Artista surrealista inspira tema da próxima Bienal de Veneza

A curadora e diretora artística da próxima Bienal de Veneza, Cecilia Alemani, anunciou o título e o tema da 59ª edição da prestigiada mostra internacional de arte.

A bienal se chamará “The Milk of Dreams”, nome emprestado de um livro da artista surrealista Leonora Carrington. Enquanto vivia no México na década de 1950, a artista inventou e ilustrou uma série de contos misteriosos que, segundo Alemani, descrevem “um mundo mágico onde a vida é constantemente repensada pelo prisma da imaginação, e onde todos podem mudar, serem transformados, tornarem-se outra coisa e outra pessoa. ”

A exposição, pela qual Alemani promete levar o público a uma jornada igualmente imaginativa e transformadora, será exibida em Veneza de 23 de abril a 27 de novembro de 2022. Ela estava originalmente programada para acontecer este ano, mas foi adiada devido à pandemia.

Alemani, que é a primeira italiana e a quinta mulher a comandar o evento, disse em um comunicado que o conceito da exposição tem se baseado em conversas que ela mantém com artistas desde que foi nomeada para o cargo em janeiro passado. “As questões que iam surgindo parecem captar esse momento da história, em que a própria sobrevivência da espécie está ameaçada, mas também resumir dúvidas que permeiam as ciências, as artes e os mitos de nosso tempo. Como está mudando a definição do humano? O que constitui a vida e o que diferencia animais, plantas, humanos e não humanos? Quais são nossas responsabilidades para com o planeta, outras pessoas e os outros organismos com os quais vivemos? E como seria a vida e a Terra sem nós?”, questiona.

A curadora Cecilia Alemani | FOTO: Andrea Avezzù / Cortesia La Biennale di Venezia

A exposição terá como foco três temas principais: a representação dos corpos e suas metamorfoses; a relação entre indivíduos e tecnologias; e a conexão entre os corpos e a Terra.

A curadora também expandiu os links para os contos misteriosos de Carrington que serviram como um ponto de partida para o conceito. “Contada em um estilo onírico que parecia aterrorizar jovens e velhos, as histórias de Carrington descrevem um mundo liberto, repleto de possibilidades”, diz Alemani. “Mas é também a alegoria de um século que impôs uma pressão insuportável sobre o indivíduo, forçando Carrington a uma vida de exílio: trancada em hospitais psiquiátricos, um objeto eterno de fascínio e desejo, mas também uma figura de poder e mistério surpreendente, sempre fugindo das restrições de uma identidade fixa e coerente”.

O presidente da bienal, Cicutto, disse em um comunicado que o conceito de Alemani está vinculado ao título da bienal de arquitetura em andamento em Veneza, Como vamos viver juntos?. “Essas duas escolhas são produto dos tempos atuais, que carecem de certezas e sobrecarregam a humanidade com imensas responsabilidades”, afirmou. Após uma exposição temporária que investigou a história da bienal no verão passado, da qual Alemani foi co-curadora, o presidente acrescentou que o ponto de partida para a próxima bienal parece ser “a reinvenção de relações novas e mais sustentáveis ​​entre os indivíduos e o universo em que vivemos”.

Compartilhar:
Notícias - 24/06/2021

Christie’s e Sotheby’s passam a aceitar criptomoeda para itens de grande valor

Em mais um sinal de que a criptomoeda está fazendo incursões nos escalões superiores do mercado de arte, a Sotheby’s …

Notícias - 24/06/2021

Mostra Brasileires entrega murais gigantes assinados por Laerte e Jean Wyllys

No mês em que se comemora o Orgulho LGBTQIA+, a Mostra Brasileires, conjunto de seis laterais de edifícios na região …

Notícias - 24/06/2021

Bandeira do arco-íris original de 1978 é instalada permanentemente em museu

Um segmento da bandeira do arco-íris original, projetada e criada pelo falecido artista Gilbert Baker para a Parada do Dia …

Notícias - 24/06/2021

Frestas - Trienal de Artes anuncia lista de artistas

Trazer para a prática o debate sobre economias de acesso, refletir sobre as políticas e poéticas de exibição, investigar quais …

Notícias - 23/06/2021

MUSEU TRANSGÊNERO DE HISTÓRIA E ARTE (MUTHA) INAUGURA SEU WEBSITE

O Museu Transgênero de História e Arte (MUTHA) inaugurou, dia 01 de Junho de 2021, seu primeiro Portal para a …

Notícias - 22/06/2021

Nasce a Zipper Open

Focada no mercado de arte secundário, a Zipper Open apresenta em sua exposição inaugural alguns dos grandes nomes da arte …

Notícias - 22/06/2021

Instituto de Arte Contemporânea de Ouro Preto lança Ocupa/ia com mostras virtuais de artistas

Em resposta aos desafios decorrentes do COVID-19 e seus efeitos no setor cultural, o ia – Instituto de Arte Contemporânea …

Notícias - 20/06/2021

ação performática que (d)enuncia as mortes por COVID-19 É reativada pela soma de 500 mil óbitos

A performance Quase-Oração realizará, de 25 de junho a 5 de julho, a sua última etapa de reativação com a …

Notícias - 17/06/2021

Edital seleciona artistas para residência na Fundação Iberê

A Fundação Iberê abre no dia 20 de junho (domingo) as inscrições para o Edital Iberê/CMPC 2021. Com patrocínio da …

Notícias - 17/06/2021

MIQUEL BARCELÓ realiza performances em MÁLAGA

As performances artísticas de Miquel Barceló são conhecidas por uma estética que fica a meio caminho entre as pinturas rupestres …

Notícias - 16/06/2021

Obra de Victor Brecheret será leiloada

A escultura de Victor Brecheret, uma das mais primorosas do artista, integrará leilão virtual (www.vmescritarteleiloes.com.br), nos dias 22 e 23 …

Notícias - 16/06/2021

Trabalho final e póstumo do artista Christo tem data confirmada

O trabalho final do artista plástico Christo, falecido no ano passado aos 84 anos, está um passo mais perto de …