nova curadora adjunta de moda. Negreiros …

Notícias - 30/04/2021

Pacaembu terá feira de arte em parceria com galerias

São Paulo vai ganhar uma nova Feira de Arte, num dos locais mais icônicos da cidade, o Complexo Esportivo do …

Notícias - 30/04/2021

Panorama Raft inicia chamada pública de projetos liderados por artistas de todo o Brasil

O Festival Panorama, um dos principais eventos artísticos do Brasil, lançou este ano o Panorama Jangada, um projeto criado no …

Notícias - 30/04/2021

inscrições abertas para o 4º PRÊMIO DE DESIGN INSTITUTO TOMIE OHTAKE LEROY MERLIN

Estão abertas as inscrições do 4º PRÊMIO DE DESIGN INSTITUTO TOMIE OHTAKE LEROY MERLIN, voltado a universitários e recém-formados de …