Conheça o artista africano que está se tornando a estrela de leilões

Amoako Boafo’s, Sleepy Lady (2019). Courtesy Phillips.

Em fevereiro, a casa de leilões Phillips apresentou uma pintura do artista nascido em Ghani, Amoako Boafo, em sua venda noturna de arte contemporânea em Londres, marcando a primeira vez que uma tela do cobiçado artista do mercado primário aparecia em leilão. O trabalho alcançou um total de £ 675.000 (US$ 881.550), superando em muito a estimativa de pré-venda de £ 30.000 a £ 50.000 (US$ 38.700- $ 64.500). Agora, a Phillips tem outro trabalho de Boafo, o segundo a chegar ao mercado até o momento, em uma venda contemporânea on-line temática de apenas 24 lotes, denominada Shaping the Surface.

Sleepy Lady (2019), de Boafo, um trabalho concluído em 2019, estimado entre 15.000 a 20.000 libras, lidera a venda com uma oferta de £ 85.000 libras, mais de cinco vezes a sua estimativa baixa. Com os lances ainda abertos, poucos esperam que a venda termine com os 24 lances já lançados. A venda terminou às 14:00, horário de Londres, desta quinta-feira, 21 de maio.

O trabalho já mudou de mãos duas vezes. O expedidor comprou a obra de uma coleção particular em Viena. Semelhante à série da Diáspora Negra, amplamente reconhecida pelo artista, um grupo de retratos figurativos com a abordagem de Boafo para documentar a negritude e representar a imagem negra, a obra é um exemplo forte do estilo distintivo de Boafo. Boafo foi educado na Academia de Belas Artes de Viena. Ele cita o retrato do modernista Egon Schiele como uma referência histórica importante em sua prática e entre suas influências contemporâneas, nomes como Lynnette Yiadom-Boakye, Jordan Casteel e Kerry James Marshall.

Amoako Boafo biography | Mariane Ibrahim Gallery

A ascensão de Boafo à proeminência vem da convergência de duas tendências de mercado. Uma é a demanda sustentada por pintura figurativa; o outro é um interesse contínuo em pintores de ascendência africana. O fato de Boafo inspirar simultaneamente o modernismo europeu e as imagens que faltam no vasto cânon da história de arte centrada na Europa faz com que seu trabalho pareça quase projetado para o sucesso do mercado. A resposta do mercado foi imediata, com trabalhos recentes fora do mercado primário sendo lançados na Phillips em resposta direta a eventos de marketing como a edição de 2019 da Art Basel Miami Beach.

A virada de Boafo veio com o apoio dos colecionadores contemporâneos Don e Mera Rubell, de Miami, que acrescentaram o trabalho do artista de 36 anos às propriedades de seu museu particular e o selecionaram para seu programa de residência artística financiado pela Fundação Knight. O artista também está sendo colecionado por instituições públicas. No ano passado, o City Museum de Miami comprou o Brinco azul cobalto de Boafo por US$ 44.000 e, na feira FIAC de Paris em outubro de 2019, a galeria Mariane Ibrahim vendeu a Monica (2019) de Boafo por US$ 18.000.

Ganhador do Prêmio Walter Koschatzky de Arte em 2017, o apoio institucional de Boako inclui a coleção permanente do Museu de Arte Hessel do Bard College e do Museu Albertina de Viena.

Fonte e tradução: Art Market Monitor.

Compartilhar:
Notícias - 16/10/2020

Instituição coloca à venda pintura de David Hockney em meio a tensões financeiras

Na semana passada, a Royal Opera House de Londres anunciou planos de vender o Retrato de Sir David Webster de …

Notícias - 16/10/2020

Itáu Cultural reabre com mostras de Sandra Cinto e ocupação de Rino Levi

O Itaú Cultural (IC) retomou a partir de terça-feira (13) suas atividades presenciais. Neste momento, o público pode visitar as …

Notícias - 16/10/2020

Marina Abramović terá a primeira obra de arte de realidade mista vendida em leilão

Marina Abramović é uma das artistas contemporâneas mais conhecidas do mundo, mas muito de seu trabalho é efêmero: performances que …

Notícias - 16/10/2020

Juíza anuncia nova decisão sobre caso Inhotim e surpreende

O instituto assinou um acordo em 2016 para doar 20 obras de seu acervo ao governo, a fim de reembolsar …

Notícias - 16/10/2020

Como obras redescobertas de velhos mestres vêm de destacando em leilões com números extraordinários?

A Christie’s realizará seu leilão de Velhos Mestres durante as vendas clássicas da semana na sede do Rockefeller Center. Ao …

Notícias - 16/10/2020

Escultura de Medusa nua vira símbolo do movimento #meetoo e causa polêmica

Na maioria dos casos de violência sexual, sempre se pergunta à vítima: ‘Bom, o que você fez para provocá-lo?’ Questões …

Notícias - 16/10/2020

Famoso artista chinês desafia fronteira EUA-México para pintar e mostra processo em vídeo

Para o artista contemporâneo Liu Xiaodong, a história pessoal é a maior fonte de inspiração. Sua infância na China rural e …

Notícias - 16/10/2020

Foto impressionante de Vik Muniz é uma homenagem a um grande artista americano

Se você está familiarizado com a arte americana contemporânea, a imagem de uma estação da Standard Oil pode trazer imediatamente …

Notícias - 16/10/2020

A história de vida de Artemisia Gentileschi será tema de uma série de tv

A vida de Artemisia Gentileschi (1593-1652), a grande pintora barroca que é o tema da tão aclamada exposição da London National Gallery, será …

Notícias - 15/10/2020

Exposição na Paulista chega à sexta edição com o tema “Liberdade e Democracia”

Uma realização da União Geral dos Trabalhadores – UGT, A Exposição na Paulista traz 15 obras de 18 artistas de …

Notícias - 13/10/2020

Artistas colorem empenas em BH e marcam maior mural assinado por uma artista indígena no mundo

Em menos de duas semanas, artistas negros e indígenas pintaram empenas gigantes na capital de Minas Gerais levando resistência e afeto …

Notícias - 02/10/2020

Como a arte inspira o cinema e o cinema inspira a arte?

Como os artistas contemporâneos do cinema conseguiram trazer os temas e técnicas das maiores pinturas para o grande ecrã

O 77º …