Desenho feito por Michelangelo quando tinha 12 anos finalmente é atribuído ao pintor

Um renomado estudioso de arte italiana atribuiu um desenho de ca. 1487 para Michelangelo – e diz que é o trabalho mais antigo conhecido pelo artista até hoje, feito quando o mestre da Renascença tinha apenas 12 anos de idade.

O desenho de tinta marrom e caneta, que mede pouco mais de 10x20cm, retrata um homem de robe sentado em um trono com um cetro em uma mão. Embora o  Homem sentado seja “um pedaço de juvenilia”, o estudioso, Sir Timothy Clifford, disse ao Daily Mail que suas particularidades apontam para o estilo de Michelangelo: “com queixos arredondados e uma linha muito grossa debaixo do nariz … Nenhum outro aluno de Ghirlandaio desenha assim”, disse Clifford sobre o professor do artista, Domenico Ghirlandaio.

Em 1989, um colecionador britânico não identificado comprou o trabalho então não identificado de uma casa de leilões francesa. Quando o historiador de arte Miles Chappell lhe disse que parecia um Michelangelo, o colecionador contatou Clifford, que foi diretor das Galerias Nacionais da Escócia.

Clifford examinou o desenho e, apesar de se assemelhar ao trabalho de outros desenhistas florentinos da época, “há algo a respeito disso que apenas faz a diferença”, disse Clifford ao Daily Mail. “É um objeto fascinante.”

Michelangelo Buonarroti Estudos para a Sibila da Líbia (reto); Estudos para a Sibila da Líbia e um pequeno Esboço para uma Figura Sentada (verso), (c. 1510–11). Cortesia do Metropolitan Museum of Art.

Michelangelo Buonarroti, Estudos para a Sibila da Líbia e um pequeno Esboço para uma Figura Sentada (verso), (c. 1510-11). Cortesia do Metropolitan Museum of Art.

O fato de o desenho ter sobrevivido à vida de Michelangelo é notável por si só. No século 16, Giorgio Vasari escreveu que o artista estava propenso a queimar obras que ele considerava imperfeitas e não queria mostrar os obstáculos que enfrentou quando “testou seu gênio” ao longo dos anos.

O desenho está atualmente emprestado ao Museu de Belas Artes de Budapeste, como parte do espetáculo “Triunfo do Corpo”, até 30 de junho.

O curador da exposição, Zoltán Kárpáti, disse ao Mail : “Tendo em conta que os desenhos de estudo por aprendizes raramente eram preservados, juntamente com a obsessão de Michelangelo de destruir todos os desenhos que já não serviam, o desenho merece um lugar de destaque na obra do mestre ”.

Compartilhar:
Notícias - 11/01/2021

Artista mineira Marina Amaral entra para lista da Forbes

A colorista mineira Marina Amaral entrou para a lista da Forbes dos jovens mais influentes do ano.  A Under 30 …

Notícias - 11/01/2021

Iphan e Polícia Federal resgatam material arqueológico no Acre

Na manhã do dia 5 de janeiro, uma ação conjunta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no …

Notícias - 11/01/2021

Exposição do estilista Tomo Koizumi inicia o Departamento de Moda, Design e Arquitetura da Fundação Iberê

Em 2021, a Japan House São Paulo (JHSP) vai expandir sua presença pelo Brasil, por meio de um projeto de …

Notícias - 11/01/2021

Pinacoteca de São Paulo divulga programação de 2021

 

Em 2021, a Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, …

Notícias - 28/12/2020

Os universos díspares da Rússia contemporânea pelas lentes de Serguei Maksimishin em “O Último Império”

A exposição “O Último Império – Serguei Maksimishin”, que esteve no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, entre dezembro de …

Notícias - 20/12/2020

Consciência diante do perigo: as representações do medo ao longo da História da Arte

Quando Susan Sontag fala que fotografia é sobre dor, ela fala sobre Arte. Quando Susan afirma que “fotos são um …

Notícias - 19/12/2020

São Paulo ganha mural em homenagem às comunidades indígenas afetadas pela pandemia

As Nações Unidas e a ViaQuatro, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela, em São Paulo, se unem …

Notícias - 18/12/2020

Farol Santander abre hoje mostra do artista chileno Iván Navarro

Abre hoje, 18 de dezembro, no Farol Santander São Paulo, a exposição ExFinito, primeira grande mostra individual no país do …

Notícias - 17/12/2020

Conheça os 91 projetos selecionados do Rumos Itaú Cultural 2019/2020

A Dasartes participou na última quarta-feira, 16 de dezembro, na coletiva de imprensa do Itaú Cultural, que anunciou os projetos selecionados …

Notícias - 17/12/2020

REGINA BONI ANUNCIA INAUGURAÇÃO DA GALERIA SÃO PAULO FLUTUANTE EM 2021

Para quem afrontou militares e a extrema direita em plena ditadura nos anos 60, não seria uma pandemia em escala …

Notícias - 17/12/2020

Itaú Cultural lança publicação com trabalhos de artes visuais selecionados em edital

No dia 15 de dezembro entrou no ar, no site do Itaú Cultural, www.itaucultural.org.br, uma publicação virtual que reúne as …

Notícias - 17/12/2020

CASA FIAT DE CULTURA DIVULGA SELECIONADOS PARA EXPOR NA PICCOLA GALLERIA

O 4º Programa de Seleção da Piccola Galleria da Casa Fiat de Cultura já tem os nomes dos artistas selecionados …