Artistas em isolamento mostram trabalhos em suas janelas

Não é uma boa hora para os amantes da arte. Um segundo lockdown fechou mais uma vez galerias e instituições pelo mundo. A Artists Walk é uma iniciativa que visa melhorar esse estado de coisas. É uma ideia simples para uma trilha de arte que começou como um esforço conjunto entre a gráfica e pintora Rosha Nutt, e sua amiga consultora de marketing de arte Holly Collier. Aqueles que em tempos normais estariam expondo em galerias ou espaços comunitários agora podem colocar seu trabalho nas janelas ou arredores de suas casas para os transeuntes admirarem. Tipo “quanto é esse cachorrinho na janela?”

Em março, pouco antes do primeiro confinamento, Nutt e Collier participaram de uma exposição em Londres que contou com Jeremy Deller e Ben Wilson. #FakeNews também teve workshops e palestras e foi o sucesso destes que deu a Nutt e Collier a confiança para estabelecer a Artists Walk. “O confinamento foi o catalisador”, collier diz. “Muitos artistas mudaram estúdios para suas casas. Exposições e eventos foram cancelados. É muito deprimente ser um artista que não pode mostrar trabalho. Queríamos fazer algo que tivesse uma ação positiva, uma forma de nos conectarmos com a comunidade local e algo divertido de fazer”.

Até 14 de dezembro, artistas londrinos que trabalham em qualquer meio – pintores, fotógrafos, ilustradores, cineastas, cerâmicas e muito mais – podem pagar £15 para ter sua localização adicionada ao “mapa interativo” no site, bem como uma pequena biografia e links para seus sites e perfis de redes sociais, além de um pôster personalizado.

Collier e Nutt juntaram tudo em sete semanas. Solicitaram sem sucesso uma bolsa do Conselho de Artes, mas coletivos e empresas locais intervieram. Um agente imobiliário tornou-se um patrocinador e organizou uma entrega de panfletos. Houve uma resposta entusiasmada ao esquema; 115 artistas se inscreveram.

“É uma coisa boa. Normalmente, eu participava do Crouch End Open Studios” – no qual artistas locais abrem suas casas e estúdios para expor e mostrar a potenciais compradores – “mas isso foi cancelado este ano. Achei os bloqueios difíceis, especialmente no começo. Eu era uma espécie de: ‘O que estou fazendo?’ O que realmente me tirou disso foi que pintei um retrato do meu amigo, que é enfermeiro, com equipamento de proteção total. E isso me reconectou. Agora estou gostando de pintar para mim. Há um pouco mais de espaço e tempo” Dia a pintora Sarah Barker Brown.

Maureen Harrison, outra artista envolvida no esquema, diz que o projeto é “uma ótima ideia e proporciona às pessoas uma experiência diferente durante suas caminhadas diárias. Isso significa que aqueles que estariam relutantes em colocar os pés em uma galeria ainda podem ver a arte contemporânea.”

Há problemas, no entanto. Harrison está tendo problemas com o brilho em suas janelas, que são altas. (Um dos filhos de Brown está na universidade e o outro – sendo um adolescente – “basicamente tem suas cortinas fechadas o tempo todo”.  Há também o tempo úmido.

A Caminhada dos Artistas é um sucesso. Une as pessoas e lembra das artes que costumávamos desfrutar quando o zoom era apenas uma palavra em inglês. Mas também há uma interpretação desanimadora da coisa real. É um pouco como terminar com alguém – você prefere não vê-lo por um tempo se não vai ser como era. Independentemente disso, a Artists Walk segue até 14 de dezembro.

FONTE: The Guardian

Compartilhar:
Notícias - 12/04/2021

FAMA Museu lança edital para exposições no espaço

A fim de incentivar a produção artística contemporânea e valorizar a diversidade cultural por meio da multiplicidade de expressões artísticas …

Notícias - 09/04/2021

Inhotim e Arte1 firmam parceria para exibição da série Diálogos

Duas instituições voltadas para a arte acabam de se unir para disseminar conteúdos de qualidade para o público. O Instituto …

Notícias - 08/04/2021

Conheça Bruna Pessoa de Queiroz, presidente da “Usina da Arte”

Ancorada numa tradição cultural “artistocrática”, a família Pessoa de Queiroz revive desde 2015 uma antiga fábrica de cana-de-açúcar perto do …

Notícias - 08/04/2021

Galeria Nara Roesler representa o Brasil na EXPO CHGO ONLINE

Com o apoio do projeto Latitude – Platform for Brazilian Art Galleries Abroad, uma parceria da ABACT (Associação Brasileira de …

Notícias - 08/04/2021

INSTITUTO TOMIE OHTAKE ABRE AS INSCRIÇÕES PARA O 5º PRÊMIO TERRITÓRIOS

Iniciativa idealizada e coordenada pelo Instituto Tomie Ohtake, com patrocínio da Estácio e do Grupo GPS, em parceria com o …

Notícias - 07/04/2021

Conheça o jovem que saiu da Vila Vintém para defender o acesso à cultura em Boston

Como já vem sendo feito há alguns anos, a Brazil Conference at Harvard & MIT 2021, evento criado por …

Notícias - 07/04/2021

Nova galeria de arte vende obras com o tema "identidade"

Inaugurada no mês de celebração ao Dia Mundial das Mulheres, a Pequena Galeria apresenta cinco artistas mulheres de diferentes regiões …

Notícias - 06/04/2021

Obras de Antony Gormley colocadas na praia dividem opiniões

Esperava-se que incentivassem a apreciação da arte contemporânea. Mas, em vez disso, quatro esculturas de ferro de Antony Gormley parecem …

Notícias - 06/04/2021

National Gallery cria sua primeira mostra projetada para telefones celulares

A National Gallery apresentará sua primeira exposição projetada para telefones celulares, permitindo que as pessoas vivenciem com detalhes incríveis uma …

Notícias - 06/04/2021

Visitas aos 100 principais museus e galerias do mundo caem 77% devido a Covid

O número de visitantes nos 100 principais museus e galerias de arte do mundo caiu 77% no ano passado, de …

Notícias - 05/04/2021

Exposição artística mais extensa do mundo é realizada no Caminho de Santiago

“Las Estrellas del Camino” é uma exposição permanente com curadoria de Estrella Galicia e realização da agência AUPA!. A mostra …

Notícias - 05/04/2021

Inscrições para a ArtRio 2021 prorrogadas até 30 de abril

As inscrições para as galerias que desejam participar da 11ª edição da ArtRio foram prorrogadas até o dia 30 de …