Filme narra a história de grande falsificador de Vermeer

Cinquenta. Este é o número de pinturas que foi necessário para fazer “The Last Vermeer”, o novo filme contando a verdadeira história de um “Vermeer” pintado em 1942 pelo notório falsificador de arte Han van Meegeren.

Em outras palavras, foram precisas 50 falsificações falsas. Isso é mais do que o pintor criminoso fez em sua vida — mas, novamente, sua fama nunca foi sobre quantos Mestres Holandeses ele fabricou. Em vez disso, era sobre quem ele enganou para vender um Vermeer falso.

Guy Pearce interpreta Van Meegeren no filme (será lançado no continente mericano em 20 de novembro), que se concentra em parte na imitação pela qual o falsificador é mais famoso: Cristo e a Mulher Levada em Adultério. A obra foi comprada pelo nazista Reichsmarschall Hermann Göring, que trocou 137 pinturas saqueadas pelo raro Vermeer. Na época, acreditava-se que existiam apenas 34 obras autênticas da Vermeer.

Forças aliadas encontraram o falso Vermeer de Göring em uma mina de sal austríaca após a guerra, e rastrearam sua procedência até Van Meegeren em Amsterdã. O falsificador então teve uma escolha: render-se a uma sentença de morte como um colaborador nazista que vendeu uma obra-prima holandesa para o segundo em comando de Hitler, ou confessar – e se tornar uma espécie de herói nacional no processo. Van Meegeren escolheu o último, admitindo que enganou o fascista por uma quantia vergonhosamente exorbitante.

O pintor cênico James Gemmill (cujos projetos anteriores incluem O Código Da Vinci) pintou Van Meegerens a partir de fotografias e, em seguida, revestiu as obras em uma tinta branca à base de giz para que se assemelhassem a telas em branco. No filme, quando Pearce parece estar pintando, ele está escovando um meio oleoso sobre a camada de giz para expor a tinta subjacente. “Foi assim que conseguimos fazê-lo sem cortar”, explica Friedkin. “Fomos capazes de filmar as pinceladas e ver, efetivamente, a impressão de uma pintura sendo feita.”

Mais informações foram obtidas a partir de documentos judiciais de meados do século, que registram que Van Meegeren foi convidado a forjar um Vermeer durante seu julgamento. O filme acompanha este episódio, no qual o falsificador pintou um falso Vermeer de um esboço preliminar. Para filmar o progresso da obra, os cineastas precisavam de seis pinturas em vários estágios de conclusão.

Mas assim como Van Meegeren tirou licença criativa com a obra bíblica de Vermeer, James Gemmill e o designer de produção Arthur Max (de Gladiador e Gangster Americano) ajustaram as obras fraudulentas do falsificador. Gemmill insistiu que alguns eram tão ruins que o público não seria enganado tão facilmente quanto Göring.

“James me disse: ‘Não acredito que alguém acreditaria que essas mãos foram pintadas por Vermeer. Eu vou torná-los melhores. Eu disse ‘vá em frente, eu concordo com você'”, disse Max ao Artnet News. “Por que deixar a história ficar no caminho de um bom filme?”

Van Meegeren também achou que a qualidade era a coisa mais importante. “Ontem, essa pintura valia milhões de florins, especialistas e amantes da arte vinham de todo o mundo e pagariam para vê-la”, disse ele em seu julgamento em 1947. “Hoje, não vale nada e ninguém atravessaria a rua para vê-lo de graça. Mas o quadro não mudou. O que tem?

Esse sentimento ressoa com Friedkin, que se sente confortável com as linhas embaçadas que diferenciam as obras de Vermeer, Van Meegeren e Gemmill. “Há uma grande arte que não tem notoriedade”, diz ele. “Quem pode dizer que esse artista é melhor que outro?”

Pelo menos existem duas versões do infame Cristo de Van Meegeren e a Mulher Levada em Adultério. Um deles está atualmente em exibição na Casa da História Europeia em Bruxelas, como parte de uma exposição sobre a história da falsificação. O outro está no escritório do Friedkin.

 

FONTE: Artnet News

Compartilhar:
Notícias - 05/03/2021

Exposição de mulheres Artistas Históricas é aberta na Hawthorne Fine Art

Hawthorne Fine Art apresenta a mostra Still Remembering Those Ladies. A exposição segue a mostra inovadora Remember the Ladies: Women …

Notícias - 05/03/2021

Empresa queima obra de Banksy para transformá-la em original digital

Uma empresa de blockchain comprou uma obra de arte de Banksy por US $ 95.000, queimou e transmitiu ao vivo …

Notícias - 04/03/2021

Galerias brasileiras expõem na SOUTH SOUTH VEZA

Os visitantes da SOUTH SOUTH VEZA, o primeiro evento online da plataforma SOUTH SOUTH, focada em propagar a arte contemporânea …

Notícias - 03/03/2021

Chega ao mercado a galeria de arte colaborativa GC36

Com o slogan “Arte é para todos” e “Compre de artistas vivos”, chega ao mercado, a fim de contribuir com …

Notícias - 03/03/2021

Fundação Iberê exibe documentário sobre a construção da instituição

No dia 3 de março, a Fundação Iberê lança em seu canal no Youtube (https://www.youtube.com/channel/UCx1TlUamEDhS9QUyVRDW9wA) o documentário “Mestres em Obra”, …

Notícias - 03/03/2021

Festival "Durante," abre convocatória para artistas da performance

Depois de dez edições presenciais, o festival “Durante,” acontece em formato totalmente online, reunindo, além das performances, duas mesas de …

Notícias - 02/03/2021

‘Mãos gigantes’ se unem nas ruas do Rio de Janeiro

As “mãos gigantes” – obras de mais de 2 metros de altura em fibra de vidro que ocupam 10 pontos …

Notícias - 02/03/2021

Filme reflete sobre produção de Torquato Neto como atravessamento das artes visuais

O documentário “Torquato Imagem da Incompletude”, que vai estrear no canal Curta! no dia 7 de abril, privilegia a última …

Notícias - 25/02/2021

Carlos Bracher fará retrato ao vivo e à distância com exibição online

Dando continuidade ao projeto Ateliê Casa Bracher, no dia 27 de fevereiro, o pintor mineiro Carlos Bracher fará uma pintura …

Notícias - 25/02/2021

ArtRio abre inscrições para edição 2021

A ArtRio confirma sua 11ª edição, em 2021, e abre inscrições para as galerias nacionais e internacionais que desejarem participar …

Notícias - 24/02/2021

Obras de artistas contemporâneos estão com valores especiais em ação da ABACT

A Associação Brasileira de Arte Contemporânea (ABACT) começa o ano com uma oportunidade única para colecionadores e amantes de arte …

Notícias - 24/02/2021

Obras de arte de Edvard Munch ganham novo museu em Oslo

A primavera foi uma fonte recorrente de inspiração para Edvard Munch, e agora a estação marca um começo especialmente novo …