Documentário sobre Tunga chega aos cinemas

Foto: Gabi Carrera

TUNGA, O ESQUECIMENTO DAS PAIXÕES, estreia nos cinemas em 09 de maio. O escritor e editor Miguel De Almeida dirigiu o documentário sobre o primeiro artista contemporâneo do mundo a ter uma obra no Louvre, em Paris.

Conhecido como Tunga, Antonio José de Barros Carvalho e Mello Mourão nasceu em Pernambuco e estudou arquitetura e urbanismo no Rio, onde desenvolveu sua carreira nas artes plásticas iniciada na década de 70. Filho do poeta e jornalista Gerardo de Mello Mourão e de Léa Barros, uma das mulheres que posou para o quadro As Gêmeas, de Guignard, Tunga investigou literatura, filosofia, psicanálise, teatro, cinema e ciências exatas e biológicas para realizar seu trabalho. Desenhista, escultor e artista performático, Tunga é considerado um dos criadores brasileiros mais representativos da arte contemporânea.

E é por meio das múltiplas ações criativas desse artista plástico e da atuação poética e política de seu pai, que o diretor Miguel De Almeida se serve para contar as relações das principais ideias entre política e arte a partir da década de 1970. É o momento no qual as propostas estéticas/políticas enxergam o Brasil não mais como em busca de sua identidade, mas se enxerga parte integrante do mundo, e nele se quer inserido. Passa a discutir questões identificadas com a humanidade e com o homem; deixa de querer ser regional para se tornar internacional. São ideias e artes que fazem do mundo o seu território.

O filme usa a trajetória de Tunga, e de seus companheiros de viagem, como os artistas Miguel Rio Branco e Cildo Meireles, e o criador de Inhotim, Bernardo Paz, para registrar o reconhecimento internacional das obras artísticas forjadas no Brasil dentro de um caráter internacionalista. Não à toa o filme se inicia com a mostra de Tunga na Pirâmide do Museu Louvre, em Paris, até agora o único artista contemporâneo do mundo a ocupar aquele espaço.

O contraponto de seu pai, Gerardo Melo Mourão, é usado para explicitar o choque do arsenal das ideias políticas e filosóficas relacionadas com a literatura no Brasil do século XX. Do integralismo ao comunismo, da poesia regional à poesia interlocutora da dicção internacional, do papel do intelectual e do homem de ação – são alguns dos temas impressos no percurso de Gerardo Melo Mourão com amplas repercussões nos passos artísticos de Tunga.

Com depoimentos de Miguel Rio Branco, Paulo Sergio Duarte, Cildo Meireles, Bernardo Paz, Murilo Salles, Fernando Sant’Anna, Arthur Omar, Cosmo Tomé da Silva, Leonardo Gomes Guimarães e Zé Mario Pereira, Tunga, o esquecimento das paixões traz um mergulho na melhor ação criativa, responsável hoje pelo reconhecimento do artista como um dos mais expressivos da arte contemporânea mundial.

Compartilhar:
Notícias - 21/10/2020

SESC SÃO PAULO EM NOVA ETAPA, RETOMADA GRADUAL CONTEMPLA EXPOSIÇÕES, BIBLIOTECAS E EXIBIÇÃO DE FILMES NO CINESESC

 O anúncio da aguardada Fase Verde, a penúltima e mais branda de uma  escala de cinco etapas do Plano São …

Notícias - 16/10/2020

Instituição coloca à venda pintura de David Hockney em meio a tensões financeiras

Na semana passada, a Royal Opera House de Londres anunciou planos de vender o Retrato de Sir David Webster de …

Notícias - 16/10/2020

Itáu Cultural reabre com mostras de Sandra Cinto e ocupação de Rino Levi

O Itaú Cultural (IC) retomou a partir de terça-feira (13) suas atividades presenciais. Neste momento, o público pode visitar as …

Notícias - 16/10/2020

Marina Abramović terá a primeira obra de arte de realidade mista vendida em leilão

Marina Abramović é uma das artistas contemporâneas mais conhecidas do mundo, mas muito de seu trabalho é efêmero: performances que …

Notícias - 16/10/2020

Juíza anuncia nova decisão sobre caso Inhotim e surpreende

O instituto assinou um acordo em 2016 para doar 20 obras de seu acervo ao governo, a fim de reembolsar …

Notícias - 16/10/2020

Como obras redescobertas de velhos mestres vêm de destacando em leilões com números extraordinários?

A Christie’s realizará seu leilão de Velhos Mestres durante as vendas clássicas da semana na sede do Rockefeller Center. Ao …

Notícias - 16/10/2020

Escultura de Medusa nua vira símbolo do movimento #meetoo e causa polêmica

Na maioria dos casos de violência sexual, sempre se pergunta à vítima: ‘Bom, o que você fez para provocá-lo?’ Questões …

Notícias - 16/10/2020

Famoso artista chinês desafia fronteira EUA-México para pintar e mostra processo em vídeo

Para o artista contemporâneo Liu Xiaodong, a história pessoal é a maior fonte de inspiração. Sua infância na China rural e …

Notícias - 16/10/2020

Foto impressionante de Vik Muniz é uma homenagem a um grande artista americano

Se você está familiarizado com a arte americana contemporânea, a imagem de uma estação da Standard Oil pode trazer imediatamente …

Notícias - 16/10/2020

A história de vida de Artemisia Gentileschi será tema de uma série de tv

A vida de Artemisia Gentileschi (1593-1652), a grande pintora barroca que é o tema da tão aclamada exposição da London National Gallery, será …

Notícias - 15/10/2020

Exposição na Paulista chega à sexta edição com o tema “Liberdade e Democracia”

Uma realização da União Geral dos Trabalhadores – UGT, A Exposição na Paulista traz 15 obras de 18 artistas de …

Notícias - 13/10/2020

Artistas colorem empenas em BH e marcam maior mural assinado por uma artista indígena no mundo

Em menos de duas semanas, artistas negros e indígenas pintaram empenas gigantes na capital de Minas Gerais levando resistência e afeto …