Especialistas temem que incêndios na Austrália destruam arte rupestre

Foto: Serviços de Emergência e Incêndio de Queensland

Existe uma grande preocupação com o patrimônio cultural indígena da Austrália, após a descoberta de que um local de arte rupestre em Nova Gales do Sul, na Austrália, foi fatalmente danificado nos recentes incêndios florestais sem precedentes que duram meses. A arte rupestre é uma prática antiga que inclui pinturas, desenhos e gravuras feitas em pedra; alguns dos exemplos mais antigos podem ser encontrados em Nova Gales do Sul. Os recentes incêndios no país colocaram muitos exemplos importantes em perigo .

O local em Nova Gales do Sul, com arte que se pensa ter 500 anos, está situado em terras privadas a oeste da cidade de Armidale, localizada a meio caminho entre Brisbane e Sydney. Ao descobrir os danos, o proprietário da propriedade em que o local da arte rupestre está localizado contactou Steven Ahoy e Callum Clayton-Dixon, representantes da tribo indígena Anaiwan, os proprietários tradicionais da terra. Eles visitaram o local com dois acadêmicos da Universidade da Nova Inglaterra: Mark Moore, professor associado de arqueologia, e Dr. June Ross, professor adjunto da escola de humanidades da universidade.

“O sítio de arte faz parte da paisagem cultural de Anaiwan e está diretamente conectado a outros sítios de arte importantes na área da Nova Inglaterra”, disse Ahoy ao The Guardian . “Esses sítios de arte são muito raros devido ao fato de que foram altamente danificados ou destruídos no passado.”

Há uma preocupação adicional, pois nem todos os locais de arte rupestre em Nova Gales do Sul foram totalmente documentados, o que significa que não há como medir a verdadeira extensão dos danos. Esse sítio só foi oficialmente registrado relativamente recentemente.

Ao avaliar o dano, Ahoy, Clayton-Dixon, Moore e Ross chegaram à conclusão de que o dano nesse local em particular era irreparável. Grandes fragmentos de granito haviam arrancado as rochas no calor e ferramentas de pedra danificadas pelo fogo foram encontradas.

“Esses locais são vulneráveis ​​a mais danos e erosão”, concluiu Moore. “Eles já estavam vulneráveis ​​por causa da seca. Artefatos de pedra foram expostos, espalhados por toda parte no chão, porque não há grama para cobri-los. ”

Ahoy falou da necessidade de retomar as práticas tradicionais de queima de mato, a fim de evitar mais destruição.

“Incêndios e outros padrões climáticos afetaram muito a paisagem”, disse ele. “E nós, como povo de Anaiwan, não tivemos a capacidade ou oportunidade de continuar nossas práticas de gestão da terra.”

A contagem dos danos continuará.

 

Fonte: artnet News

Compartilhar:
Notícias - 18/08/2022

Obras de videoclipe são leiloadas

O clipe de “Lovezinho” não foi apenas o clipe de lançamento do novo álbum da cantora baiana Rachel Reis, Meu …

Notícias - 18/08/2022

Museu vê sua coleção através da ótica queer

Às vezes é preciso revisar a história para incluir aqueles que foram marginalizados ou excluídos. Por isso, a curadora da …

Notícias - 18/08/2022

Itaú Cultural promove curso sobre Realidade Expandida nas Artes

Estão abertas as inscrições para Realidade Expandida nas Artes, curso de extensão realizado em parceria pelo Insper e o Itaú …

Notícias - 17/08/2022

Johnny Depp dirige filme sobre Modigliani

Johnny Depp está cada vez mais se aproximando das artes visuais, agora o artista foi confirmado como dreitor do filme …

Notícias - 17/08/2022

Artistas iraquianos se retiram da Bienal de Berlim em protesto

A Bienal de Berlim emitiu um pedido de desculpas na terça-feira aos artistas iraquianos que protestaram contra uma instalação com …

Notícias - 16/08/2022

Pinacoteca de São Paulo tem nova curadora-chefe

A Pinacoteca de São Paulo anuncia a pernambucana Ana Maria Maia, 38 anos, como a nova curadora-chefe do museu a …

Notícias - 16/08/2022

Testes revelam segredos de pinturas de Vermeer - incluindo sua autenticidade

Duas pinturas de Vermeer foram cientificamente examinadas para uma exposição que será inaugurada na National Gallery of Art (NGA) em …

Notícias - 15/08/2022

Carole Carroompas morre aos 76 anos

A artista Carole Carroompas, cujas pinturas em grande escala e em camadas exploravam literatura, cinema, mito e mídia popular, morreu  …

Notícias - 15/08/2022

Prêmio PIPA divulga ARTISTAS CLASSIFICADOS PARA O SEGUNDO TURNO DO PIPA ONLINE

Assim como nas edições anteriores, o PIPA Online 2022 ocorre em dois turnos. Os 13 artistas que conseguiram mais de 500 votos na …

Notícias - 15/08/2022

Novo filme sobre Salvador Dalí explora sua relação com Gala

Há um novo filme de Salvador Dalí prestes a chegar aos cinemas. Dalíland, estrelado por Sir Ben Kingsley como o surrealista, …

Notícias - 12/08/2022

ArtRio 2022 apresenta artistas e curador do programa SOLO

A ArtRio 2022 terá esse ano 11ª edição do programa SOLO. Trazendo projetos expositivos originais dedicados a um único artista, …

Notícias - 12/08/2022

Esquema de extorsão envolvendo a família Boghici choca o mundo da arte

O mundo da arte está atônito com a revelação do esquema de extorsão montado por Sabine Boghici, estrela de uma …