Descoberta identidade de comprador de Caravaggio milionário

Era uma conclusão tão surpreendente quanto a proveniência do trabalho em si: Dias antes da pintura Judith Beheading Holefernes, descoberta em um sótão em 2014 e depois atribuída a Caravaggio, que deveria ser vendida em leilão por até US$ 170 milhões, acabou em uma venda privada misteriosa. Agora, o comprador – cuja oferta foi tão boa que “ não podia ser ignorada”, segundo o revendedor que autenticou o trabalho – foi revelado. Ele é o colecionador bilionário de arte J. Tomilson Hill, relata New York Times, citando uma fonte com conhecimento da venda.

A especulação de que Hill foi o comprador anônimo surgiu no início desta semana na publicação francesa Gazette Drout. Até agora, a casa de leilões Marc Labarbe Auctions se recusou a divulgar detalhes sobre o negócio, citando um acordo de confidencialidade. Mas afirmou que o comprador é um colecionador internacional que planeja emprestar o trabalho para um grande museu. Hill não respondeu ao pedido de comentários.

A pintura deveria ser vendida esta semana na casa de leilões de Toulouse, por uma estimativa de € 100 a € 150 milhões (US$ 114 milhões a 171 milhões). Eric Turquin, o negociante e avaliador de Old Master parisiense que autenticou a pintura, disse que a oferta do comprador era “excepcionalmente mais” do que o lance inicial previsto de 30 milhões de euros (US$ 34 milhões).

Hill, o ex-presidente do Blackstone Group, não é estranho a compras extravagantes, e também é um dos poucos colecionadores conhecidos pela primavera tanto para os troféus contemporâneos quanto para os antigos. Ele abriu o Hill Art Foundation, um museu privado no Chelsea, no início deste ano, com uma exposição de obras de Christopher Wool . Em 2015, ele gastou mais de 30 milhões de libras, ou cerca de 44,7 milhões de dólares, em Retrato de um jovem de boné vermelho (1530), de Jacopo Pontormo, que o Ministério da Cultura, Mídia e Esporte da Grã-Bretanha tentou, sem sucesso, manter no país com uma proibição temporária de exportação.

J. Tomilson Hill em seu apartamento em Nova York. Fotografias de Ryan Shorosky, cortesia da Christie’s.

O nova compra ee Hill coloca seus próprios desafios. Os especialistas estão divididos sobre se o trabalho é realmente de Caravaggio, o que tornaria apenas a 66ª pintura do artista em existência. O mundo primeiro aprendeu do trabalho em 2016, quando foi revelado pelo Ministério da Cultura da França. O governo colocou uma proibição de exportação de 30 meses para a pintura, que expirou em dezembro, depois que a França aprovou a compra. Quando a obra foi exposta na Pinacoteca de Brera, em Milão, um historiador de arte renunciou ao conselho em protesto. (O museu apresentou a atribuição a Caravaggio com um asterisco).

Os fiéis no trabalho do pintor citam sua qualidade geral e a presença de pentimentos abaixo da superfície, que mostram como o artista retrabalhou a composição durante sua criação – menos provável em uma cópia.

Alguns suspeitam que Keith Christiansen, o presidente do departamento de pinturas européias da Met, tenha aconselhado Hill na compra. O curador confirmou previamente a autenticidade da pintura, afirmando em um relatório que é “totalmente consistente com o trabalho de Caravaggio” (embora ele reconhecesse que pode ter havido uma “intervenção de segunda mão” em uma área).

Mesmo que o trabalho tenha sido apenas “iniciado por Caravaggio e concluído por outro artista”, como disse o especialista do Old Master Fabrizio Moretti ao Times, sua venda ainda seria um momento marcante no campo de Caravaggio e no mercado de Old Master em geral, especialmente seis pinturas atribuídas ao mestre estão em mãos privadas.

 

Compartilhar:
Notícias - 27/01/2021

Exposição de Luiz Zerbini em Londres ganha tour virtual

Justapondo formas orgânicas e geométricas, as pinturas de Luiz Zerbini exploram a relação entre cor, luz e movimento. Inspirada nas …

Notícias - 27/01/2021

Lixo do Monte Everest transformado em arte?

O Monte Everest é talvez mais conhecido por alguns dos números surpreendentes associados a ele. Ele se eleva quase 30.000 …

Notícias - 26/01/2021

Christal Galeria inaugura em Recife

A Christal Galeria, novo espaço cultural do Recife, abrirá ao público no dia 28 de fevereiro, no bairro do Pina, …

Notícias - 22/01/2021

Em sincronia ao aniversário de SP, artista resgata história do bairro da Liberdade

Liberdade. Liberdade. Liberdade. Essas foram as palavras proferidas por uma multidão de pessoas pretas ao verem a corda que enforcava …

Notícias - 20/01/2021

Horrana de Kássia Santoz assume vaga de curadora na Pinacoteca

Pinacoteca do Estado de São Paulo e a Coleção Ivani e Jorge Yunes comemoram a parceria com a chegada de …

Notícias - 20/01/2021

Curso gratuito de Artes Integradas e Acessibilidade abre inscrições

Já estão abertas as inscrições para o curso Artes Integradas + Educação + Acessibilidade, do projeto Um Novo Olhar. A …

Notícias - 11/01/2021

Artista mineira Marina Amaral entra para lista da Forbes

A colorista mineira Marina Amaral entrou para a lista da Forbes dos jovens mais influentes do ano.  A Under 30 …

Notícias - 11/01/2021

Iphan e Polícia Federal resgatam material arqueológico no Acre

Na manhã do dia 5 de janeiro, uma ação conjunta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no …

Notícias - 11/01/2021

Exposição do estilista Tomo Koizumi inicia o Departamento de Moda, Design e Arquitetura da Fundação Iberê

Em 2021, a Japan House São Paulo (JHSP) vai expandir sua presença pelo Brasil, por meio de um projeto de …

Notícias - 11/01/2021

Pinacoteca de São Paulo divulga programação de 2021

 

Em 2021, a Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, …

Notícias - 28/12/2020

Os universos díspares da Rússia contemporânea pelas lentes de Serguei Maksimishin em “O Último Império”

A exposição “O Último Império – Serguei Maksimishin”, que esteve no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, entre dezembro de …

Notícias - 20/12/2020

Consciência diante do perigo: as representações do medo ao longo da História da Arte

Quando Susan Sontag fala que fotografia é sobre dor, ela fala sobre Arte. Quando Susan afirma que “fotos são um …