CONHEÇA OS GANHADORES DO 10º PRIX PHOTO ALIANÇA FRANCESA

1º Lugar do 10º Prix Photo Aliança Francesa com a série “O sol só vem depois”, de José Roberto Bassul (Brasília, DF)

A décima edição do Prix Photo Aliança Francesa, concurso nacional de fotografias realizado pela Aliança Francesa, sob o tema “Reflexos” apresenta os vencedores do concurso, que recebeu mais de 680 portfólios de participantes inscritos este ano.

O vencedor do júri oficial foi o fotógrafo José Roberto Bassul (Brasília, DF) com a série “O sol só vem depois”, que será premiado com viagem a Paris com direito a acompanhante. A segunda colocada foi a fotógrafa Ilana Bar (Atibaia, SP) com a série “Metamorfose”. O prêmio do júri popular foi concedido à Jota Barbosa (Afuá, PA), pelo ensaio “Reflexos da água”. Além dos dois primeiros colocados, destacou-se os ensaios “ANOMIA / Urbs_opsis”, de Luiz Baltar (Rio de Janeiro, RJ) e “Popularmente desconhecido”, de Ana Maria Antonelli da Veiga (Brasília, DF), aos quais foi conferida uma menção honrosa.

Considerada a maior ONG cultural do planeta com DNA de cultura colaborativa, a Aliança Francesa completou 135 anos de presença no Brasil em 2020 e para além do ensino de idioma, oferece um rico leque de atividades culturais, como o Prix Photo Aliança Francesa, concurso nacional de fotografias em sua 10ª edição. O concurso é aberto a fotógrafos profissionais e amadores, e busca valorizar propostas artísticas originais, experimentais, sejam abstratas ou documentais, e que possam oferecer um olhar diferenciado sobre as temáticas atuais propostas pelo concurso e que representam um eco das grandes questões de nosso tempo.

Para essa edição foi escolhido o tema “Reflexos”, ilustrado por uma fotografia da série “Terra d’água” do fotógrafo Benoît Fournier, ganhador da edição de 2013. O reflexo se encontra nas bases da fotografia, desde sua invenção no século XIX: nos primeiros experimentos, para se produzir uma foto era necessário captar o reflexo da luz sob uma superfície. Apesar das muitas mudanças desse dispositivo até o surgimento das câmeras digitais e smartphones, a fotografia continua sendo feita de reflexos: reflexos das novas vivências e subjetividades, reflexos de uma sociedade transformada pelas tecnologias, reflexos das novas práticas artísticas e suas infinitas possibilidades. Mesmo nesse momento de crise mundial, a fotografia continua sendo uma das principais ferramentas para retratar e denunciar os reflexos da pandemia nas relações humanas. Nessa décima edição do Prix Photo Aliança Francesa, o tema Reflexos propõe uma reinterpretação da essência da fotografia diante das transformações do mundo contemporâneo e dos desafios atuais.

2° lugar: “Metamorfose”, de Ilana Bar (Atibaia, SP)

Realizado pela rede das Alianças Francesas do Brasil, em parceria com a Air France e do Hotel Santa Teresa, o Prix Photo Aliança Francesa irá premiar o 1° lugar com uma viagem com acompanhante para Paris com bilhetes Air France. O 2° lugar recebe um fim de semana para duas pessoas no Santa Teresa Hotel RJ MGallery e o vencedor do prêmio do júri popular ganha uma bolsa de um semestre na Aliança Francesa. O concurso conta com apoio do Foto Rio, um dos mais importantes festivais de fotografia da América do Sul, da Revista Francesa Halogénure, a Rede Francesa de fotógrafos Réseau Diagonal.

No júri fizeram parte Benoit Capponi, fotógrafo, fundador e membro do conselho da Revista Francesa Halogénure, voltada para a fotografia analógica e processos experimentais; Erika Negrel, secretária geral do Réseau Diagonal, rede que reúne locais de exibição, prática e produção fotográfica na França; a fotógrafa Erika Tambke, que integra a equipe de coordenação do FotoRio 2020 e coordena a Semana de Ocupação Visual/FotoRio desde 2019; Eugênio Sávio – professor de fotografia e fotojornalismo, fotógrafo na área editorial e organizador do Festival de Fotografia de Tiradentes; João Kulcsár – professor, autor e curador de exposições fotográficas; Marina Alves – fotógrafa e cientista social, professora de fotografia e componente da Comissão de Mulheres organizadora do Festival FotoRio 2018; e Nicolas Henry, consagrado fotógrafo francês que já expôs na Galeria AF em 2019 e organizador do festival PhotoClimat.

Prêmio júri popular: “Reflexos da água”, de Jota Barbosa (Afuá, PA)

O RESULTADO

O Prix Photo Aliança Francesa chegou aos seus 10 anos em 2020, no mesmo momento em que o mundo passou a enfrentar uma das maiores pandemias já vistas. A crise sanitária internacional sem precedentes que ainda nos assola trouxe mudanças em todas as esferas da sociedade, mas principalmente para a cultura e para as artes em suas mais diversas formas. Artistas de todo mundo tiveram que se reinventar para continuar produzindo e dialogando com seus públicos, assim como a rede de Alianças Francesas no Brasil.

