Em breve em São Paulo a Casa Bradesco de Criatividade com mostra de Anish Kapoor

Exposição solo de Anish Kapoor na Lisson Gallery

Exposição de Anish Kapoor está prevista para 2021.

O Bradesco e o Cidade Matarazzo anunciam parceria para o lançamento da Casa Bradesco da Criatividade. O complexo cultural será instalado em um dos mais majestosos prédios históricos que compõem o Cidade Matarazzo. Ele englobará a maior sala de exposição privada de São Paulo, um espaço multidisciplinar, um lab para crianças e outro para eventos.

Com curadoria de Marcello Dantas, organizador de algumas das principais exposições artísticas do País nos últimos anos, e do empreendedor Alex Allard, fundador do Cidade Matarazzo e ativista das artes e da criatividade, a Casa Bradesco da Criatividade traz a São Paulo uma nova abordagem da cultura, que busca enfatizar originalidade, singularidade e diversidade. O projeto do complexo é assinado pelo renomado arquiteto francês Rudy Ricciotti, responsável pela concepção do Departamento de Arte Islâmica no Museu do Louvre em Paris, do MUCEM em Marselha, entre outros.

O conceito para as grandes exposições internacionais é trazer artistas e criativos renomados do mundo todo para se inspirarem e desenvolverem sua pesquisa e suas obras no Brasil, deixando um legado para as equipes locais e também revelando a cultura brasileira ao mundo. O primeiro de grandes artistas já selecionados a participar desse processo criativo será o escultor inglês de origem indiana Anish Kapoor, conhecido no Brasil por mostras realizadas no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) do Rio de Janeiro, de Brasília e de São Paulo, em 2006.

Com 1.980 metros quadrados de área expositiva, o local será um dos maiores para eventos de artes plásticas no Brasil.

O artista veio a São Paulo no fim do ano passado para visitar o prédio onde vai criar obras inéditas. Ele terá à disposição um ateliê de 20 mil metros quadrados para a execução das peças. Famoso por criações de grandes formatos, é dele a escultura “Cloud Gate”, uma das maiores e mais caras obras públicas já encomendadas, no mundo, em Chicago, EUA.

Resultado de imagem para anish kapoor

“O Bradesco é um tradicional apoiador da cultura brasileira, por acreditar no seu poder de transformação. O Banco busca projetos que beneficiem a todos os públicos e que gerem conversas sobre temas relevantes, como diversidade, igualdade, sustentabilidade e inclusão. Temos convicção que a Casa Bradesco da Criatividade reflete esse nosso compromisso e estamos confiantes nas entregas deste espaço para a sociedade”, diz Glaucimar Peticov, diretora executiva do Bradesco.

A Casa Bradesco da Criatividade será inaugurada em meados de 2021, compondo o cada vez mais rico e diversificado corredor cultural da Avenida Paulista. Instalada num dos prédios do antigo Hospital Matarazzo, construído em 1918, ela reunirá os seguintes espaços culturais:

Bradesco Aqui

Com 1.980 metros quadrados, será uma das maiores salas de exibição do Brasil. Com curadoria e direção criativa de Marcello Dantas, responsável por exposições como a premiada mostra do artista chinês Ai Weiwei na OCA, o Bradesco Aqui será um campo laboratorial multidisciplinar para fusão e interação entre os maiores pensadores e produtores de arte, design, ciência e novas tecnologias do mundo e a criatividade e a vibração brasileiras, reconhecidas mundialmente. Não serão meras exposições das obras de artistas de outros países – o objetivo é que eles mergulhem fundo no Brasil, por isso o “Aqui” no nome do espaço. Com tempo e condições adequados, os convidados virão conhecer, aprender e trocar com os artistas e a população local e produzirão intensamente durante suas estadas no país. Algo que pretende ser uma experiência que mudará suas visões de mundo e sua produção e, ao mesmo tempo, mudará a visão que o mundo tem sobre o Brasil. 

O primeiro convidado, com o patrocínio do Bradesco, será o artista inglês de origem indiana Anish Kapoor, que terá à sua disposição um ateliê de 20 mil metros quadrados nas proximidades de São Paulo, especialmente montado para que possa produzir seus trabalhos durante o período de imersão no Brasil.

