Escultura voadora movida a energia solar de Tomas Saraceno quebra recordes

ortesia do artista e da Fundação Aerocene. Fotografia do Studio Tomás Saraceno, 2020. Licenciado sob CC BY-SA 4.0 pela Aerocene Foundation.

Tomás Saraceno acaba de ganhar um lugar no Guinness Book of World Records.

O artista argentino quebrou seis recordes mundiais quando seu balão de ar quente totalmente movido a energia solar decolou com sucesso sobre um lago de sal na Argentina. O projeto do artista, com sede em Berlim, foi encomendado pelos astros do K-Pop BTS como parte de sua nova iniciativa global de arte pública.

O artista vem experimentando a criação de um balão de ar quente alimentado apenas pelo calor do sol e do vento há 20 anos. Durante um voo de teste em 25 de janeiro, o balão foi elevado a uma altura de 270 metros por 1 hora e 21 minutos, cruzando uma distância de 2,5 km. A jornada estabeleceu recordes mundiais com a Federação Mundial de Esportes Aéreos quanto à altitude, distância e duração de um voo de balão de ar quente alimentado sem propano. (Os três registros foram contados duas vezes, uma na categoria geral e outra na categoria “feminina”, porque a piloto Letícia Marques é uma mulher.)

Em 28 de janeiro, a estreia oficial da escultura voadora de Saraceno sobre o lago de sal Salinas Grandes foi transmitido ao vivo para cerca de 26.000 espectadores a uma altura de 175 metros e voou por 37 minutos, percorrendo 2,5 km, quebrando o registros anteriores de distância.

Alimentado exclusivamente pelo sol e pelo ar, sem o uso de lítio, painéis solares, hélio ou combustíveis fósseis, o projeto é o resultado histórico de uma colaboração interdisciplinar entre especialistas nas áreas de arte, ciência e ativismo ambiental. O balão de Saraceno estava cheio de ar por ventiladores acionados por pedais e o ar interno era aquecido pelos raios do sol, que eram amplificados pela superfície branca do plano do lago de sal abaixo.

Voe com o Aerocene Pacha: Tomás Saraceno para o Aerocene de 21 a 28 de janeiro de 2020, em Salinas Grandes, em Jujuy, na Argentina, voo livre solar humano como parte do Connect, BTS, com curadoria de DaeHyung Lee. Cortesia do artista e da Fundação Aerocene. Fotografia do Studio Tomás Saraceno, 2020. Licenciado sob CC BY-SA 4.0 pela Aerocene Foundation.

A obra de arte é nomeada Aerocene Pacha, em homenagem à Fundação Aerocene de Saraceno e ao conceito andino do cosmos, pacha, que liga o que está abaixo da superfície da Terra aos confins mais distantes do universo.

O vôo foi um “sonho da jornada” para o artista, que afirma em uma declaração que sua tentativa de gravar – completada 50 anos depois que o homem pousou na lua – é um tipo de viagem “radicalmente diferente”. “Nosso pouso aqui será um pequeno passo no ar, um salto gigantesco para este planeta e seu clima”, diz Saraceno.

O artista espera que o experimento contribua de maneira pequena para mudar a forma como encaramos a mobilidade. Em vez de sempre tentar ir “mais rápido, mais longe”, o Aerocene Pacha se alinha mais de perto aos ritmos naturais do planeta, com a distância e a velocidade inteiramente dependentes do sol e do vento.

Em um momento em que o público está se tornando cada vez mais consciente do impacto ambiental negativo das viagens aéreas e da crise climática, o artista e seus colaboradores visam promover a paciência e pavimentar o caminho para uma abordagem mais ética que depende da energia natural da Terra.

Veja o vídeo do voo:

Fonte: Artnet news

Compartilhar:
Notícias - 19/10/2021

Primeira exposição de arte contemporânea do Egito nas pirâmides de Gizé em 4.500 anos

Pela primeira vez na história, as pirâmides de Gizé servirão de cenário para uma exposição de arte contemporânea. Forever Is …

Notícias - 18/10/2021

17ª SP-Arte aposta em modelo híbrido

Em sua 17ª edição, a SP-Arte – Festival Internacional de Arte de São Paulo, acontece de 20 a 24 de …

Notícias - 18/10/2021

Museus de Viena estão expondo obras no site adulto OnlyFans

Em um esforço para evitar a censura por plataformas de mídia social como Instagram, Facebook e TikTok, o Conselho de …

Notícias - 15/10/2021

Ruas de São Luís recebem performances

Quando corpo e rua se encontram, muitas histórias podem ser contadas e, mais do que isso, podem ser sentidas e …

Notícias - 15/10/2021

Centro do Rio ganha novo espaço de arte

Os cariocas e o Centro do Rio de Janeiro ganham uma nova opção de cultura com conteúdo e lazer. Com …

Notícias - 12/10/2021

Projeto Latitude apoia participação de galerias brasileiras na Frieze London, FIAC Paris 2021 e SP-Arte 2021

Marcando presença em importantes feiras internacionais, cinco galerias brasileiras figurarão em dois eventos de grande prestígio no mês de outubro, …

Notícias - 12/10/2021

Leilão de fotos em NFT destinará arrecadação para ações do SOS Pantanal

Até o dia 16/10 ocorre, virtualmente, o primeiro leilão de fotos em NFT 100% beneficente para ajudar em ações de …

Notícias - 12/10/2021

Museu em Roterdã inaugura ambicioso projeto e abre sua reserva técnica para visitação

O Depot [depósito] Boijmans Van Beuningen deve abrir suas portas no dia 6 de novembro de 2021 – tornando toda …

Notícias - 08/10/2021

Sotheby's anuncia obra prima de Botticelli em leilão

 

Primeiro, em julho de 2019, houve o especulativo Retrato de um Jovem, catalogado como “No estilo de Botticelli”, que foi …

Notícias - 08/10/2021

Feira em Dubai é acusada de censurar "Davi", de Michelangelo

Uma cópia impressa em 3D do David de Michelangelo está no centro da controvérsia em Dubai, onde expositores obscureceram os …

Notícias - 06/10/2021

Descoberta versão casta da "Madonna" de Munch

Na década de 1890, a representação erótica da Madona por Edvard Munch, retratada com as mãos levantadas atrás das costas …

Notícias - 06/10/2021

Mercado de arte contemporânea se recupera com quase três bilhões em vendas no último ano

O mercado de arte contemporânea arrecadou um recorde de US $ 2,7 bilhões em vendas entre junho de 2020 e …