Apesar do cenário, é com grande alegria que recebemos mais de 680 candidaturas para essa 10ª edição do concurso. O grande número de propostas, as mais diversas possíveis, provou que mesmo em um dos momentos mais desafiadores da nossa história recente, podemos encontrar nas expressões artísticas um meio para dar voz às nossas angústias e esperanças, compartilhando com nossas visões de mundo, mesmo que tenhamos que nos distanciar fisicamente.

Menção honrosa: “Popularmente desconhecido”, de Ana Maria Antonelli da Veiga (Brasília, DF)

O tema dessa edição, Reflexos, propôs uma reinterpretação da essência da fotografia diante das transformações do mundo contemporâneo e dos desafios atuais. O reflexo se encontra nas bases da fotografia, e apesar das muitas mudanças desse dispositivo, a fotografia continua sendo feita de reflexos: reflexos das novas vivências e subjetividades, reflexos de uma sociedade transformada pelas tecnologias, reflexos das novas práticas artísticas e suas infinitas possibilidades.

Seja a partir de uma interpretação mais literal ou metafórica do Reflexo, selecionar os vencedores entre as centenas de candidaturas de alta qualidade recebidas se provou uma tarefa árdua. Reafirmamos nosso desejo de promover a criação jovem brasileira contemporânea e apoiar o surgimento de novos artistas, garantindo a paridade e diversidade das formas artísticas apresentadas.
Nessa edição, celebramos também novas parcerias com instituições, festivais e coletivos fotográficos, principalmente na França, mostrando que apesar de estarmos fisicamente distantes, podemos estar mais unidos do que nunca, trabalhando juntos para difundir a produção fotográfica brasileira no país e no mundo.

Menção honrosa: “ANOMIA / Urbs_opsis”, de Luiz Baltar (Rio de Janeiro, RJ)

Compartilhar:
Notícias - 24/06/2021

Christie’s e Sotheby’s passam a aceitar criptomoeda para itens de grande valor

Em mais um sinal de que a criptomoeda está fazendo incursões nos escalões superiores do mercado de arte, a Sotheby’s …

Notícias - 24/06/2021

Mostra Brasileires entrega murais gigantes assinados por Laerte e Jean Wyllys

No mês em que se comemora o Orgulho LGBTQIA+, a Mostra Brasileires, conjunto de seis laterais de edifícios na região …

Notícias - 24/06/2021

Bandeira do arco-íris original de 1978 é instalada permanentemente em museu

Um segmento da bandeira do arco-íris original, projetada e criada pelo falecido artista Gilbert Baker para a Parada do Dia …

Notícias - 24/06/2021

Frestas - Trienal de Artes anuncia lista de artistas

Trazer para a prática o debate sobre economias de acesso, refletir sobre as políticas e poéticas de exibição, investigar quais …

Notícias - 23/06/2021

MUSEU TRANSGÊNERO DE HISTÓRIA E ARTE (MUTHA) INAUGURA SEU WEBSITE

O Museu Transgênero de História e Arte (MUTHA) inaugurou, dia 01 de Junho de 2021, seu primeiro Portal para a …

Notícias - 22/06/2021

Nasce a Zipper Open

Focada no mercado de arte secundário, a Zipper Open apresenta em sua exposição inaugural alguns dos grandes nomes da arte …

Notícias - 22/06/2021

Instituto de Arte Contemporânea de Ouro Preto lança Ocupa/ia com mostras virtuais de artistas

Em resposta aos desafios decorrentes do COVID-19 e seus efeitos no setor cultural, o ia – Instituto de Arte Contemporânea …

Notícias - 20/06/2021

ação performática que (d)enuncia as mortes por COVID-19 É reativada pela soma de 500 mil óbitos

A performance Quase-Oração realizará, de 25 de junho a 5 de julho, a sua última etapa de reativação com a …

Notícias - 17/06/2021

Edital seleciona artistas para residência na Fundação Iberê

A Fundação Iberê abre no dia 20 de junho (domingo) as inscrições para o Edital Iberê/CMPC 2021. Com patrocínio da …

Notícias - 17/06/2021

MIQUEL BARCELÓ realiza performances em MÁLAGA

As performances artísticas de Miquel Barceló são conhecidas por uma estética que fica a meio caminho entre as pinturas rupestres …

Notícias - 16/06/2021

Obra de Victor Brecheret será leiloada

A escultura de Victor Brecheret, uma das mais primorosas do artista, integrará leilão virtual (www.vmescritarteleiloes.com.br), nos dias 22 e 23 …

Notícias - 16/06/2021

Trabalho final e póstumo do artista Christo tem data confirmada

O trabalho final do artista plástico Christo, falecido no ano passado aos 84 anos, está um passo mais perto de …