Artistas em isolamento mostram trabalhos em suas janelas

Não é uma boa hora para os amantes da arte. Um segundo lockdown fechou mais uma vez galerias e instituições pelo mundo. A Artists Walk é uma iniciativa que visa melhorar esse estado de coisas. É uma ideia simples para uma trilha de arte que começou como um esforço conjunto entre a gráfica e pintora Rosha Nutt, e sua amiga consultora de marketing de arte Holly Collier. Aqueles que em tempos normais estariam expondo em galerias ou espaços comunitários agora podem colocar seu trabalho nas janelas ou arredores de suas casas para os transeuntes admirarem. Tipo “quanto é esse cachorrinho na janela?”

Em março, pouco antes do primeiro confinamento, Nutt e Collier participaram de uma exposição em Londres que contou com Jeremy Deller e Ben Wilson. #FakeNews também teve workshops e palestras e foi o sucesso destes que deu a Nutt e Collier a confiança para estabelecer a Artists Walk. “O confinamento foi o catalisador”, collier diz. “Muitos artistas mudaram estúdios para suas casas. Exposições e eventos foram cancelados. É muito deprimente ser um artista que não pode mostrar trabalho. Queríamos fazer algo que tivesse uma ação positiva, uma forma de nos conectarmos com a comunidade local e algo divertido de fazer”.

Até 14 de dezembro, artistas londrinos que trabalham em qualquer meio – pintores, fotógrafos, ilustradores, cineastas, cerâmicas e muito mais – podem pagar £15 para ter sua localização adicionada ao “mapa interativo” no site, bem como uma pequena biografia e links para seus sites e perfis de redes sociais, além de um pôster personalizado.

Collier e Nutt juntaram tudo em sete semanas. Solicitaram sem sucesso uma bolsa do Conselho de Artes, mas coletivos e empresas locais intervieram. Um agente imobiliário tornou-se um patrocinador e organizou uma entrega de panfletos. Houve uma resposta entusiasmada ao esquema; 115 artistas se inscreveram.

“É uma coisa boa. Normalmente, eu participava do Crouch End Open Studios” – no qual artistas locais abrem suas casas e estúdios para expor e mostrar a potenciais compradores – “mas isso foi cancelado este ano. Achei os bloqueios difíceis, especialmente no começo. Eu era uma espécie de: ‘O que estou fazendo?’ O que realmente me tirou disso foi que pintei um retrato do meu amigo, que é enfermeiro, com equipamento de proteção total. E isso me reconectou. Agora estou gostando de pintar para mim. Há um pouco mais de espaço e tempo” Dia a pintora Sarah Barker Brown.

Maureen Harrison, outra artista envolvida no esquema, diz que o projeto é “uma ótima ideia e proporciona às pessoas uma experiência diferente durante suas caminhadas diárias. Isso significa que aqueles que estariam relutantes em colocar os pés em uma galeria ainda podem ver a arte contemporânea.”

Há problemas, no entanto. Harrison está tendo problemas com o brilho em suas janelas, que são altas. (Um dos filhos de Brown está na universidade e o outro – sendo um adolescente – “basicamente tem suas cortinas fechadas o tempo todo”.  Há também o tempo úmido.

A Caminhada dos Artistas é um sucesso. Une as pessoas e lembra das artes que costumávamos desfrutar quando o zoom era apenas uma palavra em inglês. Mas também há uma interpretação desanimadora da coisa real. É um pouco como terminar com alguém – você prefere não vê-lo por um tempo se não vai ser como era. Independentemente disso, a Artists Walk segue até 14 de dezembro.

FONTE: The Guardian

Compartilhar:
Notícias - 22/01/2021

Em sincronia ao aniversário de SP, artista resgata história do bairro da Liberdade

Liberdade. Liberdade. Liberdade. Essas foram as palavras proferidas por uma multidão de pessoas pretas ao verem a corda que enforcava …

Notícias - 20/01/2021

Horrana de Kássia Santoz assume vaga de curadora na Pinacoteca

Pinacoteca do Estado de São Paulo e a Coleção Ivani e Jorge Yunes comemoram a parceria com a chegada de …

Notícias - 20/01/2021

Curso gratuito de Artes Integradas e Acessibilidade abre inscrições

Já estão abertas as inscrições para o curso Artes Integradas + Educação + Acessibilidade, do projeto Um Novo Olhar. A …

Notícias - 11/01/2021

Artista mineira Marina Amaral entra para lista da Forbes

A colorista mineira Marina Amaral entrou para a lista da Forbes dos jovens mais influentes do ano.  A Under 30 …

Notícias - 11/01/2021

Iphan e Polícia Federal resgatam material arqueológico no Acre

Na manhã do dia 5 de janeiro, uma ação conjunta do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) no …

Notícias - 11/01/2021

Exposição do estilista Tomo Koizumi inicia o Departamento de Moda, Design e Arquitetura da Fundação Iberê

Em 2021, a Japan House São Paulo (JHSP) vai expandir sua presença pelo Brasil, por meio de um projeto de …

Notícias - 11/01/2021

Pinacoteca de São Paulo divulga programação de 2021

 

Em 2021, a Pinacoteca de São Paulo, museu da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, …

Notícias - 28/12/2020

Os universos díspares da Rússia contemporânea pelas lentes de Serguei Maksimishin em “O Último Império”

A exposição “O Último Império – Serguei Maksimishin”, que esteve no Museu Oscar Niemeyer (MON), em Curitiba, entre dezembro de …

Notícias - 20/12/2020

Consciência diante do perigo: as representações do medo ao longo da História da Arte

Quando Susan Sontag fala que fotografia é sobre dor, ela fala sobre Arte. Quando Susan afirma que “fotos são um …

Notícias - 19/12/2020

São Paulo ganha mural em homenagem às comunidades indígenas afetadas pela pandemia

As Nações Unidas e a ViaQuatro, concessionária responsável pela operação e manutenção da Linha 4-Amarela, em São Paulo, se unem …

Notícias - 18/12/2020

Farol Santander abre hoje mostra do artista chileno Iván Navarro

Abre hoje, 18 de dezembro, no Farol Santander São Paulo, a exposição ExFinito, primeira grande mostra individual no país do …

Notícias - 17/12/2020

Conheça os 91 projetos selecionados do Rumos Itaú Cultural 2019/2020

A Dasartes participou na última quarta-feira, 16 de dezembro, na coletiva de imprensa do Itaú Cultural, que anunciou os projetos selecionados …