Escultura de Medusa nua vira símbolo do movimento #meetoo e causa polêmica

Na maioria dos casos de violência sexual, sempre se pergunta à vítima: ‘Bom, o que você fez para provocá-lo?’ Questões de roupas ‘provocativas’, consumo de álcool e promiscuidade anterior consistentemente encobrem crimes que deveriam levar o perpetrador a julgamento, não a vítima.

Essa narrativa de culpar a vítima não é nova – pode ser vista em histórias com mais de 2.700 anos. A saber: o mito grego da Medusa. Uma donzela no templo de Atenas, Medusa foi perseguida e estuprada por um ‘deus’ chamado Poseidon. Furiosa, Atena puniu Medusa amaldiçoando-a com uma cabeça de cobras e um olhar que transformava os homens em pedra. Culpada por seu próprio estupro, Medusa acaba sendo decapitada pelo “maior herói grego” Perseu, que exibe sua cabeça como um troféu em seu escudo.

É uma história absurda, que reforça a ideia de que as mulheres são culpadas quando são abusadas sexualmente por homens – uma crença ainda mantida por uma proporção assustadora da sociedade hoje. No entanto, uma escultura de 10 anos do artista Luciano Garbati vira essa narrativa de ponta-cabeça, retratando a Medusa com a cabeça decepada de seu assassino, Perseu.

Na terça-feira (13 de outubro), esta escultura – apropriadamente intitulada “Medusa com a cabeça de Perseu” – foi instalada em Nova York como um símbolo de justiça para sobreviventes de abuso. Em exibição até 30 de abril de 2021, a estátua está localizada do lado de fora do tribunal onde Harvey Weinstein foi a julgamento por sua série de crimes sexuais contra mulheres.

A escultura de 2008 encontrou fama viral em 2018, após o ressurgimento do movimento #MeToo, e rapidamente se tornou um símbolo de resistência. Na inauguração da estátua na terça-feira, Garbati falou sobre as milhares de mulheres que escreveram para ele sobre a escultura, explicando que muitos a consideraram catártica.

A instalação da estátua não passou despercebida de seus críticos. No entanto, muitos questionaram por que uma obra de arte destinada a homenagear o movimento #MeToo – em grande parte liderada por mulheres – foi criada por um homem. O ativista e escritor Wagatwe Wanjuki comentou no Twitter: “#MeToo foi iniciado por uma mulher negra, mas uma escultura de uma personagem europeia feita por um cara é o comentário que fica centralizado?”

De acordo com o The New York Times, outros se perguntam por que – se a estátua é sobre justiça para sobreviventes de agressão sexual – Medusa carregou a cabeça de seu assassino, Perseus, e não de seu estuprador, Poseidon. A resposta para isso está na inspiração de Garbati para a obra, que veio de uma figura de bronze do século 16 de Benvenuto Cellini, chamada “Perseu com a cabeça da Medusa”.

Também foram levantadas questões sobre por que Medusa está nua e retratada como tendo uma figura de modelo. De acordo com Garbati, a razão para isso está no fato de que as representações artísticas da Medusa começaram a se transformar de bestiais em belas no século 5 aC.

“Um homem decidiu que a melhor maneira de representar as vítimas de estupro é uma escultura com um corpo escultural e uma boceta sem pelos”, disse o escritor Kivan Bay.

Falando sobre seus críticos, Garbati disse ao NYT que a estátua tinha adquirido vida própria, fora de sua criação. “Eu diria que estou honrado pelo fato de que a escultura foi escolhida como um símbolo”, disse ele, acrescentando que todo o projeto o ajudou a perceber que ele próprio era um “produto de uma sociedade patriarcal”.

Medusa With The Head of Perseus estará à vista na Center Street, Lower Manhattan, até 30 de abril de 2021, como parte do programa Art in the Parks de NYC.

Fonte e tradução: Dazed Digital.

Compartilhar:
Notícias - 25/02/2021

Carlos Bracher fará retrato ao vivo e à distância com exibição online

Dando continuidade ao projeto Ateliê Casa Bracher, no dia 27 de fevereiro, o pintor mineiro Carlos Bracher fará uma pintura …

Notícias - 25/02/2021

ArtRio abre inscrições para edição 2021

A ArtRio confirma sua 11ª edição, em 2021, e abre inscrições para as galerias nacionais e internacionais que desejarem participar …

Notícias - 24/02/2021

Obras de artistas contemporâneos estão com valores especiais em ação da ABACT

A Associação Brasileira de Arte Contemporânea (ABACT) começa o ano com uma oportunidade única para colecionadores e amantes de arte …

Notícias - 24/02/2021

Obras de arte de Edvard Munch ganham novo museu em Oslo

A primavera foi uma fonte recorrente de inspiração para Edvard Munch, e agora a estação marca um começo especialmente novo …

Notícias - 24/02/2021

O Realismo Mágico em exposição do Georgia Museum of Art

Há muito obscurecido pela ascensão do expressionismo abstrato na década de 1950, o realismo mágico está em alta novamente. O …

Notícias - 24/02/2021

Desenhos não publicados de Dalí lançam luz sobre as conexões dos surrealistas com obras de antigos mestres

Uma nova pesquisa revelou uma estreita ligação entre Salvador Dalí e Leonardo da Vinci. De acordo com um relatório do …

Notícias - 23/02/2021

Série do Inhotim mostra os bastidores do restauro de obra de Hélio Oiticica

Um episódio especial da série Bastidores, do Inhotim, entrou no ar no último sábado, dia 20. Nele, você fica sabendo …

Notícias - 23/02/2021

Eduardo Kobra cria obra com cilindro de oxigênio para arrecadar fundos para o Amazonas

O UniãoBR, movimento de voluntários de todo o Brasil, realizou uma parceria inédita com o artista urbano Eduardo Kobra. Conhecido …

Notícias - 23/02/2021

Espetáculo online apresenta inventário sobre José Leonilson

O espetáculo Ser José Leonilson ganha versão audiovisual ao vivo para ser transmitida em tempos de teatros fechados e programações …

Notícias - 23/02/2021

MIS Experience: destaques da mostra de Leonardo da Vinci

O MIS Experience está novamente aberto para visitas presenciais, e agora com preços reduzidos. Até o dia 28 deste mês …

Notícias - 18/02/2021

Documentários sobre artistas em nova série televisiva

A cineasta Malu de Martino estréia, na próxima quinta-feira, dia 18 de fevereiro, a primeira temporada da série de documentários …

Notícias - 13/02/2021

Flávia Junqueira promove intervenções em quadras de escolas de samba

O vazio deixado nas quadras das escolas de samba e no Sambódromo do Rio de Janeiro será preenchido com intervenções …