Crítica de arte quebra acidentalmente uma escultura de 19 mil dólares na Zona Maco

Os truques ágeis e sinistros de Gabriel Rico (Para serem preservados sem escândalo e corrupção) I (2018) antes de serem destruídos. © GABRIEL RICO / CORTESIA OMR, CIDADE DO MÉXICO

Uma crítico de arte mexicana destruiu uma escultura de um dos artistas emergentes do país em sua mais importante feira de arte no sábado. A grande obra de vidro de Gabriel Rico foi a peça central do estande da Galería OMR, na Cidade do México, na Zona Maco – pelo menos até a intervenção da crítica de arte Avelina Lésper.

A escultura – que apresentava uma bola de futebol, uma bola de tênis, uma pedra e outros objetos encontrados aparentemente suspensos em um suporte de vidro – tornou-se pilha de objetos no chão, cercada por detritos e estilhaços de vidro. A crítica estava conduzindo uma visita guiada à feira quando, segundo a Artnet News, ela colocou uma lata de Coca-Cola em um dos elementos de pedra para tirar uma foto como crítica do trabalho.

Lésper se defendeu, dizendo a Milenio,  o jornal da Cidade do México para o qual ela escreve, que colocou a lata perto, mas não sobre a escultura quando se quebrou. “Eu tinha uma lata de refrigerante vazia, tentei colocá-la em uma das pedras, mas o trabalho explodiu”, disse ela. “Foi como se o trabalho tivesse ouvido meu comentário e sentido o que eu pensava.” Ela negou pôr em risco deliberadamente o trabalho.

“Estamos muito tristes e decepcionados com o que aconteceu hoje”, disse a OMR em um comunicado no Instagram, acompanhado por uma imagem das consequências. “Não entendemos como uma suposta crítica profissional de arte destruiu uma obra.” A galeria culpou Lésper por se aproximar demais da escultura, acrescentando que ela mostrava “uma enorme falta de profissionalismo e respeito” pelo artista, cujo trabalho foi incluído na exposição central da Bienal de Veneza 2019.

O trabalho de 2018, intitulado  Nimble and Sinister Tricks foi avaliado em US $ 19.000. Não está claro se Rico recriará o trabalho ou quem pagará por ele. “Estou triste porque isso foi muito desrespeitoso com as peças”, disse o artista em comunicado. “Esta é uma situação lamentável.”

A crítica de arte sugeriu que a galeria vendesse o trabalho quebrado, comparando sua destruição com o destino do Large Glass de Marcel Duchamp (quando a famosa escultura de vidro do artista francês foi acidentalmente danificada durante o transporte, ele respondeu que agora estava completa). O caso logo começou a aparecer nas mídias sociais, com algumas pessoas culpando o trabalho, e não a crítica, por sua queda, dizendo que o vidro estava muito fraco e que Lésper estava certa em seu argumento.

O artista de Guadalajara, Gabriel Rico, nascido em 1980, costuma usar objetos encontrados em suas instalações cuidadosamente arranjadas, que combinam referências ao surrealismo, arte povera e cultura popular.

Fonte: Artnet News

Compartilhar:
Notícias - 02/08/2021

Artista transforma boate em um pântano 3D

Parece familiar e estranho ao mesmo tempo. Muitos berlinenses passaram pela Berghain, a casa noturna mais famosa da Alemanha, mas …

Notícias - 30/07/2021

Artefatos indígenas falsos estão sendo vendidos por museus e galerias canadenses

Um negociante canadense admitiu vender arte indígena fraudulenta a várias lojas de museus e outras empresas de arte na Colúmbia …

Notícias - 30/07/2021

Em chamas: Trágedia atinge a história da Cinemateca Brasileira

Na noite de quinta-feira, 29 de julho de 2021, a Cinemateca Brasileira foi engolida pelas chamas na zona oeste de …

Notícias - 29/07/2021

road-movie de Lúcia Murat investiga artistas latinoamericanas

Livremente inspirado na peça “Há mais futuro que passado” o road-movie “Ana. Sem Título”, da diretora Lúcia Murat (“Praça Paris”, …

Notícias - 29/07/2021

Conheça alguns dos artistas já definidos para a Bienal de Veneza

O fluxo de e-mails anunciando quais artistas estão representando seus respectivos países na Bienal de Veneza de 2022 tem sido …

Notícias - 29/07/2021

Galeria Marília Razuk exibe projeto a partir de diálogo entre artistas

Trazer ao público o processo de uma exposição que se desdobra no espaço e no tempo por meio de módulos …

Notícias - 29/07/2021

Prêmio PIPA anuncia Exposição dos Vencedores de 2020

Com uma trajetória de mais de dez anos no cenário da arte contemporânea, o Prêmio PIPA, uma iniciativa do Instituto …

Notícias - 28/07/2021

Sesc São Paulo promove exposição com obras de artistas indígenas

Encontros Ameríndios, exposição que entra em cartaz no Sesc Vila Mariana a partir do dia 31 de julho, traz um …

Notícias - 27/07/2021

Galeria Arte132 abre em São Paulo com exposição de Alex Flemming

Com foco na produção artística brasileira, a Arte132, galeria comandada por Telmo Porto abre suas portas em Moema, zona sul …

Notícias - 27/07/2021

Conheça os artistas e as obras da abertura dos Jogos Olímpicos de Tóquio

Enquanto a estrela do tênis japonesa Naomi Osaka carregava a tocha olímpica escada acima durante a cerimônia de abertura dos …

Notícias - 27/07/2021

Instituto Artium abre as portas em São Paulo

O Instituto Artium, entidade cultural sem fins lucrativos, fundada em 2019, abre as portas para o público com exposição coletiva …

Notícias - 22/07/2021

Instituições anunciam iniciativa colaborativa para o mundo da arte no combate às mudanças climáticas

Os lobistas da indústria das artes Gallery Climate Coalition (GCC), a casa de leilões global Christie’s (membro do GCC) e …