Banksy cria nova obra no metrô de Londres e mostra tudo em vídeo

Estênceis inspirados no universo coronavírus no metr apresentam ratos com máscaras cirúrgicas e desinfetante para as mãos

Banksy entrou no debate sobre máscaras com seu último trabalho tipicamente lúdico: uma série de estênceis no metrô de Londres que mostram seus ratos de marca registrada lutando para aceitar as máscaras cirúrgicas.

Em um vídeo postado em sua página no Instagram, o artista de rua é visto entrando em uma carruagem de trem subterrâneo enquanto está vestido como um membro da equipe de limpeza antes de pintar os ratos, que são vistos usando máscaras como pára-quedas e desinfetante para as mãos.

Ele está em um trem que se aproxima da Baker Street e é mostrado editando o vídeo com o título London Underground – passando por uma limpeza profunda.

Banksy pinta um rato espirrando, enquanto outro luta para colocar uma máscara e no final do vídeo ele solta as palavras “Eu fico preso, mas levanto de novo”, tocando no hit Tubthumping de Chumbawamba em 1997 , que toca ao fundo.

A Transport for London confirmou na terça-feira à noite que o trabalho foi removido “alguns dias atrás” devido à rígida política anti-graffiti, mas que seria bem-vindo a Banksy para recriar sua mensagem “em um local adequado”.

O trabalho ocorre quando o governo modifica e muda sua abordagem para tornar obrigatórios os revestimentos faciais nas lojas. Na sexta-feira, Boris Johnson usava uma máscara em público e discutiu a possibilidade de eles se tornarem obrigatórios, antes que Michael Gove negasse que esse fosse o plano no domingo.

48 horas depois, porém, Matt Hancock, secretário de saúde e assistência social, confirmou em um comunicado do Commons que os compradores seriam obrigados a usar mascaras de rosto na Inglaterra, com a legislação entrando em vigor na sexta-feira, 24 de julho.

O revestimento de rosto se tornou uma exigência no transporte público na Inglaterra em 15 de junho.

Com a legenda “Se você não mascarar-se – você não entende”, o vídeo de Banksy é o primeiro novo post do artista desde o início de junho, quando ele respondeu à estátua de Edward Colston sendo removido e jogado no porto em sua cidade natal de Bristol.

“O que devemos fazer com o pedestal vazio no meio de Bristol?” ele perguntou, antes de oferecer uma solução. “Nós o arrastamos para fora da água, o colocamos de volta no pedestal, amarramos um cabo em volta do pescoço e encomendamos algumas estátuas de bronze em tamanho natural de manifestantes no ato de puxá-lo para baixo. Todo mundo feliz. Um dia famoso comemorado.

Em abril, Banksy divulgou obras de arte criadas durante o confinamento com uma série de ratos causando caos em seu banheiro, publicado no Instagram e com a legenda “ Minha esposa odeia quando trabalho em casa ”.

Antes disso, ele criou uma peça em Bristol, que mais tarde foi vandalizada. As palavras “punheteiros do BCC ” foram rabiscadas em toda a obra de arte, criada em fevereiro e apresentando uma garota disparando uma catapulta cheia de flores.

Fonte e tradução: The Guardian

 

Compartilhar:
Notícias - 05/07/2022

Exposição apresenta as inspirações reais de Walt Disney para criar as artes de seu estúdio

Após aparições no Metropolitan Museum of Art em Nova York e na Wallace Collection em Londres (até 16 de outubro …

Notícias - 05/07/2022

Itaú Cultural lança chamamento de projetos de arte e cultura no metaverso

No ano em que comemora 35 anos, o Itaú Cultural segue em sua trajetória consolidada no cenário brasileiro por sua …

Notícias - 04/07/2022

FBI confisca e retira de exposição obras falsas de Basquiat

Na sexta-feira, 24 de junho, agentes do FBI entraram no Museu de Arte de Orlando, removendo todas as pinturas de …

Notícias - 04/07/2022

Manifestantes colam a si mesmos em obras de museus

Dois ativistas climáticos se colaram em uma pintura de Vincent van Gogh em um museu de Londres, um dia depois …

Notícias - 04/07/2022

Documentário sobre a trajetória de Claudia Andujar com os Yanomami estreia nos cinemas

A fotógrafa suíça Claudia Andujar, de 90 anos, atravessou a guerra na Hungria, fugiu da perseguição nazista em Viena e, …

Notícias - 01/07/2022

Margaret Keane, pintora de "Big Eyes", morre aos 94 anos

A artista Margaret Keane, cujas pinturas de crianças de olhos grandes eram incrivelmente populares nos anos 50 e 60, morreu …

Notícias - 01/07/2022

Grandes Mestras recebem o Pride of Place, em Londres

Pinturas de mulheres estarão entre as descobertas mais interessantes apresentadas na Masterpiece deste ano. A feira de arte de Londres …

Notícias - 01/07/2022

Banksy recebe cátedra honorária

A BBC informou nesta quinta-feira (30), que o anônimo artista de rua britânico Banksy será premiado com uma cátedra honorária. …

Notícias - 01/07/2022

MARGS lança Projeto de Digitalização de seu Acervo Documental

A Secretaria de Estado da Cultura do RS (Sedac), através do MARGS, anuncia o pré-lançamento do “Projeto de Digitalização do …

Notícias - 30/06/2022

Capa do disco de Beyoncé tem comparações com a famosa pintura de Lady Godiva

Após semelhança com fotografia de performance da artista Berna Reale, na tarde de quinta-feira 30 de junho, Beyoncé revelou a …

Notícias - 30/06/2022

Abre em São Paulo o Museu das Culturas Indígenas

Abriu no último dia 29/6, em São Paulo, o Museu das Culturas Indígenas.

Localizado na capital de São Paulo, o Museu …

Notícias - 30/06/2022

A fotógrafa Sibylle Bergemann ganha retrospectiva na Berlinische Galerie

A fotógrafa Sibylle Bergemann (1941–2010) captou as histórias de pessoas e lugares de uma forma especial. Durante seu período criativo, …