Artista surrealista inspira tema da próxima Bienal de Veneza

A curadora e diretora artística da próxima Bienal de Veneza, Cecilia Alemani, anunciou o título e o tema da 59ª edição da prestigiada mostra internacional de arte.

A bienal se chamará “The Milk of Dreams”, nome emprestado de um livro da artista surrealista Leonora Carrington. Enquanto vivia no México na década de 1950, a artista inventou e ilustrou uma série de contos misteriosos que, segundo Alemani, descrevem “um mundo mágico onde a vida é constantemente repensada pelo prisma da imaginação, e onde todos podem mudar, serem transformados, tornarem-se outra coisa e outra pessoa. ”

A exposição, pela qual Alemani promete levar o público a uma jornada igualmente imaginativa e transformadora, será exibida em Veneza de 23 de abril a 27 de novembro de 2022. Ela estava originalmente programada para acontecer este ano, mas foi adiada devido à pandemia.

Alemani, que é a primeira italiana e a quinta mulher a comandar o evento, disse em um comunicado que o conceito da exposição tem se baseado em conversas que ela mantém com artistas desde que foi nomeada para o cargo em janeiro passado. “As questões que iam surgindo parecem captar esse momento da história, em que a própria sobrevivência da espécie está ameaçada, mas também resumir dúvidas que permeiam as ciências, as artes e os mitos de nosso tempo. Como está mudando a definição do humano? O que constitui a vida e o que diferencia animais, plantas, humanos e não humanos? Quais são nossas responsabilidades para com o planeta, outras pessoas e os outros organismos com os quais vivemos? E como seria a vida e a Terra sem nós?”, questiona.

A curadora Cecilia Alemani | FOTO: Andrea Avezzù / Cortesia La Biennale di Venezia

A exposição terá como foco três temas principais: a representação dos corpos e suas metamorfoses; a relação entre indivíduos e tecnologias; e a conexão entre os corpos e a Terra.

A curadora também expandiu os links para os contos misteriosos de Carrington que serviram como um ponto de partida para o conceito. “Contada em um estilo onírico que parecia aterrorizar jovens e velhos, as histórias de Carrington descrevem um mundo liberto, repleto de possibilidades”, diz Alemani. “Mas é também a alegoria de um século que impôs uma pressão insuportável sobre o indivíduo, forçando Carrington a uma vida de exílio: trancada em hospitais psiquiátricos, um objeto eterno de fascínio e desejo, mas também uma figura de poder e mistério surpreendente, sempre fugindo das restrições de uma identidade fixa e coerente”.

O presidente da bienal, Cicutto, disse em um comunicado que o conceito de Alemani está vinculado ao título da bienal de arquitetura em andamento em Veneza, Como vamos viver juntos?. “Essas duas escolhas são produto dos tempos atuais, que carecem de certezas e sobrecarregam a humanidade com imensas responsabilidades”, afirmou. Após uma exposição temporária que investigou a história da bienal no verão passado, da qual Alemani foi co-curadora, o presidente acrescentou que o ponto de partida para a próxima bienal parece ser “a reinvenção de relações novas e mais sustentáveis ​​entre os indivíduos e o universo em que vivemos”.

Compartilhar:
Notícias - 06/07/2022

Hong Kong ganha novo museu

O mais novo marco cultural e artístico de Hong Kong, o Hong Kong Palace Museum (HKPM), localizado no West Kowloon …

Notícias - 06/07/2022

Afrescos renascentistas são descobertos no Palácio do Príncipe de Mônaco

O Palácio do Príncipe de Mônaco acaba de reabrir ao público após um período de restauração, ostentando uma série de …

Notícias - 06/07/2022

Marina Abramović assume a cátedra Pina Bausch

A artista performática Marina Abramović assumirá a primeira cátedra Pina Bausch na Folkwang University of the Arts em Essen no …

Notícias - 06/07/2022

Prêmio PIPA anuncia vencedores de 2022

Há mais de dez anos divulgando a arte e artistas brasileiros, e também estimulando a produção nacional de Arte Contemporânea, …

Notícias - 05/07/2022

Exposição apresenta as inspirações reais de Walt Disney para criar as artes de seu estúdio

Após aparições no Metropolitan Museum of Art em Nova York e na Wallace Collection em Londres (até 16 de outubro …

Notícias - 05/07/2022

Itaú Cultural lança chamamento de projetos de arte e cultura no metaverso

No ano em que comemora 35 anos, o Itaú Cultural segue em sua trajetória consolidada no cenário brasileiro por sua …

Notícias - 04/07/2022

FBI confisca e retira de exposição obras falsas de Basquiat

Na sexta-feira, 24 de junho, agentes do FBI entraram no Museu de Arte de Orlando, removendo todas as pinturas de …

Notícias - 04/07/2022

Manifestantes colam a si mesmos em obras de museus

Dois ativistas climáticos se colaram em uma pintura de Vincent van Gogh em um museu de Londres, um dia depois …

Notícias - 04/07/2022

Documentário sobre a trajetória de Claudia Andujar com os Yanomami estreia nos cinemas

A fotógrafa suíça Claudia Andujar, de 90 anos, atravessou a guerra na Hungria, fugiu da perseguição nazista em Viena e, …

Notícias - 01/07/2022

Margaret Keane, pintora de "Big Eyes", morre aos 94 anos

A artista Margaret Keane, cujas pinturas de crianças de olhos grandes eram incrivelmente populares nos anos 50 e 60, morreu …

Notícias - 01/07/2022

Grandes Mestras recebem o Pride of Place, em Londres

Pinturas de mulheres estarão entre as descobertas mais interessantes apresentadas na Masterpiece deste ano. A feira de arte de Londres …

Notícias - 01/07/2022

Banksy recebe cátedra honorária

A BBC informou nesta quinta-feira (30), que o anônimo artista de rua britânico Banksy será premiado com uma cátedra honorária. …