Conheça as exposições e museus mais visitados de 2018

File (Festival de Linguagem Eletrônica) no CCBB Rio de Janeiro fica em 11º lugar na pesquisa.

Quase duas décadas se passaram desde que o Metropolitan Museum of Art, em Nova York, liderou a pesquisa anual de exibição de exposições do The Art Newspaper com sua mostra de 2001 na Vermeer e na Delft School. A instituição norte-americana fez uma reintegração espetacular em nossa tabela de classificação este ano, não apenas com as duas exposições mais populares de 2018. Heavenly Bodies: Fashion e a Catholic Imagination, um Instituto de Figurinos mostram que mesclaram obras de arte religiosas – incluindo 42 peças eclesiásticas da sacristia da Capela Sistina, com alta costura, foi visto por cerca de 1,7 milhões de pessoas (10.919 visitantes por dia), quebrando o recorde anterior do Met definida em 1978 com tesouros do rei Tutancâmon (quase 1,4 milhões).

A maior exposição já montada pelo museu, Heavenly Bodies foi vista por cerca de 1,43 milhões de pessoas no principal local da Met Avenue na Quinta Avenida e mais 230.000 viajaram para Washington Heights para ver sua continuação no Met Cloisters. De acordo com o museu, a mostra ajudou a estabelecer um novo recorde de público para o Cloisters (349.513 no total).

O outro grande sucesso de bilheteria do Met em 2018 foi Michelangelo: Desenhista e Designer Divino (7.893 visitantes por dia), que apresentou escultura, uma pintura e mais de 100 desenhos do mestre da Renascença, bem como uma réplica digital do teto da Capela Sistina, que ocupa o segundo lugar em nossa pesquisa.

O Smithsonian American Art Museum, em Washington, DC, ajudou os EUA a garantir um top 3 com a apresentação gratuita de instalações coloridas do artista coreano Do Ho Suh. Um favorito entre os usuários do Instagram, 7.853 visitantes por dia mergulharam em suas esculturas de tecido em grande escala.

Veja abaixo a tabela das 20 exposições mais vistas do mundo em 2018.

20 principais exposições

O Museu de Xangai, que possui vastas salas de exposição, recebeu cinco das dez exposições mais populares em 2018, incluindo apresentações compostas exclusivamente por coleções de museus estrangeiros. Sua mostra de obras-primas da Tate Britain de Londres atraiu 7.126 visitantes por dia (cerca de 618.000 no total), o que não apenas a torna a quarta exposição mais popular na pesquisa, mas tem o acréscimo de ser o programa mais visitado da instituição no Reino Unido. O museu chinês também colaborou com a Galeria Estatal Tretyakov, em Moscou, para trazer pinturas de um grupo de realistas russos do século 19 para Xangai para uma exposição especial. A mostra do Wanderers atraiu 6.666 visitantes por dia para o museu chinês. Nenhuma das exposições montadas por museus do Reino Unido apareceu nos 20 melhores.

A Fondation Louis Vuitton em Paris e a NGV International de Melbourne se beneficiaram ambas pelo Museu de Arte Moderna (MoMA) na decisão de Nova York de enviar trabalhos da sua coleção para o estrangeiro durante as suas obras de construção. Suas mostras do MoMA atraíram 5.171 e 3.312 visitantes diários para os museus franceses e australianos, respectivamente. Enquanto isso, o desejo do MoMA de entregar todo o seu espaço de exposição no sexto andar para Adrian Piper se mostrou popular, já que o trabalho do artista norte-americano, que aborda questões como racismo e sexismo, foi um sucesso surpreendente (3.993 visitantes por dia).

Os dez museus de arte mais populares

Top 10 museus de arte mais populares

Fonte: The Art Newspaper

Compartilhar:
Notícias - 27/01/2021

Exposição de Luiz Zerbini em Londres ganha tour virtual

Justapondo formas orgânicas e geométricas, as pinturas de Luiz Zerbini exploram a relação entre cor, luz e movimento. Inspirada nas …

Notícias - 27/01/2021

Lixo do Monte Everest transformado em arte?

O Monte Everest é talvez mais conhecido por alguns dos números surpreendentes associados a ele. Ele se eleva quase 30.000 …

Notícias - 26/01/2021

Christal Galeria inaugura em Recife

A Christal Galeria, novo espaço cultural do Recife, abrirá ao público no dia 28 de fevereiro, no bairro do Pina, …

Notícias - 22/01/2021

Em sincronia ao aniversário de SP, artista resgata história do bairro da Liberdade

Liberdade. Liberdade. Liberdade. Essas foram as palavras proferidas por uma multidão de pessoas pretas ao verem a corda que enforcava …

Notícias - 20/01/2021

Horrana de Kássia Santoz assume vaga de curadora na Pinacoteca

Pinacoteca do Estado de São Paulo e a Coleção Ivani e Jorge Yunes comemoram a parceria com a chegada de …

Notícias - 20/01/2021

Curso gratuito de Artes Integradas e Acessibilidade abre inscrições

Já estão abertas as inscrições para o curso Artes Integradas + Educação + Acessibilidade, do projeto Um Novo Olhar. A …

Notícias - 11/01/2021

Artista mineira Marina Amaral entra para lista da Forbes

A colorista mineira Marina Amaral entrou para a lista da Forbes dos jovens mais influentes do ano.  A Under 30 …

Notícias - 11/01/2021

Iphan e Polícia Federal resgatam material arqueológico no Acre

Na manhã do dia 5 de janeiro, uma ação conjunta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no …

Notícias - 11/01/2021

Exposição do estilista Tomo Koizumi inicia o Departamento de Moda, Design e Arquitetura da Fundação Iberê

Em 2021, a Japan House São Paulo (JHSP) vai expandir sua presença pelo Brasil, por meio de um projeto de …

Notícias - 11/01/2021

Pinacoteca de São Paulo divulga programação de 2021

 

Em 2021, a Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, …

Notícias - 28/12/2020

Os universos díspares da Rússia contemporânea pelas lentes de Serguei Maksimishin em “O Último Império”

A exposição “O Último Império – Serguei Maksimishin”, que esteve no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, entre dezembro de …

Notícias - 20/12/2020

Consciência diante do perigo: as representações do medo ao longo da História da Arte

Quando Susan Sontag fala que fotografia é sobre dor, ela fala sobre Arte. Quando Susan afirma que “fotos são um …