Ateliê do Artista: Patrizia D’Angello. Veja fotos e vídeo

E Tu Pisavas nos Astros Distraída, 2020

Patrizia D’Angello, São Paulo, SP, vive e trabalha no Rio de Janeiro, RJ.

A artista é formada em Artes Cênicas pela Uni-Rio e em Moda pela Cândido Mendes. Desde 2008, desenvolve sua poética através das narrativas do cotidiano, incorpora elementos da vida, destacando, suas banalidades e relevâncias.

Em seus trabalhos, transita por diversos suportes como objetos, performance, fotografia, vídeo, sendo a pintura seu principal. Frequentou diversos cursos na Escola de Artes Visuais no Parque Lage. De setembro de 2014 a março de 2015 esteve no programa de bolsa residência-intercâmbio na École Nationale Superieure des Beaux Arts de Paris. Foi indicada ao prêmio PIPA em 2012.

Dramalhão, 2018

Suas pinturas abrangem grandes temas da figuração, como o retrato, natureza morta e a paisagem. Patrizia retrata a realidade de forma exagerada e irônica, principalmente de seu cotidiano, ganhando intensidades em seus títulos, como “Matriarcado”, que pode ser lida como uma crítica direta a uma nova forma de sociedade, livre de machismos, utilizando como símbolo o icônico “fruto proibido”.

“E naquele Instante Tudo Parou” é uma pintura feita a partir de giz seco sobre papel, na qual a artista congela no tempo fragmentos de cenas de rua, principalmente, dos centros da cidade, como do Rio de Janeiro, onde tem uma quantidade grande de “camelôs” nas calçadas vendendo vastos produtos, desde biscoitos até coador de café.

E naquele Instante Tudo Parou, 2011

“Cores, luzes, pinceladas e gestos transformam essas narrativas, cenas e personagens, sem a pretensão de encerrar-se ou esconder-se sob uma camada de preciosidade ou virtuosismo técnico. Nisso ganham força, personalidade ou mesmo leve agressividade: são poéticas, encantadoras, irônicas e provocativas. Na saturação de uma persona-lidade (mais do que num estilo propriamente pessoal) vislumbramos talvez onde se encontre a “real” e verossímil face da artista.” – Ivair Reinaldim.

Em 2019, a partir de uma experiência de pintar ao ar livre no Jardim Botânico no Rio de Janeiro, a artista deu início a uma vasta produção de aquarelas de natureza morta, criando uma atmosfera onírica de ninfeias, relembrando seu período de residência em Paris. Para a artista, a produção desta série é como pintar a percepção da natureza.

Matriarcado, 2018

“Patrizia D’Angello tem trabalhado desde 2018 o cruzamento da fotografia com os cinco gêneros existentes da pintura: retrato, autorretrato, natureza-morta, paisagem e nu. Porém, em algumas obras é possível encontrar a interseção destes gêneros, com as quais a artista nos revela que esta formalidade pode ser subvertida. A sua preferência pela pintura a óleo, pastel seco e aquarela se dá pela possibilidade de manuseio e alterações durante o período em que está elaborando imagens com irônico realismo, a partir de referências de seus registros fotográficos ou apropriados de terceiros. Cenas corriqueiras adquirem uma determinada sofisticação com o olhar protagonista da artista, que aponta para os detalhes banais de algum canto de sua residência ou até mesmo as sobras de um prato de comida em uma churrascaria.” – Isabel Portella.

VEJA ABAIXO a artista em seu ateliê:

VISITE AQUI  a página da artista para maiores informações.

Compartilhar:
Notícias - 22/01/2021

Em sincronia ao aniversário de SP, artista resgata história do bairro da Liberdade

Liberdade. Liberdade. Liberdade. Essas foram as palavras proferidas por uma multidão de pessoas pretas ao verem a corda que enforcava …

Notícias - 20/01/2021

Horrana de Kássia Santoz assume vaga de curadora na Pinacoteca

Pinacoteca do Estado de São Paulo e a Coleção Ivani e Jorge Yunes comemoram a parceria com a chegada de …

Notícias - 20/01/2021

Curso gratuito de Artes Integradas e Acessibilidade abre inscrições

Já estão abertas as inscrições para o curso Artes Integradas + Educação + Acessibilidade, do projeto Um Novo Olhar. A …

Notícias - 11/01/2021

Artista mineira Marina Amaral entra para lista da Forbes

A colorista mineira Marina Amaral entrou para a lista da Forbes dos jovens mais influentes do ano.  A Under 30 …

Notícias - 11/01/2021

Iphan e Polícia Federal resgatam material arqueológico no Acre

Na manhã do dia 5 de janeiro, uma ação conjunta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no …

Notícias - 11/01/2021

Exposição do estilista Tomo Koizumi inicia o Departamento de Moda, Design e Arquitetura da Fundação Iberê

Em 2021, a Japan House São Paulo (JHSP) vai expandir sua presença pelo Brasil, por meio de um projeto de …

Notícias - 11/01/2021

Pinacoteca de São Paulo divulga programação de 2021

 

Em 2021, a Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, …

Notícias - 28/12/2020

Os universos díspares da Rússia contemporânea pelas lentes de Serguei Maksimishin em “O Último Império”

A exposição “O Último Império – Serguei Maksimishin”, que esteve no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, entre dezembro de …

Notícias - 20/12/2020

Consciência diante do perigo: as representações do medo ao longo da História da Arte

Quando Susan Sontag fala que fotografia é sobre dor, ela fala sobre Arte. Quando Susan afirma que “fotos são um …

Notícias - 19/12/2020

São Paulo ganha mural em homenagem às comunidades indígenas afetadas pela pandemia

As Nações Unidas e a ViaQuatro, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela, em São Paulo, se unem …

Notícias - 18/12/2020

Farol Santander abre hoje mostra do artista chileno Iván Navarro

Abre hoje, 18 de dezembro, no Farol Santander São Paulo, a exposição ExFinito, primeira grande mostra individual no país do …

Notícias - 17/12/2020

Conheça os 91 projetos selecionados do Rumos Itaú Cultural 2019/2020

A Dasartes participou na última quarta-feira, 16 de dezembro, na coletiva de imprensa do Itaú Cultural, que anunciou os projetos selecionados …