Destino trágico de musa de Van Gogh é revelado em novo livro

Uma representação de Vincent van Gogh de Sien Hoornik, a única namorada do artista, de 1882. Cortesia: Kröller-Müller Museum, Otterlo.

O especialista em Van Gogh, Martin Bailey, relata a difícil vida de Sien Hoornik.

Em sua curta vida de 37 anos, Vincent van Gogh teve apenas uma namorada, Sien Hoornik, uma prostituta que ele contratou para ser sua modelo. E apenas 21 anos depois do artista ter se matado em um campo no norte da França, Hoornik também morreu por conta própria – assim como ela disse que faria ao artista.

A história, contada no novo livro do especialista em Van Gogh, Martin Bailey, Vivendo com Vincent van Gogh: As casas e paisagens que modelaram o artista (publicado pela White Lion Publishing), desenvolve mais completamente uma história que só era conhecida anteriormente em parte.

Quando Hoornik conheceu o artista, ela era uma mãe solteira grávida. Eventualmente, ela e sua jovem filha mudaram-se para o seu humilde apartamento em Haia, onde ela deu à luz um filho, chamado Willem, em homenagem ao nome do meio do artista, embora ele não fosse o pai.

Cerca de um ano depois que eles começaram a viver juntos, Hoornik disse a Van Gogh que ela havia se tornado uma “prostituta” por acomodação, prevendo que “estava fadada a acabar pulando na água”, relata Bailey.

Hoornik finalmente se afogou em 1904. Embora a acadêmica de Van Gogh, Jan Hulsker, tenha escrito anteriormente sobre seu suicídio, a data e as circunstâncias exatas nunca haviam sido identificadas. Bailey rastreou sua certidão de óbito no arquivo municipal de Roterdã, combinando a data da morte com relatos em um jornal local sobre uma mulher que se afogou.

Hoornik não teve uma vida fácil. Ela perdeu dois filhos na infância, e cada um dos quatro homens que a engravidaram acabou abandonando-a. Embora Van Gogh tenha expressado o desejo de se casar com ela, eles nunca se casaram.

“Eu não quero que ela se sinta abandonada e sozinha por mais uma vez… Eu sinto um amor terno por ela e abraço seus filhos”, escreveu o artista em uma carta para seu irmão, Theo. Van Gogh reconheceu o estado frágil de Hoornik, acrescentando que temia que, se não se casassem, “as dificuldades a farão seguir o mesmo caminho que termina no abismo”.

O atestado de óbito da antiga namorada de van Gogh, Clasina (Sien) Maria Hoornik (22 de novembro de 1904). © Collectie Staadsarchief Roterdão.

Os dois se separaram cerca de 18 meses depois de se conhecerem, em parte porque Hoornik não compartilhava o amor voraz de Van Gogh por arte e literatura – mas também por causa da oposição de Theo ao relacionamento (ele se opunha a que seu irmão se casasse com uma ex-prostituta). Depois que eles terminaram, Hoornik enviou seus dois filhos vivos para serem criados por membros da família.

Em 1901, aos 51 anos, ela finalmente se casou pela primeira vez com Arnoldus Franciscus van Wijk, 11 anos mais novo do que ela. A pesquisa de Bailey revelou um artigo de jornal no qual ele foi solicitado a identificar o corpo exumado de sua esposa uma semana após sua morte, altura em que o corpo estava em estado de decadência.

Compartilhar:
Notícias - 09/04/2021

Inhotim e Arte1 firmam parceria para exibição da série Diálogos

Duas instituições voltadas para a arte acabam de se unir para disseminar conteúdos de qualidade para o público. O Instituto …

Notícias - 08/04/2021

Conheça Bruna Pessoa de Queiroz, presidente da “Usina da Arte”

Ancorada numa tradição cultural “artistocrática”, a família Pessoa de Queiroz revive desde 2015 uma antiga fábrica de cana-de-açúcar perto do …

Notícias - 08/04/2021

Galeria Nara Roesler representa o Brasil na EXPO CHGO ONLINE

Com o apoio do projeto Latitude – Platform for Brazilian Art Galleries Abroad, uma parceria da ABACT (Associação Brasileira de …

Notícias - 08/04/2021

INSTITUTO TOMIE OHTAKE ABRE AS INSCRIÇÕES PARA O 5º PRÊMIO TERRITÓRIOS

Iniciativa idealizada e coordenada pelo Instituto Tomie Ohtake, com patrocínio da Estácio e do Grupo GPS, em parceria com o …

Notícias - 07/04/2021

Conheça o jovem que saiu da Vila Vintém para defender o acesso à cultura em Boston

Como já vem sendo feito há alguns anos, a Brazil Conference at Harvard & MIT 2021, evento criado por …

Notícias - 07/04/2021

Nova galeria de arte vende obras com o tema "identidade"

Inaugurada no mês de celebração ao Dia Mundial das Mulheres, a Pequena Galeria apresenta cinco artistas mulheres de diferentes regiões …

Notícias - 06/04/2021

Obras de Antony Gormley colocadas na praia dividem opiniões

Esperava-se que incentivassem a apreciação da arte contemporânea. Mas, em vez disso, quatro esculturas de ferro de Antony Gormley parecem …

Notícias - 06/04/2021

National Gallery cria sua primeira mostra projetada para telefones celulares

A National Gallery apresentará sua primeira exposição projetada para telefones celulares, permitindo que as pessoas vivenciem com detalhes incríveis uma …

Notícias - 06/04/2021

Visitas aos 100 principais museus e galerias do mundo caem 77% devido a Covid

O número de visitantes nos 100 principais museus e galerias de arte do mundo caiu 77% no ano passado, de …

Notícias - 05/04/2021

Exposição artística mais extensa do mundo é realizada no Caminho de Santiago

“Las Estrellas del Camino” é uma exposição permanente com curadoria de Estrella Galicia e realização da agência AUPA!. A mostra …

Notícias - 05/04/2021

Inscrições para a ArtRio 2021 prorrogadas até 30 de abril

As inscrições para as galerias que desejam participar da 11ª edição da ArtRio foram prorrogadas até o dia 30 de …

Notícias - 31/03/2021

Instituto Cultural Vale lança programa gratuito de formação em Gestão Contemporânea das Artes

O Instituto Cultural Vale lança nesta terça-feira, 30, seu programa de formação em Gestão Contemporânea das Artes. Voltado para profissionais …