artistas se unem em projeto pela descriminalização do aborto

Celina Portella, Mentira, 2016

“Eu acho que a arte sintetiza uma maneira de falar as coisas que atinge o coração das pessoas de um modo acessível e preciso. Por isso o nosso engajamento enquanto artista é muito importante. E a arte sem engajamento perde todo o sentido, vira coisa de mercado.” Adriana Varejão

Para Adriana Varejão, a legalização do aborto em Portugal aconteceu também pela influência do trabalho de Paula Rego, artista plástica que atuou ativamente na causa e soube chamar a atenção das autoridades ao descrever a solidão e o medo no qual o aborto clandestino relegava as mulheres através da série O Aborto (1997).

Arte, substantivo feminino reúne 49 fotógrafas e artistas visuais que compartilham da mesma ideia: usar a arte como meio de transformação da sociedade, ao mesmo tempo em que ajudam a garantir o acesso ao ABORTO LEGAL E SEGURO para as mulheres brasileiras. A ação consiste na venda de múltiplos pelo período de 45 dias e os recursos gerados serão destinados ao fomento da operação Milhas Pela Vida das Mulheres.

O Milhas é uma entidade sem fins lucrativos que auxilia mulheres a interromperem uma gravidez indesejada dentro do Brasil, nos casos previstos na nossa legislação, ou em países vizinhos como a Argentina, Colômbia e México que têm leis mais amplas. Atuando desde 2019, a rede já garantiu a autonomia e o direito de escolha a mais de 600 mulheres, incluindo aquelas que, diante da possibilidade de interromper, decidiram livremente seguir adiante com um projeto de maternidade. “Num país onde mais de 70% das gestações ocorrem de modo não planejado e mais de 5,5 milhões de crianças não carregam o nome do pai em seus registros, a liberdade da mulher decidir faz uma grande diferença”, declara Juliana Reis, fundadora da operação que tem, como grande diferencial uma atuação exclusivamente na legalidade o que permite “colocar a boca no trombone pra tirar o aborto do armário”.

Arte, substantivo feminino teve a sua primeira edição em dezembro de 2020 em parceria com o Potência Ativa e se desdobrou numa instalação na Parede Gentil no37 da galeria A Gentil Carioca e na tiragem limitada de 10 caixas vendidas para colecionadores na ArtRio e SP-Arte. Também ganhou o edital de curadoria da instituição americana ApexART e foi exibida durante a ocupação 40 Dias de Solidariedade na Praça do Hospital Pérola Byington, em São Paulo. “A primeira edição do ArteSF foi muito importante para levantar, além de recursos, a cortina que cobria a urgência do debate sobre a descriminalização do aborto. Nesta 2a edição, voltamos a investir na pluralidade das participantes: são artistas em diferentes estágios de carreira, pesquisa e atuação, como a jovem Marta Supernova, a muralista Priscila Barbosa e a disputada Mariana Palma. Adriana Varejão e Marta Jourdan trazem, com muita sensibilidade, obras inéditas e desenvolvidas especialmente para a ação. E também contamos com uma curadoria especial do projeto Artistas Latinas”, explica Maíra Marques, co-curadora e organizadora da ação.

Todas as obras serão apresentadas no site da Lojinha do Milhas – www.lojinhadomilhas.com.br – entre os dias 16/11 e 31/12. Com tiragem em papel de algodão, pigmentos minerais e com certificado, vendidas pelo preço unitário de R$250,00, um valor bem acessível para o mercado de arte. E quem comprar até 10/12 tem a garantia de entrega antes do natal.

“Tornar acessível para muitos o trabalho de artistas mulheres, emergentes ou internacionalmente reconhecidas, por um valor único representa um pouco o que o Milhas tem como princípio: acolher e dar a oportunidade a cada uma de acessar o que deveria ser um direito de todas” continua Maíra. No Brasil estima-se que 1 milhão de gestações indesejadas são interrompidas anualmente, sendo somente cerca de 1700 de modo legal. Nesse contexto, as que mais sofrem as consequências do aborto ilegal são as mulheres em situação de vulnerabilidade financeira e baixa escolaridade. “Para elas, a gente quer dar a mesma oportunidade”, completa Juliana Reis sobre a ação do Milhas, cujo bordão é “Quem pode ajuda quem precisa, quem quer mudar a lei ajuda quem não pode esperar por essa mudança”.