Bradesco Sala 22

Numa referência direta à ideia da antropofagia enunciada na Semana de Arte Moderna de 1922, a Bradesco Sala 22 funcionará 22 horas por dia com uma dinâmica inédita no Brasil. Um mesmo espaço abrigará as mais diversas formas de eventos e atrações, como shows de música, espetáculos multimídia, teatro, dança, aulas de culinária, entre outros. Assim, uma mesma poltrona nessa plateia poderá custar 10 reais para o espectador interessado na leitura de uma peça de teatro ou em uma aula de filosofia às 10h da manhã, ou 300 reais para o recital de um pianista às 20h. Um espaço tão democrático social e culturalmente quanto multifacetado, no qual os denominadores comuns são a diversidade, a alta criatividade e a qualidade. Com 2.990 metros quadrados, a Bradesco Sala 22 terá 540 lugares sentados e capacidade para até 1.500 pessoas em pé.

Clube Bradesco da Criatividade

Espaço dedicado a ajudar as pessoas a digerirem o contemporâneo, onde o novo possa ser discutido e entendido num mundo em acelerada transformação. Mais de 300 metros quadrados dedicados a novas ideias, a novas formas de comportamento e à inovação real e aplicada. Como inspiração, os conceitos de economia circular, a sustentabilidade em seus melhores significados e a reciclagem não apenas de objetos, mas principalmente de crenças e ideias. O Clube receberá palestras, debates, encontros e oficinas.

Creative Kids Lab Bradesco

Espaço com a proposta de ser mais encantador do que a tela de um celular ou game, será voltado a construir essências e significados inspiradores na mente das crianças. Seus 253 metros quadrados serão dedicados a educar os pequenos sobre o mundo contemporâneo, usando a tecnologia para aprofundar descobertas e estimular a criatividade e a sensibilidade. Teremos 8 programas, pensados para que as crianças cresçam como agentes transformadores da sociedade.

Para Alex Allard, idealizador e fundador do Cidade Matarazzo, a parceria com o Bradesco será fundamental para colocar definitivamente São Paulo no mapa da arte mundial e reverberar toda a criatividade e a diversidade que pulsam na cidade e no Brasil. “A Casa Bradesco da Criatividade quer reacender o fogo da criatividade brasileira. Traremos ao país os maiores artistas do mundo, em todas as frentes, para que se inspirem com a força dos criativos e da gente brasileira, para que produzam e aprendam aqui, e compartilhem seu talento, suas visões, suas inquietações e seus desejos com todos os brasileiros”, afirma Allard.

Em 2014, Allard organizou a exposição de arte contemporânea “Invasão Criativa”, celebrando a criatividade de São Paulo no Cidade Matarazzo. Cerca de 100 artistas e 120 mil visitantes contribuíram para trazer de volta à vida o hospital abandonado por mais de duas décadas.

Já Marcello Dantas acredita que a Casa Bradesco da Criatividade terá alto impacto no cenário artístico e no mercado de arte nacionais. “A ideia é que com essa iniciativa o Brasil se transforme em um polo gerador de uma iconografia original que misture traços de nossa identidade com métodos contemporâneos de ponta”, diz Dantas. 

 

Bradesco Cultura

Com centenas de projetos patrocinados anualmente, o Bradesco acredita que a cultura é um agente transformador da sociedade. O Banco apoia iniciativas que contribuem para a sustentabilidade de manifestações culturais que acontecem de norte a sul do País, reforçando o seu compromisso com a democratização da arte. São eventos regionais, feiras, exposições, centros culturais, orquestras, musicais e muitos outros, além do Teatro Bradesco em São Paulo.

O Bradesco reforça seu papel de um dos principais apoiadores da arte e disseminador da cultura do País, com o patrocínio a duas grandes exposições na capital paulista: OSGEMEOS, na Pinacoteca de São Paulo, com abertura programada para 28 de março; e Degas, no MASP, que acontecerá a partir de 30 de outubro.

 

 Cidade Matarazzo

Cidade Matarazzo é hoje o maior projeto de reciclagem urbana na história de São Paulo, que até 2021 transformará o antigo complexo do Hospital Umberto I em um empreendimento multiuso sem precedentes. Segundo Alexandre Allard, “Cidade Matarazzo será um lugar de encontros e descobertas, um lugar gerador de emoções”.

Popularmente conhecido como Hospital Matarazzo, o conjunto de edifícios históricos inclui o Hospital Umberto I (1904), a Maternidade Condessa Filomena Matarazzo (1943) e a Capela Santa Luzia (1922). O terreno ocupa uma área de cerca de 30 mil metros quadrados na região da Paulista, coração da cidade de São Paulo, e foi adquirido por Allard em 2011.  A transformação do Hospital Matarazzo no novo símbolo da cidade está sendo feita com todo respeito à memória do local. As três construções, tombadas pelo patrimônio histórico, que compõem o conjunto, terão suas fachadas e estruturas integralmente preservadas. E nesse sentido, os desafios da engenharia do projeto foram tão impressionantes quanto a sua proposta de valor.

