Banksy cria nova obra no metrô de Londres e mostra tudo em vídeo

Estênceis inspirados no universo coronavírus no metr apresentam ratos com máscaras cirúrgicas e desinfetante para as mãos

Banksy entrou no debate sobre máscaras com seu último trabalho tipicamente lúdico: uma série de estênceis no metrô de Londres que mostram seus ratos de marca registrada lutando para aceitar as máscaras cirúrgicas.

Em um vídeo postado em sua página no Instagram, o artista de rua é visto entrando em uma carruagem de trem subterrâneo enquanto está vestido como um membro da equipe de limpeza antes de pintar os ratos, que são vistos usando máscaras como pára-quedas e desinfetante para as mãos.

Ele está em um trem que se aproxima da Baker Street e é mostrado editando o vídeo com o título London Underground – passando por uma limpeza profunda.

Banksy pinta um rato espirrando, enquanto outro luta para colocar uma máscara e no final do vídeo ele solta as palavras “Eu fico preso, mas levanto de novo”, tocando no hit Tubthumping de Chumbawamba em 1997 , que toca ao fundo.

A Transport for London confirmou na terça-feira à noite que o trabalho foi removido “alguns dias atrás” devido à rígida política anti-graffiti, mas que seria bem-vindo a Banksy para recriar sua mensagem “em um local adequado”.

O trabalho ocorre quando o governo modifica e muda sua abordagem para tornar obrigatórios os revestimentos faciais nas lojas. Na sexta-feira, Boris Johnson usava uma máscara em público e discutiu a possibilidade de eles se tornarem obrigatórios, antes que Michael Gove negasse que esse fosse o plano no domingo.

48 horas depois, porém, Matt Hancock, secretário de saúde e assistência social, confirmou em um comunicado do Commons que os compradores seriam obrigados a usar mascaras de rosto na Inglaterra, com a legislação entrando em vigor na sexta-feira, 24 de julho.

O revestimento de rosto se tornou uma exigência no transporte público na Inglaterra em 15 de junho.

Com a legenda “Se você não mascarar-se – você não entende”, o vídeo de Banksy é o primeiro novo post do artista desde o início de junho, quando ele respondeu à estátua de Edward Colston sendo removido e jogado no porto em sua cidade natal de Bristol.

“O que devemos fazer com o pedestal vazio no meio de Bristol?” ele perguntou, antes de oferecer uma solução. “Nós o arrastamos para fora da água, o colocamos de volta no pedestal, amarramos um cabo em volta do pescoço e encomendamos algumas estátuas de bronze em tamanho natural de manifestantes no ato de puxá-lo para baixo. Todo mundo feliz. Um dia famoso comemorado.

Em abril, Banksy divulgou obras de arte criadas durante o confinamento com uma série de ratos causando caos em seu banheiro, publicado no Instagram e com a legenda “ Minha esposa odeia quando trabalho em casa ”.

Antes disso, ele criou uma peça em Bristol, que mais tarde foi vandalizada. As palavras “punheteiros do BCC ” foram rabiscadas em toda a obra de arte, criada em fevereiro e apresentando uma garota disparando uma catapulta cheia de flores.

Fonte e tradução: The Guardian

 

Compartilhar:
Notícias - 23/10/2020

Olafur Eliasson projeta 'nossas perspectivas glaciais' como um instrumento astronômico

Artista Olafur Eliasson revela sua última obra de arte pública permanente, ‘nossas perspectivas glaciais’, ao longo da geleira hochjochferner do …

Notícias - 23/10/2020

Pintura de Klimt roubada - enterrada por 20 anos - volta a ser exibida em museu italiano

Descoberto pelo jardineiro da galeria Ricci Oddi no ano passado, o Retrato de uma Senhora será a estrela de uma …

Notícias - 23/10/2020

Vândalos atacaram 70 obras de arte em museus de Berlim em plena luz do dia

Um líquido oleoso foi derramado sobre muitas obras no que foi considerado o pior ataque à arte e antiguidades na …

Notícias - 23/10/2020

Guerra declarada entre museu e herdeiros de Piet Mondrian para recuperação de pinturas no valor de US$ 200 milhões

Como parte de um esforço contínuo de anos para recuperar os direitos de propriedade de várias pinturas criadas pelo modernista …

Notícias - 23/10/2020

Pintura de Jacob Lawrence, desaparecida há décadas, foi encontrada de forma inusitada

O painel do renomado artista negro, parte de sua série “Struggle”, foi visto pela última vez em 1960. Mas alguém …

Notícias - 21/10/2020

SESC SÃO PAULO EM NOVA ETAPA, RETOMADA GRADUAL CONTEMPLA EXPOSIÇÕES, BIBLIOTECAS E EXIBIÇÃO DE FILMES NO CINESESC

 O anúncio da aguardada Fase Verde, a penúltima e mais branda de uma  escala de cinco etapas do Plano São …

Notícias - 16/10/2020

Instituição coloca à venda pintura de David Hockney em meio a tensões financeiras

Na semana passada, a Royal Opera House de Londres anunciou planos de vender o Retrato de Sir David Webster de …

Notícias - 16/10/2020

Itáu Cultural reabre com mostras de Sandra Cinto e ocupação de Rino Levi

O Itaú Cultural (IC) retomou a partir de terça-feira (13) suas atividades presenciais. Neste momento, o público pode visitar as …

Notícias - 16/10/2020

Marina Abramović terá a primeira obra de arte de realidade mista vendida em leilão

Marina Abramović é uma das artistas contemporâneas mais conhecidas do mundo, mas muito de seu trabalho é efêmero: performances que …

Notícias - 16/10/2020

Juíza anuncia nova decisão sobre caso Inhotim e surpreende

O instituto assinou um acordo em 2016 para doar 20 obras de seu acervo ao governo, a fim de reembolsar …

Notícias - 16/10/2020

Como obras redescobertas de velhos mestres vêm de destacando em leilões com números extraordinários?

A Christie’s realizará seu leilão de Velhos Mestres durante as vendas clássicas da semana na sede do Rockefeller Center. Ao …

Notícias - 16/10/2020

Escultura de Medusa nua vira símbolo do movimento #meetoo e causa polêmica

Na maioria dos casos de violência sexual, sempre se pergunta à vítima: ‘Bom, o que você fez para provocá-lo?’ Questões …