Adriana Verejão, A Carne é Minha

Artistas participantes:

Adriana Varejão, Amanda Perobelli, Ana Branco, Ana Miguel, Ana Dalloz Analu Prestes, Angélica Dass, Bárbara Milano, Bel Pedrosa, Bruna Castanheira, Cássia Tabatini, Celina Portella, Cris Bierrenbach, Daisy Xavier, Fernanda Pinto, Francela Carrera, Gabriela Serfaty, Giovanna Langnone, Helena Cooper, Joana Stefanutto, Josefina Bietti, Julia Debasse, Juliana Notari, Laura Lydia, Laura Peretti, Liana Nigri, Lia Chaia, Livia Moura, Marcia Foletto, Maria Lynch, Maria Nepomuceno, Mariana Falcão, Mariana Guimarães, Mariana Palma, Marta Jourdan, Marta Supernova, Mercedes Lachmann, Mônica Piloni, Mônica Zarattini, Nana Moraes, Patrícia Borges, Priscila Barbosa, Rafaela Celano, Raquel Versieux, Renat Castillo, Rosane Marinho, Sophia Pinheiro, Verena Smit e Yasmim Assade.

Compartilhar:
Notícias - 03/12/2021

Jeff Koons e Cicciolina voltam aos holofotes

Um artista que fez a escultura de uma serpente enrolada em uma pedra para a estrela do cinema adulto italiano …

Notícias - 03/12/2021

Lista de mais poderosos da arte contemporânea traz líder surpreendente

ERC-721, a especificação para o “token não fungível” na rede Ethereum, está em primeiro lugar no ranking anual dos mais …

Notícias - 02/12/2021

Fotografiska pretende se tornar o maior museu privado do mundo

Fotografiska, o museu sueco com fins lucrativos, está adicionando três novos locais à sua lista de unidades já existentes: além …

Notícias - 01/12/2021

Restauro de obras de arte do Metrô de São Paulo vira documentário

Em curso desde 2019 e com as primeiras etapas registradas em um documentário disponível no YouTube com aproximadamente …

Notícias - 01/12/2021

Obra icônica de Banksy vai a leilão pela Bolsa de Arte SP

Pela primeira vez, uma obra de Banksy irá a leilão na América Latina – no dia 10 de fevereiro, na …

Notícias - 30/11/2021

Inhotim recebe o Museu de Arte Negra idealizado por Abdias Nascimento

Poeta, escritor, dramaturgo, curador, artista plástico, professor universitário, pan-africanista e parlamentar, Abdias Nascimento (1914-2011), indicado oficialmente ao prêmio Nobel da …

Notícias - 30/11/2021

Museu Judaico de São Paulo é inaugurado

A partir do dia 5 de dezembro de 2021, abre para visitação o Museu Judaico de São Paulo (MUJ), espaço …

Notícias - 29/11/2021

Festival de performances abre convocatória

Festival Atos de Fala completa 10 anos e sua sexta edição – que acontece de 19 de janeiro a 02 …

Notícias - 29/11/2021

Prêmio Arcanjo de Cultura divulga indicados e retoma cerimônia presencial

Valorizar e premiar nossa cultura e seus artistas em tempos tão difíceis é a missão do Prêmio Arcanjo de Cultura, …

Notícias - 26/11/2021

Steve McCurry e a resiliência da infância em fotos

De meninas enfrentando o Mar de Sulu a crianças em idade escolar no Afeganistão, no novo livro Stories and Dreams …

Notícias - 26/11/2021

Veja resenha de nova biografia de Magritte, um homem de mistério

Ao contrário de seus contemporâneos surrealistas, René Magritte tendia a manter Freud à distância de sua obra – embora poucos artistas ofereçam …

Notícias - 26/11/2021

A 'amizade íntima' de Basquiat e Warhol é explorada em drama

A exposição prometia ser de tirar o fôlego, com os dois artistas usando luvas de boxe no pôster. Mas a ansiosamente …