Algumas das mentes mais criativas do mundo colaboram na concepção do Cidade Matarazzo, que inclui um hotel de luxo, uma área comercial, um espaço cultural, o maior parque privado da cidade, e muito mais.

No final de 2020 o edifício da maternidade, onde nasceram mais de 500.000 paulistanos, passará a abrigar o Hotel Rosewood São Paulo, primeiro empreendimento da rede hoteleira mais luxuosa do mundo na América Latina. A torre Mata Atlântica, concebida pelo renomado arquiteto Jean Nouvel (Pritzker Prize), complementará o hotel Rosewood, com um total de 150 quartos e 122 suítes particulares com serviço do hotel. Os interiores são assinados pelo designer francês Philippe Starck, que teve como desafio utilizar somente materiais e fornecedores brasileiros no projeto.

O conjunto do antigo hospital abrigará um espaço comercial que reúne 70 marcas estrangeiras inéditas, cerca de 30 pontos de gastronomia, a Casa Bradesco da Criatividade e 69 casas de artesãos instaladas no jardim, com curadoria de artesanato proveniente dos quatro cantos do Brasil.

Cidade Matarazzo é um projeto revolucionário que deverá se tornar o novo símbolo da cidade de São Paulo.

 

Compartilhar:
Notícias - 28/10/2020

Em fotografia: como a pandemia ressignificou o cotidiano

Por Milena Buarque Lopes Bandeira (Itáu Cultural)
Com o mundo em suspensão, olhares vacilantes e temerosos voltaram-se para dentro. O silêncio …

Notícias - 23/10/2020

Olafur Eliasson projeta 'nossas perspectivas glaciais' como um instrumento astronômico

Artista Olafur Eliasson revela sua última obra de arte pública permanente, ‘nossas perspectivas glaciais’, ao longo da geleira hochjochferner do …

Notícias - 23/10/2020

Pintura de Klimt roubada - enterrada por 20 anos - volta a ser exibida em museu italiano

Descoberto pelo jardineiro da galeria Ricci Oddi no ano passado, o Retrato de uma Senhora será a estrela de uma …

Notícias - 23/10/2020

Vândalos atacaram 70 obras de arte em museus de Berlim em plena luz do dia

Um líquido oleoso foi derramado sobre muitas obras no que foi considerado o pior ataque à arte e antiguidades na …

Notícias - 23/10/2020

Guerra declarada entre museu e herdeiros de Piet Mondrian para recuperação de pinturas no valor de US$ 200 milhões

Como parte de um esforço contínuo de anos para recuperar os direitos de propriedade de várias pinturas criadas pelo modernista …

Notícias - 23/10/2020

Pintura de Jacob Lawrence, desaparecida há décadas, foi encontrada de forma inusitada

O painel do renomado artista negro, parte de sua série “Struggle”, foi visto pela última vez em 1960. Mas alguém …

Notícias - 21/10/2020

SESC SÃO PAULO EM NOVA ETAPA, RETOMADA GRADUAL CONTEMPLA EXPOSIÇÕES, BIBLIOTECAS E EXIBIÇÃO DE FILMES NO CINESESC

 O anúncio da aguardada Fase Verde, a penúltima e mais branda de uma  escala de cinco etapas do Plano São …

Notícias - 16/10/2020

Instituição coloca à venda pintura de David Hockney em meio a tensões financeiras

Na semana passada, a Royal Opera House de Londres anunciou planos de vender o Retrato de Sir David Webster de …

Notícias - 16/10/2020

Itáu Cultural reabre com mostras de Sandra Cinto e ocupação de Rino Levi

O Itaú Cultural (IC) retomou a partir de terça-feira (13) suas atividades presenciais. Neste momento, o público pode visitar as …

Notícias - 16/10/2020

Marina Abramović terá a primeira obra de arte de realidade mista vendida em leilão

Marina Abramović é uma das artistas contemporâneas mais conhecidas do mundo, mas muito de seu trabalho é efêmero: performances que …

Notícias - 16/10/2020

Juíza anuncia nova decisão sobre caso Inhotim e surpreende

O instituto assinou um acordo em 2016 para doar 20 obras de seu acervo ao governo, a fim de reembolsar …

Notícias - 16/10/2020

Como obras redescobertas de velhos mestres vêm de destacando em leilões com números extraordinários?

A Christie’s realizará seu leilão de Velhos Mestres durante as vendas clássicas da semana na sede do Rockefeller Center. Ao …